sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

O candidato Atacador de Moura


Como disse um nosso comentador, no debate de 23-12-2010 com o Prof. Cavaco Silva, se percebeu o motivo da antes inexplicável candidatura à Presidência da República do socialista Defensor Moura.

O episódio presidencial foi planeado pelo socratismo com tempo: uma história negra, com um recalcado vingativo, um polícia bom e um polícia mau. Além da  recandidatura do camarada «doutor honoris causa» pela Universidade de... Argel. O recalcado vingativo é José Sócrates, que queria saltar da presidência do Conselho de Ministros para a Presidência da República e teve de desistir porque o agravamento da situação financeira e económica do País lhe retirou a popularidade. O polícia bom é o Dr. Fernando Nobre, jogado através do aliado Mário Soares. E o polícia mau, preparado no aparelho socialista, é o insuspeito septuagenário Dr. Defensor Moura, que será recompensado com uma sinecura qualquer, aos 75 anos, pelo sacrifício das ofensas e o castigo de 0,4% dos votos.

Porquê a candidatura de Defensor Moura, o implosivo ex-presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, com fama de desalinhado, o homem que queria elidir o Castelo do nome da cidade e implodir o prédio Coutinho, da foz do Lima, à custa de vários milhões de um conto de neo-urbanismo?... Para veicular o dossiê preparado pela estrutura de informações, num debate com Cavaco Silva e depois proceder a outros ataques pessoais à honestidade do Presidente da República. O sistema socratino não se preocupa com o ricochete das acusações pessoais sobre o atacador de Cavaco Silva: acha que fica sempre uma mancha e que essa mácula enfraquecerá o Presidente na República na batalha pós-eleitoral de substituição do governo. A melhor resposta a dar a Defensor Moura é o desprezo e fazer notar publicamente que o candidato implosivo é apenas um mero porta-voz da estrutura de informações do Governo. É que, para Sócrates, Moura é apenas um atacador para apertar os calos de Cavaco.


Pós-Texto 1 (12:16 de 28-12-2010): Defensor Moura tem afinal 65 anos: nasceu em 2-9-1945 e não, é portanto ainda, septuagenário, como por lapso indiquei, fiado na sua biografia na Wikipédia, que lhe atribui a data de nascimento de 12-5-1936) .


Pós-Texto 2 (13:43 de 29-12-2010): O nosso comentador Dr. Shue corrige que não foi Defensor Moura a querer retirar o Castelo do nome de Viana do Castelo, mas o social-democrata Carlos Branco de Morais, seu antecessor. Peço desculpa dos dois erros.


* Imagem picada daqui.

10 comentários:

Anónimo disse...

O candidato da Manchúria veio para assassinar políticamente o presidente,a mando dos norte-coreanos do Rato.
Se eu estivesse no lugar de Cavaco nem debatia com estes testas-de-ferro do socratino.

Há algum tempo atrás,a canalha do socialismo da treta e do comunismo arengava que não se devia usar os episódios do freeport e do caso Face Oculta,ou Casa Pia com fins políticos.
Tal veio de novo à baila com as declarações do traidor Alegre,ao condenar o PR na TV por este ter usado a pobreza,que o socialismo causou aos portugueses,como argumento para fins políticos.
Todos acharam pacífico,cínicamente,que tal assim deveria ser.
Eis que,num golpe de rins,usam o caso do BPN,algo que o súcialismo devia explicar é porque lá enterrou uma fortuna colossal,para atacar políticamente o PR.
Pútrido é este excremento que em Portugal se intitula de esquerda.
A palavra italiana assenta-lhes bem melhor.

Rasteiro,este Defensor dos corruptos.

Anónimo disse...

Estes xuxialistas são uma versão "light" daquela esquerda do prec.Repare-se que grande parte deles são oriundos de partidos mais á esquerda.
São mentirosos, cultores da mentira e da manipulação da verdade.
Macau e as negociatas do P.S. falam mais alto.E o livro do Rui Mateus tambem.
Na minha opinião o livro do Rui Mateus já andaria nas ruas imprimido clandestinamente e distribuído sobretudo ás pessoas com menos acesso á informação.

Anónimo disse...

Cavaco engole do próprio veveno. Cavaco contemporizou com Sócrates. Agora, aguente-o. Aliás, mesmo que ganhe, vai ter que se aguentar, porque Sócrates não sairá pelo próprio pé, e a Maçonaria não vai arredar do poder de forma fácil. Infelizmente, nós lá teremos que tentar forçar Cavaco a tomar decisões, algo de que ele se esqueceu. Se Cavaco continuar frouxo, lá teremos o Marcelo Caetano de Boliqueime, e lá terá que se fazer uma mudança constitucional. Á força. Com a forca, se necessário.

Anónimo disse...

Quem for colocar à lupa as obras em Viana e especialmente a Marina à saida da ponte eifell muito teria que contar.

Luís Bonifácio disse...

Defensor de Moura, ou como os seus conterrâneos socialistas lhe chamam "Ditador" de Moura. Ex Médico, Ex PRD, ex Presidente da Câmara de Viana, que como compensação pela expulsão da lista de candidatos autárquicos do PS a Viana do Castelo, aceitou ser candidato a deputado, por este lugar ser uma antecâmara para uma boa reforma (Defensor dixit), vai agora querer ser o presidente de Portugal????

Um hómunculo, que gastou milhões e milhões de fundo europeus e do pais a fazer aquilo que qualquer autarca comunista fez na sua terra do Alentejo sem qualquer apoio externo, há 25 anos atrás.

Se ele tiver 0.4% será uma vitória, este f. d. p. merece 0%

Oscar disse...

Cavaco falou no monstro e teve alguem de lhe lembrar que era ele o criador. Agora promove entendimentos entre partidos mas não tem nada a ver com as opcções tomadas. Sobre a vocação do mar nem vale a pena falar de responsabilidades. Se querem um presidente que atira a pedra e esconde a mão, têm o homem certo.
Grande honestidade.

Pável Rodrigues disse...

Votos de Boas Festas para o Dr. Balbino Caldeira e demais "fazedores" deste interessante Blog.
Não gostam do Sr. D. De Moura? Têm todo o direito. Mas que culpa tem ele que o Dr. Cavaco Silva ainda não tenha esclarecido os portugueses de algumas questões que foram levantadas publicamente e nunca desmentidas? Por exemplo:
-A quem é que o Dr. Cavaco Silva comprou em 2011, 254 mil acções da SLN (BPN), e quem foi o comprador dessas acções em 2003, cuja venda resultou em 72 mil contos de mais valias? Se isto é tudo falso, cabe ao Dr. Cavaco denunciar e processar os fautores da calúnia e sujeitar-se ao contraditório. Caso contrário não chegarão todo os "defeitos" do D. de Moura para lavar a honra do Dr. Cavaco.

Pnav disse...

Blog muito interessante!
E, já agora, pedia-vos que passassem no meu para darem uma vista de olhos ao que vos interessar:
http://openmind-asminhasverdades.blogspot.com/

Shue disse...

Quem quis tirar o Castelo ao nome da cidade não foi o Defensor mas si Branco de Morais, edil que o precedeu... mero pormenor, mas...

Anónimo disse...

http://achatcialisgenerique.lo.gs/ commander cialis
http://commandercialisfer.lo.gs/ cialis pas her
http://prezzocialisgenericoit.net/ dove acquistare cialis
http://preciocialisgenericoespana.net/ comprar cialis