sexta-feira, 13 de novembro de 2015

A seleção da indignação




Mais além!... Revolução! Terror... Agora! «Governo revolucionário já!», como em 1975.

A perseguição seletiva da esquerda burguesa político-mediática é uma patologia genética.

As trombetas da esquerda radical reclamam e têm de ser atendidas, sob pena de dissolução do País. Deve ser ostracizado do espaço público, o ministro Calvão da Silva porque usou, em 2-11-2015, a banida palavra "Deus" na visita de conforto a Albufeira a seguir às cheias. E também o Prof. Pedro Arroja por ter salientado a estridência desagradável das líderes do Bloco de Esquerda. Tal como já tinha sido expulsa dos média a presidente do Banco Alimentar Contra a Fome, Isabel Jonet, em novembro de 2012, por ter chamado a atenção das famílias para a necessidade de poupança.

Essa indignação só tem um sentido. Não respeita ao conteúdo, mas ao exercício da liberdade de expressão que contrarie a ditadura do politicamente correto. A indignação que José Pacheco Pereira manifestou na Quadratura do Círculo, da SIC, em 5-11-2015, contra o Hélder Ferreira, do Insurgente, por causa do poste «Les misérables» não a teve contra o editorial da Luta Popular, de 11-10-2015, do seu ex-camarada Arnaldo de Matos... Nem o líder da CGTP, Arménio Carlos, em 26-1-2013, teve problema de maior quando teve uma tirada racista, chamando «escurinho» ao etíope Abebe Selassié, enviado a Portugal do FMI que nos pagava as contas...

11 comentários:

Aurea Costa disse...

Só vemos o que queremos e o Sr. tb não foge a este pecado.
Uma acção provoca uma reacção.
Não chegamos aqui por obra e graça...
Chegamos aqui por muita culpa dos logistas da víúva do Ex-Seu PSD e do PS.
Os donos do Centrão que explara os portugueses como eu e tambem o Sr.
Porque se desvinculou do PSD?
Acha que os da esquerda da esquerda são mentecaptos, peçonhentos?
Eles existem tb por culpa dos da direita que não olham a meios...
O Poder é uma coisa fo****.
Fique bem

Anónimo disse...

Já vi. Esgotaram os Rennie e os Kompensan.
A azia continua...

Anónimo disse...

O sr. Calvão, deve considerar a situação actual, uma praga demoníaca.

Faça lá a sua penitência, porque as honrarias deve vê-las por um canudo.

Anónimo disse...

Assisti à ditadura comunista de 1974/75 com o assalto à comunicação social, assaltos às empresa e às explorações agrárias, com saneamentos, nacionalizações, ameaças de morte e fugas de proprietários e de quadros para se salvarem. Quem tinha um carro melhor era fascista, quem usava gravata era fascista, quem não era comunista era fascista. O comuna Saramago quando director do Diário de Notícias saneou todos os jornalistas que não pensavam como ele.Era assim por todo o lado.Quem não era comunista era fascista. Ainda hoje é assim porque se trata de gente reacionária que não muda. Pensam e ajem como há 70 anos. Nazismo e comunismo são a mesma coisa, são as duas faces da mesma moeda. Na China e na URSS assassinaram dezenas de milhões de pessoas que não se subjugaram à sua ditadura e reagiram contra o imperialismo soviético e chinês. São uma praga e estão de volta a Portugal.

Anónimo disse...

Pelo que vejo aqui, as esperança de vida é cada vez maior. Gente que está na reforma/aposentação há decadas, sempre a mandar bitaites...
O orçamento da Saúde da CGA e Caixa de Pensões só pode dar o estouro,

Sempre azedos a reclamar por Direitos, sempre a queixar-se dos outros e dos políticos.
Gostaria de saber e depois de uma vida longa do que é que se orgulham além de ter constituído família...

santos disse...

A nossa grega tragédia
Como nota prévia e para evitar Orbitas Cerebrais raivosas oriundas da Esquerda ou da Direita , devemos dizer que não votamos porque não acreditamos neste pseudo SISTEMA POLITICO DEMOCRATICO , por ele ser Irracional (cfr. Arrow) e recheado de vícios mafiosos e maçónicos, Decadente ( abstenção em 1975 : 8% ; em 2015 : 44% ) , e Distorcido (o PS tem mais votos do que o PSD , mas este tem mais deputados (89) do que o PS (86) ; o PCP tem mais votos (445.980) do que o CDS (351.868) , mas este tem mais deputados (18) do que o PCP (17) !...O PCP e o BE tem mais votos do que a bengala do CDS !...) . Onde não se pode ser militante de dois partidos (artº 51 da CRP) mas em perfeito absurdo podemos votar (inconstitucionalmente) em dois Partidos camuflados em uma inconstitucional coligação , entidade desconhecida da CRP , apenas aparecendo sorrateiramente numa lei eleitoral revelando uma total desonestidade intelectual , tudo recheado com uma propaganda politica verdadeiramente fascizante voltada para um povo com elevado grau de “analfabetismo” onde a TV é a sua única Biblia sagrada !... . Acresce que a CRP protege os nossos objectores de consciência e podemos ter objecção de consciência em relação à ideologia de um deles Logo , uma inconstitucional restrição do nosso direito de votar !... Uma coligação pré-eleitoral é uma vigarice eleitoral . E não se entende a diarreia politica que por ai alastra pois não pode haver eleições para a AR antes da dissolução da actual AR a qual não poderá ser antes de 5 de Abril. E eleições para 5 de Julho , E durante 5 de Abril até 5 de Outubro não pode haver eleição para PR . Uma forma indirecta de ACS prorrogar o seu mandato que terminaria em 3 de Março...E a coligação já sonha (e faz por isso) para ter uma maioria absoluta em Julho ... E ainda em Outubro , MRS eleito PR !...
Concluindo ,
Estamos num País de “analfabetos” i.e. a eterna tragédia do Português e da Matemática , porque não lêem a CR e não sabem fazer contas : O PS teve a maior receita votos/euros ;
Logo , o PS foi o partido mais votado . Vd . presunção que não pode ser ilidida por o voto ser secreto , contida nos. 1 , 2 e 3 do artigo 5º da Lei nº 19/2003 de 20 de Junho ; Votantes PS = 1.747.685 = 32,31 % ; Votantes PSD = 81.054(Madeira e Açores) + 1.642.053 (Continente) = 1.723.107 = 31,85% ; Votantes CDS = 351.868 = 6,5% (inferior a BE e PCP) ;
O PSD e o CDS , em relação a 2011 , tiveram uma perda significativa de votantes e de deputados ; o PS , em relação a 2011 , teve mais deputados e mais votantes ; e o aumento da abstenção foi à custa do PSD ; o quadro para a coligação PSD/CDS é francamente negativo .
A Coligação PSD/CDS enfrenta uma maioria parlamentar que a detesta . O PS pertence a uma maioria parlamentar com a qual pode dialogar …
É evidente que a probabilidade de estabilidade governativa é infinitamente superior com um Governo PS , o partido mais votado , e com inteira legitimidade para ser empossado pelo PR … Regressando à analise do Sistema Politico Democratico podemos dizer que
estamos num País de "maluquinhos"(doença que já dura há quarenta anos) pois agora votamos no A porque não gostamos de B . Amanhã votamos no B porque não gostamos de A , e assim sucessivamente… E como diz Saramago , A e B se alternam nos sucessivos Governos para ver quem rouba mais !...
E a final já não há mais nada para roubar ou vender . Somente em crescendo 230 mil milhões de euros por pagar !...
Pobre "tuga" , qualquer D. Branca te engana !...
E ainda , com o devido respeito , um Pais de Ignorantes que ao fim de 40 anos ainda não conhecem o extra-terrestre que aterrou em Boliqueime com a nossa maior desgraça ...
O Português tem a memória curta . A inteligência ? Deus saberá … O mal é já multissecular !... Ora já muito agravado …

http://aventar.eu/2015/11/11/palavra-dada-e-palavra-honrada/#more-1238797



Anónimo disse...

A trampa socialista avençada está aqui em força a tentar intoxicar. Mas estão a perder tempo, os portugueses já têm o cu calejado.

Anónimo disse...

Não fosse a intoxicação permanente dos mérdias e o retardamento congénito dos tugas que, mesmo vivendo na miséria, estão convencidos e agradecidos aos mamões trafulhas. São enganados descaradamente e mesmo assim aceitam serem chulados nas miseráveis reformas que recebem, tudo à conta da retórica do país falido!
A desgraça deste país é haver uma parte significativa da população portuguesa que vota à direita, pois pretende passar por gente abonada, quando na realidade vive na indigência.
Quando o tuga assumir a sua miséria social em que está enterrado, talvez, possamos erradicar os pulhíticos incompetentes e corruptos do poder.

Anónimo disse...

Ò bronco, de onde vem o dinheiro que paga as reformas?
Só uma cavalgadura como tu acredita que o dinheiro cai das árvores.
Qual é a direita que tu referes? E o que é a esquerda? Os comunas que têm as mãos sujas de sangue? Que mataram mais de cem milhões de pessoas num século? Ou o PS que deixa sempre o país falido e os pobres a pagar as dívidas enquanto os Sócrates e Soares gozam os milhões roubados?
Só um deficiente mental ou um vendido pode ter um discurso tão abstruso!
Diz lá, meu burro, quem é que chula a população. São as empresas que criam emprego e exportam ou os parasitas do socialismo que metem dinheiro roubado aos cofres públicos na Suiça e nos offshores.
Os comunas estiveram no governo no tempo de má memória do Vasco Gonçalves. Como é que deixaram a economia do país?
Já é tempo dos burros como tu abrirem os olhos, pá.
Apetece mandar-te para a puta que te pariu, mas não chego a tanto.

Anónimo disse...

As pensoes sao pagas com o dinheiro dos impostos e do emprestimos do exterior desde ha mais de 5 decadas. Portugal nunca produziu o suficiente para pagar os
direitos sociais que possui

Anónimo disse...

O camarada Arménio é um visionário do futuro e um profeta no presente.

Este Natal, e já com saudades, está reservado a Portugal a volta dos Reis Magos. Mantêm-se o Escurinho, junta-se o Velhinho e a Esganiçadinha (esta última é estreia mundial).

Nada para ofender nem para mal entendidos, como com o camarada Arménio.