sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Efeitos colaterais da proteção de um ditador

O Prof. Rui Verde (CM, 2-2-2016) tem razäo sobre o fecho da Universidade Independente, em 2007, pelo ministro Mariano Gago, para abafar a licenciatura manhosa de José Sócrates - e jurificar o diploma falso do então primeiro-ministro - e ainda sobre a sua detençäo, oportunamente nas vésperas da amplificação do dossiê so re o curso no Público.

6 comentários:

Anónimo disse...

Olha o Dr ABC recordou o ministro Mariano Gago. Saudades desse excelente ministro. "Todos" o dizem, menos, como é obvio, o Dr ABC pois os seus olhos estão sempre virados para outro lado: Sócrates.
Apre, é demais...
E, tb por isso, esta casa está cada vez mais vazia. Até fechar de vez.

fernando tavares disse...

Não se preocupe anónimo...
Esta "casa" é importante de mais na Blogosfera para fechar...Possivelmente seria de todo o seu prazer que tal acontecesse mas, esteja descansado pois isso não acontecerá.
Já agora, tudo o que se vier a desvendar sobre o maior PIRATA que Portugal teve de nome José Sócrates, será pouco...Espero que a Justiça seja feita.
Não sou anónimo, passe bem!

Costa Cardoso, Pedro Garcia Rosado, Rui Verde, João Dias, Miguel Verde, Matilde São Bernardo, Temístocles Menor disse...

Obrigado!

Anónimo disse...

Diz-me com quem andas dir-te-ei quem és! As trafulhices dos Sousa são tantas e tão evidentes que só um tipo da mesma laia o pode defender.

Anónimo disse...

O Fernando Tavares apelida Sócrates de PIRATA. Pirata é aquele que invade, saqueia e foge. Sócrates é pior. Por vontade dele, saqueava mas não fugia. Deixava-se estar, sempre e sempre, de forma perpétua. Ou seja, uma autêntica lapa colonialista. Por conseguinte, tudo o que sirva para denunciar o dito cujo, merece louvor.

Anónimo disse...

Onde há trafulhice aparece o nome do gajo.