sexta-feira, 3 de julho de 2015

A lavagem de Morais à licenciatura de Sócrates e ao lixo da Cova da Beira


José Sócrates - 1997


António José Morais, o famoso professor de José Sócrates e ex-arguido absolvido na no processo da Cova da Beira, acaba de publicar o livro «Sócrates, a Cova da Beira e a Licenciatura – verdades e mentiras», oportunamente no auge da estridência da orquestração socratina (ver entrevista do preso 44 de Évora, e ex-primeiro-ministro, ao DN, em 30-6-2015) contra o procurador Rosário Teixeira e o juiz Carlos Alexandre. De excertos que o Observador de hoje, 3-7-2015, publica, consta uma catrefada de histórias da carochinha (como se pode conferir no meu livro de setembro de 2009, «O dossiê Sócrates») e uma verdade. O poste é longo, mas o pormenor é necessário. Cito e comento, numa dúzia de pontos:
  1. «Vi-me forçado a escrever este livro sobre o denominado caso Cova da Beira, dada a farsa construída à volta deste processo judicial».
    Farsas, há muitas... No processo do aterro sanitário e central de compostagem da Cova da Beira, avultam as tecnicalidades, que o parecer do jurisconsulto Marcelo Rebelo de Sousa argui, de um processo tremendamente arrastado onde medrou a hidra do socratismo, e em que vieram a ser absolvidos na primeira instância, o Prof. António José Morais, a sua ex-mulher arq. Ana Simões, e Horácio Luís de Carvalho (da famosa HLC do SIRESP), a eminência pardacenta do grupo da Cova da Beira, recuado em Inglaterra mas com negócios de energia e ambiente no Brasil e por outras partes do mundo, ainda não analisados - ver o meu poste -«Sociograma do sistema», de 28-1-2013).. José Sócrates, depois de jovem operacional da Cova da Beira deputado número 5 do círculo de Castelo Branco (1991-1995) (ver «O dossiê Sócrates», pp. 170 e ss.), era então secretário de Estado do Ambiente e foi denunciado como tendo recebido 150 mil euros de luvas nesse projeto, mas não chegou sequer a ser constituído arguido.
  2. «Conheci Sócrates no Instituto Superior de Engenharia De Lisboa (ISEL), onde foi meu aluno em 1994. Não foi assim na Covilhã que com ele estabeleci conhecimento pessoal». (Realce meu).
    «Conhecimento pessoal»... Claro que se conheciam. Não é por Morais ser de Belmonte e Sócrates ter crescido na Covilhã, não é por Morais ter sido professor da UBI, da Covilhã, nem sequer é apemas por causa de Sócrates ter subscrito a ficha de adesão de Morais ao PS, na Covilhã, nem apenas pelas referências que se cruzam, no processo da Cova da Beira, nem só por este falar dele, em escutas do processo da Universidade Independente por «Zé» (Público, de 25-9-2007). Basta dizer que, nesse tempo anterior à vinda de Sócrates como deputado para Lisboa, eram compinchas no Fundão e nas tascas da Covilhã - além das referências locais ao grupo de Andorra, das férias na neve... Nem sequer era segredo: segredo tornou-se quando foi preciso apagar o facto da ligação entre ambos ser anterior À Universidade Independente. Um facto que Sócrates negou até na entrevista de 11-4-2007 - e nessa mesma noite publiquei neste blogue que Morais já tinha sido professor de Sócrates no ISEL, na cadeira de Geologia e Geotecnia Aplicadas, do CESE em Engenharia Civil, em 1994/1995 (ver p. 184 do meu livro «O Dossiê Sócrates»).
    Mas, melhor do que eu, o próprio Morais se embaraça na teia que a caneta alugada afrancesada transmite em detalhe fotográfico da memória fresquíssima. Não conhecia Sócrates da Cova da Beira, mas...
    «[Sócrates] com o seu cabelo comprido meio desgrenhado e solto, que na altura usava, e com o discurso profético produzido fez-me lembrar Felipe Gonzalez (…) O estilo de guerreiro romântico, a roçar o narcísico, rendia-lhe apreço e consideração. A vestimenta ajudava. A visão irreverente e revolucionária sobressaía logo na cor do fato que Sócrates vestia, um verde alface muito claro com abas largas e compridas – un enfant gâté.”»
    «Em Setembro de 1994 iniciaram-se as aulas de Fundações e Geotecnia Aplicada, disciplina que leccionei do CESE do ISEL. Quando entrei na sala, para leccionar a primeira aula, logo reparei no aluno sentado ao fundo da sala. Tratava-se do deputado José Sócrates. Tinham passados quatro anos desde a última vez que o tinha visto na Covilhã. Sócrates apresentava-se agora muito diferente. Perdeu o seu look de irreverente político romântico. O cabelo já não era comprido e volumoso, agora estava bem cortado, cuidado e usava fato e gravata. A postura e imagem eram outra.» (Realce meu).
  3. «A convivência mantida com Sócrates ajudou-me em termos pessoais».
    Esta é verdade. Também creio nisso. A de Vara também: Morais foi nomeado diretor do GEPI no Ministério da Administração Interna, precisamente por Armando Vara, a cujo gabinete tinha pertencido, como assessor, após as eleições de 1995. E Morais não parece dar grande importância pública à ofensa do delegado Vara na época perigosa do processo da Cova da Beira e da aflitiva separação de Ana Simões, eventualmente após o caso da brasileira Neide do restaurante «Sr. Bacalhau» que no glorioso consulado de Morais à frente do GEPI/IGFP, foi nomeada para «Coordenadora do Departamento de Logística do Depósito Público de Vila Franca de Xira do IGFP, a vencer 1700 euros por mês» (ver p. 311 de «O Dossiê Sócrates», referindo o Público, de 14-3-2009, desenvolvendo uma notícia de O Independente. A separação de Ana Simões foi traumática e alegadamente, terá sofrido intimidações e perseguição, por desconhecidos.
  4. «O caso Cova da Beira foi utilizado na luta político-partidária por diversos agentes e grupos, uns mais institucionais que outros.»
    O caso Cova da Beira foi muito pouco utilizado politicamente, à parte a oposição local que porém não era relevante em termos nacionais. Creio que o motivo eram outras ligações políticas de Horácio Luís de Carvalho, mais tarde evidentes. Se tivesse sido explorado o caso politicamente, a o nível nacional, a justiça teria de ser mais eficaz e célere nas buscas e ligações.
  5. «(...) entrei em contacto com a Universidade Independente, oferecendo a minha experiência e capacidade docente, dado que esta Universidade lecionava a licenciatura em Engenharia Civil. Resolvi bater à porta da Independente; quem me recebeu foi Rui Verde; expus-lhe o meu projecto e ideia. Rui Verde retorquiu-me: temos que falar com o Reitor. E levou-me ao Reitor Luís Arouca. Na reunião com o reitor da Independente Luís Arouca e na presença do seu vice, Rui Verde, descrevi o mercado potencial existente e propus-lhe que a Independente criasse um curso no quadro e no interior da sua licenciatura de engenharia civil, que permitisse aos bacharéis prosseguirem os seus estudos, visando obter a equivalência ao grau de licenciado. O Reitor Luís Arouca percebeu o potencial existente e não só aceitou a ideia, como de imediato me nomeou Director da licenciatura em engenharia civil da Independente»!... (Realce meu).
    Tiro e queda. Amor à primeira vista. E nem deve ter sido preciso usar o egrégio nome do seu amigo deputado Sócrates.
  6. «No caso de José Sócrates, o somatório de horas associado ao número de disciplinas do bacharelato do Coimbra agregado com as obtidas no 1º ano do CESE do ISEL ultrapassava o mínimo necessário, contemplado na legislação de então que instituía a licenciatura da Independente. Por este facto, o Reitor da Independente, Luís Arouca, admitiu conceder a equivalência directa do grau de licenciado a José Sócrates.»  (Realce meu).
    Um absurdo. O número de horas ou o número de disciplinas não garantia equivalência alguma - não existia regime de transferência de créditos, instituído no decurso do chamado processo de Bolonha. Naquela altura, só seria concedida equivalência a qualquer disciplina do novo curso se a cadeira e o seu programa correspondessem - se a cadeira antiga não cobrisse a matéria da nova não poderia haver equivalência.
  7. «O exame ao domingo foi a maior mentira que a comunicação social inventou e escreveu sobre a licenciatura de José Sócrates. Obviamente que não houve qualquer exame ao domingo. Os media criaram um monumental embuste!… (…) Nalgumas certidões de curso de alguns dos alunos, emitidas pelos serviços académicos da Independente, a data, nelas presentes, relativa à emissão pelos serviços, correspondia a um domingo. Os jornalistas de modo muito pouco sério, e no contexto da campanha de conspiração e ataque a José Sócrates, associaram de modo oportunista aquela data ao dia da realização do exame, com o propósito de alimentarem a campanha em curso de intoxicação da opinião pública contra Sócrates. Não só é abusivo, como é falso. Os jornalistas montaram uma farsa com esta data. Não houve qualquer exame ao domingo. Os jornalistas que o escreveram… mentiram!». (Realce meu).
    É falso. Como demonstro no meu livro «O dossiê Sócrates», pp. 121-123, o 8 de setembro de 1996 (um domingo) não é a data de emissão do certificado: é a data de conclusão do curso (a data da última cadeira feita). Pode ler-se no fac-simile do certificado de licenciatura de José Sócrates, na p. 159 do meu livro: «Concluíu o curso em 08-09-1996»; e mais abaixo «Emitido em 17-06-2003». Talvez esse bloody sunday tenha sido a data do jantar no papa Açorda onde Arouca se gabava de ter feito o exame de Inglês Técnico a Sócrates; ou pode ser mentira e não ter havido exame nenhum nesse dia. Aliás, eu não creio que tenha havido exame regular algum, nem na cadeira de Inglês Técnico, nem nas outras da responsabilidade do Prof. Morais, muito menos no trabalho de Projeto que, ao contrário dos trabalhos dos demais alunos, não se encontrou na biublioteca...
  8. «No final do ano lectivo, em Junho, passado portanto praticamente um ano, numa altura em que as aulas do ano lectivo em causa já tinham terminado e os alunos se preparavam para os exames, recebo uma inaudita chamada telefónica do Reitor Luís Arouca. O Reitor com voz nervosa e aflita comunica-me pretender que o aluno José Sócrates realizasse um exame a Inglês Técnico. Obviamente respondi a Luís Arouca que o pretendido era impossível e destituído de qualquer racionalidade, e, no plano jurídico, ilegal. (…) Pasme-se, Arouca informa-me, ainda, que somente o aluno Sócrates teria que fazer esse exame…!” O Reitor Luís Arouca informa-me que era o Eurico Calado que estava a fazer “barulho”… pois “queria fazer exame ao Sócrates…” e acrescenta que Eurico Calado alegadamente era afecto ao PSD e ele, Arouca, não estava em condições de se opor ao grupo do PSD na Independente, o qual, dizia ele, tinha muito peso na Universidade Independente…! Naturalmente disse não ao Luís Arouca. Passados mais alguns dias, recebo um novo telefonema do Reitor. Luís Arouca informa-me que tinha falado com José Sócrates, que o colocara ao corrente do assunto, designadamente das dificuldades de relacionamento que ele, Arouca, tem com o grupo do PSD e com Calado. Comunica-me que o aluno José Sócrates se mostrara compreensivo para com a posição do Reitor e, acrescenta-me, que o aluno aceita fazer um exame a Inglês Técnico, mesmo não tendo esta disciplina no plano de curso…! Bom, perante esta predisposição do aluno, obviamente não seria eu a levantar problemas, respondi concomitantemente a Luís Arouca que não me opunha então a esta decisão do aluno. E não assinei a pauta desta disciplina. O exame a Inglês Técnico só se realizou porque o aluno Sócrates se predispôs a ajudar o Reitor Luís Arouca no seu relacionamento com o PSD.». (Realce meu).
    Coitadinho do crocodilo!... Esta história é delirante!...
  9. «Perseguem-me durante anos, humilham-me publicamente, fustigam-me com notícias tendenciosas e falsas e durante anos e anos, sacrificam-me os filhos, destroem-me a vida, arruínam-me a carreira académica e profissional, dão-me cabo da saúde e… nem se dão ao trabalho de continuar com a aparente e alegada farsa, apresentando um simples recurso. Obviamente que eu sinto que da parte do Ministério Público existiu uma perseguição à minha pessoa; sinto que fui escolhido e perseguido e, posso estar enganado, mas penso que me procuraram condicionar, pressionar, calar. É o que me perpassa pela mente. Não encontro outra explicação. E suspeito que não me querem largar da mão. Imagino que outros processos devem estar a correr no MP.»
    Olhe que não, professor, olhe que não!... Um dia, um dia, alguém conta a história da demora do inquérito da Cova da Beira. Que não vai agradar ao seu amigo. Este ataque ao Ministério Público parece enquadrar-se na orquestração socratina para tentar isolar o procurador Rosário Teixeira, pressionar a procuradora-geral Joana Marques Vidal e substituir o juiz Carlos Alexandre.
  10. «A minha passagem pelo IGFP da Justiça assustou algumas pessoas.»
    Acho que nem o arq. Fernando Pinto de Sousa, o falecido pai do preso 44 (que dizia que o filho nem sequer conseguia calcular um pilar, quanto mais fazer projetos de engenharia, como aqueles, alegadamente do seu amigo Valente, que José António Cerejo revelou no Público...), com o volume de trabalho encomendado pelo GEPI/IGFP do Ministério da Administração Interna, a que Morais presidia. Cito do meu livro, p. 330, referindo o Público, de 24-6-2007: «o Prof. Morais, pelo GEPI, tinha entregado 12 contratos de fiscalização de obras ao Arq. Fernando Pinto de Sousa, pai de José Sócrates, que tinha 70 anos quando foi convidado para esse trabalho e que, de acordo com o jornal, nos seis anos da direcção Morais 1996-2002 (correspondente aos dois governos socialistas de António Guterres) foi o técnico que mais contratos de fiscalização fez com este organismo do Estado, o dobro do seguinte». Ou o eng. Carlos Santos Silva, da falida Conegil e alegado uomo di paglia de Sócrates, amigo comum, a quem Morais adjudicou 20% das obras do GEPI, de acordo com a mesma notícia.
  11. «Em Setembro de 2003 já estava separado e vivia num hotel em Sintra. Por razões profissionais tive nesse mês que me deslocar a Angola. A minha ex-mulher, surpreendentemente, pediu-me para a levar comigo, propondo-me mesmo partilhar o quarto de hotel, para diminuir despesas. Achei estranho, para quem dizia de mim cobras e lagartos, que me detestava e não me suportava…! Mas, numa de querer uma separação e divórcio amigável, lá acedi. (…) Em Luanda compartilhámos o quarto e a mesma cama…! Caí que nem um patinho na armadilha…! Passadas duas semanas após o regresso a Lisboa, Ana Simões informa-me que está grávida. Comunica-me que eu ia ser pai! Fiquei surpreso e questionei-a como podia ser eu o pai, dado que não vivíamos juntos já há algum tempo, apesar de me recordar do que se passara em Luanda (partilhámos a cama…!). Bom, nada podia fazer. Naturalmente tive que assumir o sustento e a paternidade da criança. Hoje, à distância de 12 anos, percebo que a Ana já foi grávida para Luanda e ela sabia-o, e, igualmente, sabia que eu não era o pai, porque, conforme ela própria afirmou ao Tribunal, eu já saíra de casa…!». (Realce meu).
    Esta história mirabolante, que Helena Matos destaca, nem merece comentário. A omertà funcionou e Vara nem recebe uma palavrita no que aparece do livro... Com exceção daquele dia, em que alegadamente Morais é informado do requerimento judicial da sua ex-mulher Ana Simões para que Armando Vara seja convocado para fazer um teste de paternidade da criança que acreditava ser sua. Então, Morais perde a tramontana no Facebook contra o seu amigo Armando Vara, em mensagens logo apagadas do seu mural. Vara parecia ter sido destacado para controlar a zanga de Ana Simões, aborrecido com o caso Neide, a qual poderia, quiçá, fazer revelações complicadas sobre o «inenarrável Sócrates» (como lhe chama o José, da Porta da Loja), nomeadamente sobre o caso Cova da Beira, num projeto que deve ter assinado contra vontade. E, eventualmente, Vara fez o trabalho demasiado bem... Consta que Vara terá alegado que o teste do ADN seria uma violência inadmissível á luz da Constituição; mas depois de muitos anos de objeção, lá lhe devem ter dado outra luz e apurou-se, finalmente, que era ele o pai da criança. Eventualmente, terá sido paga uma indemnização a Morais, pelos anos em que custeou o «sustento» da criança, não se sabe de os 160 mil euros pedidos, se menos...
  12. «(...) detenho algumas dúvidas sobre o carácter do professor do Técnico [Quinhones Levy, Professor no Instituto Superior Técnico perito do Ministério Público no processo da Cova da Beira]. (...) O senhor Levy, na minha opinião, teve um comportamento que me custa a catalogar como sério. Teve, a meu ver, um comportamento próximo de um sacripanta. Na minha opinião, um salafrário não fazia melhor».(Realce meu).
    De «algumas dúvidas» passou às certezas categóricas: «sacripanta» e «salafrário»!...

Para terminar, uma história da mesma trupe. O Prof. António José Morais faz jus à fama do seu protestado amigo José Sócrates. Recentemente, e acredito que ainda magoado com a dupla Sócrates-Vara, prometeu à CMTV uma entrevista bombástica. A CMTV anunciou a entrevista com vários dias de antecedência porque a matéria era muito interessante. Entretanto, o acordo de paz deve ter sido negociado e Morais passou a entrevista a... louvar o rigor de Sócrates e a dizer o melhor do ex-amigo, o tal que, diz neste livro, «afastou-se» da sua pessoa, na sequência do processo da Cova da Beira. Será que (ver DN, de 25-3-2015) também se comportou do mesmo modo com a investigação do processo da Operação Marquês?


Limitação de responsabilidade (disclaimer): António José Morais, ex-arguido e absolvido no processo da Cova da Beira, objeto das notícias dos média, que comento, não é suspeito do cometimento de qualquer ilegalidade ou irregularidade nestes casos referidos, tal como sua ex-mulher Ana Simões ou Horácio Luís de carvalho
José Sócrates Carvalho Pinto de Sousa, Armando António Martins Vara e outas entidades mencionadas neste poste, referidos nas notícias dos média, que comento, não são suspeitos de qualquer ilegalidade ou irregularidade nestes casos.

129 comentários:

Anónimo disse...

"Vara terá alegado que o teste do ADN seria uma violência inadmissível á luz da Constituição"

Delicioso. A Constituição abrilesca serve até para o lixo Vara se colocar a coberto. O Vara dá a stickada na amncebada do Morais, a coisa dá fruto, e depois a CRP não deixa que mostre quem é o pai do fruto!

Lindo. Isto é Abril. Isto é o socialismo tuga.

Puxe-se o autoclismo, rápidamente.

Anónimo disse...

O Ministério Público (MP) mandou arrestar uma conta offshore com 44 mil euros no banco Lloyds, na ilha inglesa de Guernesey, detida por António José Morais e a sua ex-mulher Ana Simões – ambos arguidos no processo Cova da Beira por suspeitas de corrupção na adjudicação da obra da central de compostagem de lixo à empresa HLC. O pedido foi feito em 2009, mas só este ano foi concretizado pelas autoridades inglesas.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/nacional/politica/detalhe/offshore-congelada-na-inglaterra.html

Anónimo disse...

E foi na secretaria de estado da Administração Interna, segundo o Público, que Armando Vara, recorreu ao diretor-geral do GEPI (Gabinete de Estudos e Planeamento de Instalações do MAI) e a engenheiros que dele dependiam para projetar a moradia que construiu perto de Montemor-o-Novo. O engenheiro António José Morais tinha já sido seu assessor e foi Vara quem escolheu promovê-lo. Ali ficou até 2002.

Na equipa que planeou casa do então governante também trabalhou a companheira do engenheiro, a arquiteta Ana Simões, na altura companheira de António José Morais. Os dois acabariam por sentar-se no banco dos réus, depois de acusados de corrupção e branqueamento de capitais na construção de uma estação de tratamento de lixo na Cova da Beira. Acabaram absolvidos.

http://observador.pt/2014/09/06/circunstancias-que-terao-condenado-armando-vara/

Anónimo disse...

Foi número 2 de António José Seguro na Juventude Socialista. Camarada de sótão de António Guterres, com quem partilha a visão de catolicismo social-democrata. É amigo de longa data de Jorge Coelho, a quem nunca poupou elogios. Andou com José Sócrates na estrada, na campanha das legislativas de 2009. Agora, é o diretor de campanha de António Costa, de quem já tinha sido secretário de Estado. Gestor de formação, colecionador de lupas nas horas vagas, político habituado ao terreno, este é Ascenso Simões nas palavras de quem o conhece bem.

Foi lá, em Vila Real, que começou a tal ligação à religião que o aproxima a Guterres. Ainda jovem, foi acólito e membro do coro da igreja, um laço que manteve na vida adulta (e política). Embora costume dizer que é católico, mas que vive a religião sem intermediários, Ascenso acrescenta à dimensão política que todos lhe reconhecem “ao conhecimento muito profundo das questões ligadas à Igreja”.”Houve tempos em que conhecia todos os bispos portugueses e era capaz de lhes traçar o perfil”, explica Cabrita.

http://observador.pt/2015/07/04/ascenso-simoes-colecionador-lupas-vai-encontrar-caminho-levar-costa-s-bento/

Anónimo disse...

Prof. Balbino Caldeira será que caixa de comentários É tudo permitido?
Falo do comentário das 3 de julho de 2015 às 17:19 no post "Sanidade judicial".

Anónimo disse...

O secretário-geral socialista, António Costa, considerou hoje que a situação na Grécia é a «dramática ilustração» do que aconteceria em Portugal sem o PS, garantindo uma «alternativa de confiança» que rompe com a austeridade sem se meter em aventuras.
http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=780558

As drogas pesadas já foram liberalizadas???
Este gajo diz estas obscenidades sem que haja um jornaleiro que lhe ponha em frente do nariz o que ele disse antes.
É a tal imprensa corrupta que faz campanha pelo PS e pela esquerda utópica.

Senhores jornaleiros, nós temos memória.
Lembramo-nos disto:

Para o secretário-geral do PS, António Costa, o triunfo do Syriza nas eleições gregas é "um sinal de mudança" que dá força a Portugal e a outros países europeus para seguirem a mesma linha.

E esta pérola:

" É preciso contrariar a vontade do Governo português, que não quer a mudança e procura contrariar a mudança. "
http://expresso.sapo.pt/politica/antonio-costa-vitoria-do-syriza-e-um-sinal-de-mudanca-que-da-forca-para-seguir-a-mesma-linha=f907999

Anónimo disse...

Veja-se o ridículo do aldrabão do Costa:

"O secretário-geral socialista, António Costa, considerou hoje que a situação na Grécia é a «dramática ilustração» do que aconteceria em Portugal sem o PS..."

"Para o secretário-geral do PS, António Costa, o triunfo do Syriza nas eleições gregas é «um sinal de mudança» que dá força a Portugal e a outros países europeus para seguirem a mesma linha. "

Um jornalista que deixa passar isto que qualquer leitor facilmente topa, vale zero! Como zero, valem os jornais onde escrevem.
O nosso país deixou de ter jornalismo há 41 anos.
O que antes, a censura assumida nunca conseguiu matar, morreu com a censura velada.
É por isso que toda a imprensa é sustentada pela publicidade institucional e pela esmola do OE.
Uma praga, estes parasitas.

Anónimo disse...

O livro do Morais vale tanto como o daquela oportunista que escreveu o "Merdino de ouro do PS". Lixo!
Um membro da quadrilha a elogiar outro.
Bah!

Anónimo disse...

Está na moda editar livros escritos por marginais.
Transformar as prisões em editoras pode ser uma solução para a reabilitação de criminosos.

O Cruz disse à filha que está inocente. Os mérdia, de imediato, lhes deram espaço, o megafone que pretendiam.
A decisão do tribunal que o condenou, afinal estava errada.
Sugiro que vão por aí, pelas cadeias, perguntar quem está inocente.
Manter tribunais e juízes é dispendioso. Uma simples pergunta, sem custos nem custas, resolve o caso.
A sra Cândida, percursora desta solução quando substituiu uma investigação por uma pergunta a Sócrates se tinha recebido luvas no Freeport, lançou a primeira pedra deste projecto revolucionário. Lançou mais esta caravela para descobrir novos mundos.

O PS pretende mudar a lei para que o poder judicial fique tão independente, que nunca se cruze com políticas e políticos.
É com regozijo que vejo estes grandes avanços civilizacionais.

Anónimo disse...

http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=780644

Após ouvir-se o "Grândola Vila Morena", os manifestantes cantaram também a "moda" criada especialmente para José Sócrates, que diz "contra a injustiça marchemos, ergamos a nossa mão e em teu louvor cantemos".
"Cantemos a tua glória líder de Portugal e sempre ficarás na história por seres um líder sem igual", trautearam ainda.

Anónimo disse...

http://rr.sapo.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=1354&did=192569

“Há no Syriza um voto profundamente ideológico. Do meu ponto de vista é de base trotskista que aspira a um cenário que se aproxime de um princípio de ruptura na Europa toda”, prossegue Daniel Bessa.

“Essa gente gostará das filas nos bancos e supermercados e, portanto, achará que o seu programa está a ser cumprido. É como o homem que ia a caminho das Torres Gémeas. Quanto mais perto está das torres mais perto está do objectivo”, indica Daniel Bessa numa alusão tácita a Mohamed Atta.

Anónimo disse...

Chamem-me que eu estou disposto para a luta, Portugal não vai ser socialista, nem comunista, nem um imenso arco-íris negro, nem um paraíso para criminosos e drogados, o sonho da Esquerda vai morrer na praia, somos uma nação fundada por cristãos, somos uma nação cristã, o povo ainda é cristão. Expulsámos os mouros e não faremos a limpeza interna?

Anónimo disse...

São muitos os crimes contra Portugal, as traições, ele foi a descolonização, depois o PREC, seguiram-se os roubos nos anos Cavaco, que parecem coisa mínima face ao descalabro dos desgovernos socialistas, fiquei profundamente enojado e chocado com o processo Casa Pia, nunca imaginei ver fanchonos «casados», aborto pago por todos e fanchonos a querer adoptar. Essa não vão conseguir, o povo não permitirá! Não há maior cancro neste país que a abominável Esquerda, e os seus braços sinistros, um deles é o PCP, o outro é aquela coisa cujo nome tenho medo de dizer.

Anónimo disse...

Fomos fundados por Cristãos, uma nação que permite aborto, que convive com tanta corrupção, que se endivida desta maneira, que permite que maricas casem e adoptem, uma nação assim já não é cristã, tirem a esta coisa o nome de Portugal, mudem-lhe o nome, refundem, tirem o escudo da bandeira, deixem-nos apenas os monumentos dos nossos antepassados, como memória do que fomos, e a seguir deixem partir quem não suporta tanto roubo e tanta canalhice, para a escória ficar a chafurdar na merda, na miséria moral e material.

Anónimo disse...

Depois de os gregos escolherem o "não" à austeridade, o governo do Trypas diz que vai a correr fazer um acordo com os credores que impõe forçosamente austeridade.

Perceberam?! Nem eu!

Anónimo disse...

Que maravilha Dr ABC. Mais uma vez puxou dos galões para falar da sua grande "obra": o livro do curso do Sócrates.
Pergunto:
O Sócrates perdeu o "título"?
Era normal fazerem o Inglês Técnico?

Última pergunta: por que razões o curso do Relvas não deu motivos ao Dr ABC (tão atento às tropelias na Educação) para fazer, não um mas sim uma resma de livros?
Eu conheço as razões. Haverá mais?

Anónimo disse...

Ó Dr Abc deixe-se destas coisinhas da treta. Veja o óbvio!...
Você que sempre esteve muito atento a questões relacionadas com a comunicação social não consegue ver o que se está passar na nossa TV em que os comentadores efetivos, seja nas TVs generalistas e/ou pagas, são, na esmagadora maioria, da direita.
Acha que há pluralismo?
Não acha que assim o debate democrático está enviesado?
Não lhe parece que estão a fazer um grande favor à direita (PSD/CDS)?
Não entende isto como um descarado escândalo?

A "nódoa" que habita no Palácio de Belém nada faz pois apenas sabe que 19 menos um dá 18. As autoridades para a Comunicação Social estão anestesiadas.
Ao menos o Dr ABC, muito influente nos meandros da política desde o dia em que escreveu o famoso livro da licenciatura do Sócrates, podia falar e arrasar a "encomenda".
Fará isso?
Não acredito...

Anónimo disse...

6 de julho de 2015 às 09:38
6 de julho de 2015 às 10:27

O Kumissário socialista ao DPP, estava em falta. Arrisca-se a que lhe tirem o subsídio. Vai trabalhar, que aí no Ministério é um regabofe, como sabemos.

Anónimo disse...

Há quem diga que o vara tem uma "boa folha de serviço" aquando da sua passagem pela CGD. Há quem saiba muita coisa.

Anónimo disse...

Este xuxa é patético.
Para lá da máfia socialista que é quase hegemónica na comunicação social, deram tempo de antena a um grupo de ressabiados, ex-comunas, que já passaram pelo PSD, mas que se entretêm a malhar neste governo. Os Pachecos, Marcelos e companhia limitada.
Tudo isto só para dar aparência de pluralismo, que de facto não existe.
O caso da Molra Guedes ilustra até à náusea esta realidade incontornável. Quem fizer jornalismo, vai para o olho da rua. Só são admitidos propagandistas da Cosa Nostra.

Vai-te catar, xuxa aldrabão. O teu mal é pulgas.
Estava habituado à mama do governanço do sociopata socretino.

Anónimo disse...

Marques Mendes (SIC); Morais Sarmento (RTP); Rebelo de Sousa (TVI); Manuel Ferreira Leite (TVI). Tudo pessoal militante do PSD que, sozinhos, comentam nas televisões.
A acrescentar o José Gomes Ferreira que não sendo, talvez, militante faz mais campanha a favor da direita do que muitos fanáticos do PSD.

Mas que havemos de fazer os comentadores deste sítio teimam em manter-se cegos. E mais grave querem que outros também fiquem cegos...

Anónimo disse...

Sim, os ressabiados do PSD que servem o interesse da máfia xuxa.
O Gomes Ferreira é apenas um dos poucos jornalistas que ainda se preocupa em dizer a verdade aos seus espectadores/leitores.
Nem o Henrique Neto tem direito a tempo de antena. O controle é total.
O batalhão de Judites de Sousa e Campos Ferreiras, jornaleiras corruptas, arrasam com as suas patranhas encomendadas pela Cosa Nostra.

Em directo de Atenas estava uma comissária política socialista, na RTP, disfarçada de jornalista, a jorrar aldrabices e manipulações. É esta a matriz.

Anónimo disse...

Já tenho notado que o Observador é um lixo de esquerda com alguns redactores do centro direita, que vão fazendo pela qualidade mínima do pasquim.
Também hoje, o título da notícia da morte de Maria Barroso reflecte isso mesmo.
Uma verdadeira anormalidade.
O pasquim do Belmiro não faria melhor.

Anónimo disse...

MORREU MARIA BARROSO.
GRANDE MULHER.
LUTADORA PELA LIBERDADE.
MULHER DA CULTURA.
MULHER DE CAUSAS SOCIAIS.

GRANDE MULHER.

Nota: Mas como era socialista temo que muita "rapaziada" desta casa não aprecie muito o seu percurso.
Vou estar atento...

«Tyrástmos Voltamapoulos» disse...

« Para surpresa dos ministros das Finanças da Zona Euro que se encontraram esta terça-feira em Bruxelas, os gregos chegaram à reunião vista por muitos como o seu "último recurso" sem apresentar propostas novas.(...)o jornal acrescenta que a ausência de novas propostas na reunião "de último recurso" chocou os ministros das Finanças reunidos na sala. A agência Associated Press cita fontes que dizem que Tsakalotos se limitou a fazer um balanço da situação económica da Grécia. » F.T. 07-07-2015

Anónimo disse...

7 de julho de 2015 às 14:42

Sabujo, és o controleiro do partido ao DPP? O Soares, apesar de ainda estar vivo, é o responsável pela real incapacidade de Portugal ser um país independente. Isto conta hoje, e contará no dia, em que for fazer companhia no crematório.

Aqui, não há medo.

Anónimo disse...

Eu sabia...

S.T. disse...


O Bot da «tralha» , rebolava-se todo se a gente baixasse ao nível dele . Sobre a Maria Barroso , um único comentário se apresta : o tempo faz a melhor justiça às acções dos homens .

Anónimo disse...

Estão admirados com o pasquim do belmiro???!!!
O grande empresario belmiro em Abril de 74 era só um dos mais activos militantes da UDP...pertencendo á comissão de trabalhadores que tomou de assalto a Sonae a Pinto Magalhães á época também presidente do F.C.P....

Anónimo disse...

Dr ABC, por favor, não faça nenhum post relativo à morte da Grande Mulher Maria de Jesus Barroso. É que a génese deste blog e a sua única missão é atacar tudo e todos do PS, por isso ficava muito mal ver aqui escritas hipocrisias. Continue a falar do curso do Sócrates e destas e de outras tretas para manter a sanha activa.
Está bem?

Anónimo disse...

Camarada xuxa, podias respeitar a Maria Barroso. Utilizá-la para fazer propaganda rasca a favor da organização mafiosa do marido, é reles.
Conheci-a pessoalmente e tenho boa impressão. Muito afável.
Merece respeito e é com repugnância que assisto a esta trampa toda em que a comunicação socialista chafurdou todo o dia.

Quanto ao mafioso com quem a distinta senhora teve a desdita de casar, pode-se e deve-se colocar alguns pontos sob reflexão e o José fá-lo na Porta da Loja,

http://portadaloja.blogspot.pt/2015/07/que-patrimonio-tem-mario-soares.html

Anónimo disse...

Faleceu Maria Barroso ... terá caído em casa: uma queda nobre, já a de António de Oliveira Salazar é uma queda que serve para o humilhar e ofender. Confesso que não apreciava muito a Sra mas achava-a mais digna que o marido ... coisa que não era muito difícil. Dizia-se católica (coisas que a comunicação social adora quando assenta à situação) mas não lhe reconheço nada de católico: nem contra o aborto levantou a voz, pela família nada só quando o filho se despenhou em Angola.
Nestas ocasiões é um desfolhar de elogios que passam frequentemente pela luta anti-fascista (como se tivesse havido fascismo em Portugal) e pela dedicação redentora às "causas sociais". A "causa social" é frequentemente um bom salário e um bom cargo público, habitualmente em fundações pagas pelo povinho, que só a influência política e o compadrio maçónico conseguem. Cargos destes naturalmente são muito procurados: servem mais para receber que para dar. Para dar o que é seu os talentos rareiam. O romantismo pinta ainda o cenário e a troca de alianças numa prisão dourada é um "casamento na prisão": um casamento que afanosamente destroem todos os dias.
A Fundação Pro-dignitate é o que sabemos em mordomias e a de Mários Soares é o que sabemos também: tudo máquinas despesistas, alimentadas por câmaras socialistas, cujo objectivo é guindar egos, espalhar vaidades e viver luxos.
O clã Soares, com uma mão à frente e outra atrás no 25 de Abril, possui hoje uma fortuna incalculável que ninguém se atreve a inventariar e muito menos justificar. Pelo meio uma descolonização que deixou no terreno em África quase dois milhões de mortos mas de que se orgulham.

http://luradogrilo.blogspot.pt/2015/07/faleceu-maria-barroso.html

Anónimo disse...

Todos os dias morrem Senhoras e algumas Marias, que partem com a sua pobreza.

Com riqueza partiu Maria Barroso, uma Senhora burguesa e rica,dona e dirigente de um colégio para os ricos (onde os pobres não tinham/têm entrada) e que, tal como o marido, apesar de se dizer pelo serviço nacional de saúde, quando adoeçem vão para os caros hospitais privados (onde os pobres não têm entrada). Champalimaud fundou e mantém a sua fundação com o seu dinheiro. Os Soares fundaram e mantêm as suas fundações com os dinheiros dos contribuintes. Estas verdades não anulam o respeito que qualquer morte deve merecer e o realçe das suas qualidades, pois todos as temos.

«Correio da Moina» disse...


Dizem que o «dueto-da-corda» pediu ao Juiz Carlos Alexandre ( sustentado por um relatório do compincha que gere o E.P. de Évora ) uma saída de precária do 44 para ir ao velório.....Seria verdade ?

«Três porcos num tandem e um deles está-se a cagar para o segredo de Justiça » disse...


...mas como estou a ver o Costa a fazer «as honras da casa» , presumo que foi indeferido , Era merda a mais num enterro . Haja decoro.

Anónimo disse...

Porcos... sabujos.

Anónimo disse...

8 de julho de 2015 às 14:27

Quem o Eduardo Barroso? Funcionário da Octapharma?

«Oh , isto ainda agora começou» disse...


Afinal , parece que o recurso não era para ir ao funeral , era mesmo a pedir foro especial para o 44 . Já lhes perdi a conta , quantas negas já levou o «preso político» ?

« O TRL indeferiu um recurso de José Sócrates . O Ex PM entendia que o STJ era o tribunal competente para praticar os actos num inquérito contra um ex primeiro Ministro . Mas os juízes desembargadores da 3ª Secção entenderam que que o tribunal competente é o TCIC e que o Juiz Carlos Alexandre é que tem competência para agir nesta fase de inquérito. Para os desembargadores J.L. e N.C. José Sócrates já não era Primeiro Ministro quando o inquérito começou , pelo que não tem direito a foro especial . Os Juízes entenderam ainda que o Juiz Carlos Alexandre não fundamentou a prisão preventiva no despacho de 24 de Fevereiro mas consideraram que a irregularidade ficou sanada , quando a nove de Março confirmou a prisão preventiva e a fundamentou . A decisão foi unânime e não admite recurso para o STJ. »

( Fonte TVI , jornal Nacional das 13h )

Anónimo disse...

As bolsas chinas estão a cair ... de quem será a culpa???

Anónimo disse...

Como a China não é capitalista, não deve haver problema. Lá não há exploração do homem pelo homem. A riqueza é distribuída por toda a população e são todos iguais.
Perguntem ao Jerónimo e aos Louçãs.
De certeza que os chineses não vão ter que fazer sacrifícios. Há outros caminhos, como diz o Costa Concórdia.

Anónimo disse...

Bolsa da China a cair: culpa do Sócrates...

A quadrilha das bancarrotas disse...

O Sócrates não precisa de mais culpas. Já tem o bornal cheio, tantos os crimes que cometeu contra Portugal e os portugueses.
Um psicopata empurrado para o poder por uma quadrilha que já causou 3 bancarrotas e esteve perto da 4ª, com o Guterres a fugir a tempo de alguém consertar os seus desvarios.
Neste momento, após ser público tantos crimes cometidos, só um doido ou um vigarista pode vir aqui fazer piadas de mau gosto.

Anónimo disse...

Porque é que a Bolsa da China está a cair? O meu vizinho da Loja do Chinês diz-me que o Passos Coelho ajudou muito os irmãos chineses. Será por isso que as bolsas do chinês estão mais vazias?

Anónimo disse...

Pergunto ao anónimo das 19:42

Em meados de 1983 quando o Governo do PS+PSD liderado por Mário Soares foi obrigado a pedir auxílio ao FMI quem Governou nos tempos imediatamente anteriores (de 3 Janeiro de 1980 a 9 de Junho de 1983)e deixou o país à beira da bancarrota?
Será que o anónimo sabe?
Acho que o Dr ABC pode dar uma ajudinha!...

Anónimo disse...

Maria Barroso ao Panteao...

Anónimo disse...

Lá de casa vai tudo para o Panteão. O gato, o piriquito, a empregada doméstica, etc. Até a enfermeira.

«O Geronte» disse...


Qual panteão , qual carapuça ?!?!? O panteão é para o povo , a gente ia lá agora misturar-se com fadistas e futebolistas?!!! Prós Jerónimos !!!!

Anónimo disse...

Uma pergunta.Já agora para aonde foi o Joao Vilaret...era bonito por-los juntos...

«Português endividado» disse...

Então faz-se um referendo aos gregos , o povo diz que não à austeridade e agora o Syriza «arregaça as calças» ? Aqui há gato....

Anónimo disse...

8 de julho de 2015 às 23:54

Dr. Carlos Alberto da Mota Pinto foi a muleta do Soares, Chefe do Rui Mateus, que ainda anda por aí, sabe-se lá onde...

Volta, Rui Mateus. Também és Charlie! disse...

Na Grécia, os jornalistas que apelaram ao sim no referendo do Syriza, estão a ser perseguidos. Estranha-se que as TV's portuguesas ainda não tenham notado, uma vez que lá têm umas esganiçadas diariamente a debitar desinformação para os telejornais.

Está na hora desta gente que se preocupa com a liberdade de imprensa e de expressão, se manifestar. Onde estão estes charlies?

http://www.dn.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=4331193

O Costa que é apoiante do Syriza nalguns dias da semana, lembra-se disto?

http://expresso.sapo.pt/sociedade/costa-apela-a-populacao-de-lisboa-para-fazer-um-minuto-de-silencio-as-17h=f905366

Anónimo disse...

Porcos... sabujos.

Zephyrus disse...

Preparem-se pois vamos ver uma campanha nunca antes vista para derrubar um Governo depois do 31 de Agosto, com o Público, DN, JN, RTP e meios de comunicação social do grupo Imprensa.

António Costa vai provavelmente vencer sem maioria absoluta e meses depois haverá eleições. Entretanto a situação dos juros da dívida vai degradar-se muito quando o PS subir ao poder e novas medidas de austeridade serão exigidas.

O PS prepara um novo PREC que envolve:

1) A subida geral dos impostos. Neste cenário teremos uma emigração daqueles que têm mais rendimentos ou de jovens com profissões bem remuneradas. Ou seja, fuga de capitais e fuga de cérebros.

2) Nessa subida geral dos impostos será mais tarde incluído um imposto sobre as heranças, ao qual os membros dos partidos saberão fugir, mas o povo ficará blindado.

3) Subirão também os impostos sobre o património, casas e terrenos, pois o povo é proprietário e como não há rendimentos para taxar, então taxe-se o património.

4) O PREC II envolverá a saída da zona euro, com um acordo secreto com os EUA pelo meio. Nesta fase o dinheiro de quem estiver bem informado vai voar para fora de Portugal, para depois de ser introduzido e desvalorizado o escudo comprarem activos a preço da chuva.

5) As negociatas com Angola, Brasil, China ou países árabes vão continuar ou até intensificar-se. Mas o povo não verá um cêntimo desse dinheiro.

6) O PREC II envolverá, depois da saída do euro, a nacionalização de grandes empresas ligadas ao sector energético, telecomunicações, banca ou transportes.

7) As grandes obras como o TGV ou o aeroporto não vão avançar ou mesmo que avancem ficarão paradas por longos períodos por falta de financiamento.

S.T. disse...


«Armando Vara detido para interrogatório»

« embrulha » disse...


http://observador.pt/2015/07/09/ministerio-publico-realiza-novas-buscas-em-escritorios/

«Chico da CUF» disse...


« IGNÓBIL!

Ignóbil e inqualificável esta perseguição ao elementos do Partido Socialista.
Temos mais um preso político e não um político preso! É incrível um acontecimento como este num país da Europa em que existe um Juiz que tem uma atitude completamente terceiro mundista.

Obviamente que só os incautos acreditam que este acto, desbragado, está profundamente ligada ás eleições que se avizinham. Não fosse o resultado das sondagens publicadas e nada disto acontecia.

O que mais faltava agora era colocaram mais este distinto político em Évora. Fazendo assim chacota de quem tanto se esforça, em excursões e visitas particulares por exemplo, para que a verdade venha ao de cima.

NÃO DUVIDEM! José Sócrates e Armando Vara voltarão e voltarão para tornar Portugal grande e de espinha direita para assim nos igualarem ao grande povo grego.

A justiça está assombrada e a economia desequilibrada por falta de subsídios e investimento público tendo por objectivo repor o bem estar a que estávamos habituados.

JÁ ME DÓI A BARRIGA … NÃO CONSIGO MAIS … QUEM QUISER QUE CONTINUE »

Anónimo disse...

A estratégia muito bem urdida está seguir o caminho e datas previstas:
- à porta das eleições prender elementos ligados ao PS para ajudar o PSD a continuar agarrado ao pote.
E daqui para diante mais pessoas conotadas com o PS serão chamadas ao processo.
Nada de extraordinário.
Mas afinal havia assim tantas provas irrefutáveis?
Ou ainda não há provas concludentes e andam, por esse país fora, a ver se as encontram?

«A verdade é como o azeite » disse...


lolololol...o bot da « sondagem com 3,5% de margem de erro » já aí está , desvairado . Grande exercício de ironia do Chico da Cuf , os meus parabéns . PS = partido de corruptos .

Ljer disse...

O Armando Vara coitado foi detido. Gente seria a ser perseguida por um Juiz corajoso.
Portugal está a dar ares de mudança

Ljer disse...

será que foi desta que o Armando Vara foi arrecadado ? me parece um sonhoooo......

Anónimo disse...

Todos ao Campo Piqueno.

Todos pela libertação do Camarada Vara.

Amanhã, pelas 21h30, há Toiros, no Campo Piqueno!

Anónimo disse...

Tony Chamuças a mostrar as suas garras.

http://www.jornaldenegocios.pt/economia/detalhe/antonio_costa_afasta_novas_ppp_e_admite_agravar_irs_de_rendimentos_mais_altos.html

Para desgravar a carga fiscal da classe média, o secretário-geral do PS admitiu então agravar a carga fiscal sobre os rendimentos mais elevados.

Anónimo disse...

Em Portugal, quem ganha mais do que 1.500 euros mensais, tem um rendimento ALTO.

Anónimo disse...

É o que dá fazer filhos na mulher dos outros..."eles comem tudo;eles comem tudo e não deixam nada"já cantava o outro camarada...a Vara traíu-o...:):):)

Anónimo disse...

Mais um tiro no crime organizado.
Abençoado Carlos Alexandre!
Vai acabar trucidado, porque o PSD e CDS são lixo, não têm coragem e urinam pelas pernas abaixo com medo da Máfia xuxa e do seu poderoso arsenal de Tv's e jornais. E a Camorra do Rato vai conseguir o que alcançou na pedofilia da Casa Pia. Mas, este homem merecia estar à frente de uma verdadeira operação Mãos Limpas.

Anónimo disse...

O vara foi sócio do sousa da independente e da Srª do Norte que fugiu à Justiça, para o Brasil. Tudo gente acima de qualquer suspeita...

O vara na CGD? Emprestimos duvidosos e por compadrio? Amantes e sexo? Promoções do "pessoal" amigo?

Fala-se de muita coisa mas só com investigação que obtêm provas...

« Não tenho intenção de visitar o preso 44 » disse...


« O melhor que este país tem , são os presos. »

( Isaltino Morais )

Anónimo disse...

ò anónimo 10 de julho de 2015 às 03:18

Que comentário tãooo inocente.

«O enlutado» disse...


Mário Soares entrevistado à saída do EP de Évora , dois dias depois de a mulher ter ido a enterrar .

Anónimo disse...


( Lista de alguns dos governantes que integraram o XIV , XVII e XVIII governos Constitucionais de Portugal )

José Sócrates
António Costa
Jaime Gama
Manuel Maria Carrilho
Augusto Santos Silva
José Lello
Jorge Coelho
Ferro Rodrigues
Fernando Gomes
Severiano Teixeira
Pina Moura
Paulo Pedroso
Capoulas dos Santos
Rui Pereira
Freitas do Amaral
Luis Amado
Campos e Cunha
Teixeira dos Santos
Silva Pereira
Luis Amado
Severiano Teixeira
Alberto Costa
Manuel Pinho
Jaime Silva
Mário Lino
Vieira da Silva
Correia de Campos
Lurdes Rodrigues
Mariano Gago
Isabel Pires de Lima
Augusto Santos Silva

Most Wanted disse...

Com essa lista, a PJ vai ter o trabalho facilitado. É só começar a engavetar os criminosos.

Anónimo disse...

Anónimo Most Wanted disse

não se esqueça do Povo que se considera inimputável, sempre de mão estendida, a lutar pena "cunha" para tudo. Desde o jeitinho nas repartições, nas juntas até às Insolvência Dolosas, às simulações de furtos, burlas, etc, etc....

« A minha circunstância » disse...


Em decurso : buscas na caixa de previdência dos funcionários do Estado , à rua dos sapateiros , em Lisboa.

Ai Costa, Costa : a vida , Costa !!!!! disse...


O Capoulas dos Santos , também lá esteve hoje com o geronte , a visitar o político preso .

« Ai Costa , Costa : a vida , Costa !!!! » disse...


Para o Most Wanted : facilitaria a confrontação com a lista de visitantes ao EP de Évora ?

« Ai Costa , Costa , a vida , Costa !!! » disse...


http://www.cmjornal.xl.pt/nacional/detalhe/mario_soares_visita_jose_socrates.html

Anónimo disse...


Uma hora e meia de conferência dá para concertar os últimos factos da actualidade judicial , com uma putativa candidatura a Belém ?

Anónimo disse...

Mas afinal, o E. Barroso é funcionário ou não da Octapharma?

«Chamem aí a Catarina Martins e a Mariana Mortágua» disse...


« O pior, o mais humilhante e mais insuportável, é um acordo de rendição, de pilhagem e de subordinação de um povo e de um país » . Afirmou hoje Panayotis Lafazanis, o ministro da Energia do Governo do Syriza, sobre o Acordo hoje em cima da mesa.

«Extensão procedimental» disse...


Nunca mais volta a Troika . Que saudades que eu tenho da Troika Pinto , Cândida & Noronha.

Zephyrus disse...

http://expresso.sapo.pt/politica/2015-07-10-Sondagem-maioria-diz-que-Socrates-e-preso-politico-e-que-o-PS-pode-ser-prejudicado

«Ai Costa, Costa , a vida , Costa !!!» disse...


« Quando questionado sobre a posição de Armando Vara, Vera Jardim admitiu que se trata de uma situação que “não é agradável para o PS”, tal como não é “agradável para o PSD ter um ex-líder da bancada parlamentar detido”, referindo-se a Duarte Lima.

Já José Lello, questionado pelo Observador, preferiu “não fazer considerações”, mas revelou achar “estranho” o argumento de “perigo de fuga”, já que Armando Vara se tem mantido no país depois do caso Face Oculta, em que foi condenado a cinco anos de prisão efetiva, não tendo cumprido a pena até à data.»

Amnésia disse...

Lello tem razão. Os criminosos com o cartão da Camorra do Rato normalmente não precisam de fugir. Estão acima da lei.

http://expresso.sapo.pt/actualidade/jose-lello-omitiu-conta-de-8364658-mil-ao-tribunal-constitucional=f701931

«Geronte de luto e muito preocupado» disse...


O desconhecimento da Lei , escusa os políticos do PS . Só esses , que os outros não . Os outros, até por não pagarem os descontos a que não estão obrigados , merecem a crucificação ou a imersão num balde de pez , açoitamento público , a metralha no muro .

«Extensão Procedimental» disse...


Estes gajos do CDS+PSD é que trouxeram a corrupção . Nos tempos da Cândida é que era bom .

Anónimo disse...

Isto está perigoso.
O Sócretino na cadeia. O Vara com coleira. A Lurdes condenada. O Penedos condenado.
Ou antecipam as eleições ou a 'Ndrangheta do Soares não chega a Outubro.
O velho gangster passa os dias a caminho de Évora para evitar que o Piolhoso abra a boca.
Enquanto isso, as televisões e jornais desesperam porque nem toda a desinformação e manipulação em que se especializaram, é suficiente para levar o Ghandulo a descolar nas sondagens.
"Há outros caminhos...", diz o aldrabão do indiano, exigindo do governo português que siga o guião do Syriza. Pois há. Levam à miséria que se vê na Grécia.
Depois de lançar o país no caos, os Syrizas acabam implorando por um plano de austeridade.
O Costa nem pia.

Sem o cargo de PR nas mãos, torna-se difícil fazer golpes de Estado.

Anónimo disse...

também ainda tenho esperança ver o outro empresário de sucesso "o democrata Relvas" arrecado e a devolver tudo o que sacou com as viagens fantasmas da Assembleia da Republica

Anónimo disse...


Para o anónimo das 04:25 :

Querias que «democratas» a sério , «empresários de sucesso» , e «licenciados had hoc» , fossem apenas os do PS ? Ou há moralidade , ou comem todos ...

Anónimo disse...


Ah...e não fales em viagens , porque desde que vi um PR de Portugal nas Seychelles em visita oficial montado em cima de uma tartaruga ( o que é que um PR Português - e respectiva comitiva - vão fazer às Seychelles em representação do Estado ? ) ...

Anónimo disse...

li algures que o velhote tem de ir visitar com frequência O sousa 44 porque tem receio que ele dê à língua. Não sei se é verdade mas tudo é possível...

Anónimo disse...

As viagens fantasma revelam apenas o "espírito de Abril".
Toda a tralha que Salazar escorraçou para defender o país, regressou e sentou-se à manjedoura do OE.
De resto, o Relvas ganhou quanto com as viagens?
Ridículo quando comparado com os milhões que a maralha do Rato e alguns compinchas do PSD/ CDS embolsaram.
Do que não há margem para dúvida é que os governos PS são apenas quadrilhas de gatunos a sacar avidamente o que é ganho com o suor dos portugueses.
Bandos de criminosos que nem pingo de vergonha têm na cara por terem um ex-chefe de quadrilha na cadeia e outro que se safou como sabemos.
E o Guterres deixa-me muitas dúvidas. A aprovação do alargamento da UE devia ser investigada. Deve haver por aí, nas Caimão, alguma razão para o "sim" gutérrico.
O Costa Concórdia foi o nº 2 do Malfeitor que está em Évora. Devia pedir perdão aos portugueses e enterrar a tromba na areia.

Anónimo disse...

Como aprecio os resultados das suas diligências e o facto de não deixar esquecer desmandos pretendo dar um contributo para adensar a trama socrática:
Em Montargil existe (existiu) um empreendimento turístico onde na inauguração compareceu o casal Pinto de Sousa&Diogo In... ; qual seria a participação económica do dito engenheiro Pinto neste evento empreendedor? Constou-me que terá detido, de facto, quota, mas pode ser erro da minha fonte...

«Tyrastmos Voltamapoulos» disse...


https://oinsurgente.files.wordpress.com/2015/07/tsipras.jpg?w=584

Anónimo disse...

http://www.dn.pt/especiais/interior.aspx?content_id=1730994&especial=WikiLeaks&seccao=MUNDO

UI! Que Leaks!
Alguém pode investigar isto? É que se o Gebuza se lambuzou com dinheiro, do lado de cá não se lambuzaram menos.
Foi um dos maiores gatunos da História de Portugal a meter a mão no negócio.
2010...do you know what I mean?

Anónimo disse...

E o Soares levou a enfermeira a Èvora, ao Fialho, ou não?

Anónimo disse...

Uma sondagem do Expresso do Nicolau Batista da Silva, feita dentro da sede do PS no Rato, dá uma maioria dos portugueses como acreditando que o criminoso 44 é alvo de perseguição política.
Vale tudo para esta corja que se passa por jornalistas, mas que vivem do soldo da Camorra.
Camorra essa que reforçou a posição do lobby panasca dentro das listas para as próximas eleições.
O pasquim socialista "i", lá vai levando a água ao mesmo moinho, colocando na capa notícias de panasquices.
Nem o pasquim pseudo direitista "Observador" foge à moléstia.
Vivemos numa sociedade doente e decadente em que uma pequeníssima minoria dita lei.

«Ai Costa , Costa , a vida Costa !!!» disse...


«La mer à la montagne et lá montagne à la mer » : os gregos queriam o melhor dos dois mundos e o Tóni Goês , alinhou desde a primeira hora com o Syriza . Já estava a «fazer-se» a mais um bailout , eram favinhas contadas , dinheiro a rodos para mais um consulado socialista .

«Ai Costa , Costa , a vida , Costa !!! » disse...


«La mer à la montagne et la montagne à la mer » : os gregos queriam o melhor dos dois mundos e o Tóni Goês , alinhou desde a primeira hora com o Syriza . Já estava a «fazer-se» a mais um bailout , eram favinhas contadas , dinheiro a rodos para mais um consulado socialista .

Anónimo disse...

Afinal, o E. Barroso recebe algum da Octapharma ou não?

Anónimo disse...

O Dr ABC ainda não disse nada acerca do "saneamento" do Augusto Santos Siva pela TVI, pois não? E logo o Dr ABC paladino da liberdade de expressão.
O que se passa Dr?
Será que por mudarem as moscas o Dr também muda?
Quem o leu ontem e quem o lê hoje!... mas que credibilidade.

Anónimo disse...

A credibilidade do Dr. Costa não é nenhuma, nem na Madeira. Parece que os negócios do Grupo turístico madeirense estão acima de tudo.

http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=781576

Bernardo Trindade foi anunciado pelo secretário-geral do PS, António Costa, na noite de sexta-feira e à revelia da estrutura regional do partido, como sendo o cabeça de lista pelo círculo eleitoral da Madeira às eleições legislativas nacionais.
O anúncio desta decisão sem que os órgãos internos do PS-M tivessem sido eleitos caiu mal na estrutura regional ao ponto do presidente dos socialistas madeirenses ter declaro que não aceitava imposições de Lisboa.

Anónimo disse...

12 de julho de 2015 às 15:00

Camarada, diga lá, o Eduardo Barroso aufere ou não alguma coisa por causa dos transplantes suíços?

Anónimo disse...

«A família socialista está unida em torno das posições defendidas pelo presidente Hollande, e hoje, aqui, mais uma vez, o vice-chanceler [alemão] Sigmar Gabriel reafirmou a posição de concordância», no sentido de «garantir que não há uma saída da Grécia [da zona euro] e que há um acordo que seja um acordo credível, durável e definitivo».

http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=781581

Anónimo disse...

Tony Chamuças igual a si próprio, arrisca-se a ser o Varoufakis tuga. Um dia, a favor do Syriza. Outro dia, a bajular as mãos dos alemães do SPD.

Anónimo disse...

Será que Marco Costa e/ou o Menezes de Gaia vão ser presos antes das eleições?
É a pergunta que vale milhões.

Eu respondo: claro que não serão presos.

« Ai Costa , Costa , a vida , Costa !!! » disse...


« O ex-secretário de Estado do Turismo nos XVII e XVIII governos de José Sócrates, Bernardo Trindade, abdicou da sua candidatura pelo círculo eleitoral da Madeira nas próximas eleições para a Assembleia da República, confirmou o secretário-geral do PS-M, Jaime Leandro. Bernardo Trindade tinha sido anunciado pelo secretário-geral do PS, António Costa, na noite de sexta-feira e à revelia da estrutura regional do partido, como sendo o cabeça de lista pelo círculo eleitoral da Madeira às eleições legislativas nacionais»

« Anton Sieg Tzag Tschamussen » disse...


« O secretário-geral do PS disse domingo, em Bruxelas, que há "um grande alinhamento" entre os socialistas europeus, incluindo o vice-chanceler alemão, em torno das ideias do Presidente francês, que espera que permitam alcançar hoje um acordo sobre a Grécia.» RTP, 12-07-15

Anónimo disse...

12 de julho de 2015 às 16:46

Camarada, afinal o Eduardo Barroso faz parte do payroll da Octapharma, em Portugal, ou na Suíça, ou não? A gente não diz nada. Fica só aqui para nós. Quanto ao Paulo Campos, talvez se safe, até Outubro. O pai Campos tem andado numa azáfama junto do Soba Soares, coitado, a idade é fudid...

Anónimo disse...


Lol, Tsipras vai pedir novo referendo , desta vez a pedir pelo sim pela austeridade e SIM para as novas condições propostas pela UE . O Toni Chamuças , a Mariana Mortágua e o Nódoas vão participar activamente na campanha ...

Anónimo disse...

O Jerome só é favorável à austeridade cubana ou norte coreana. A austeridade europeia mata.

Anónimo disse...


Um ex-arguido que teve o carro apreendido durante algum tempo, recusa-se agora a pagar uma fatura de limpeza de vidros de 5000€ do tempo em que o carro andou a ser utilizado por Miguel Relvas

http://www.rtp.pt/noticias/pais/ex-arguido-recusa-pagar-despesas-de-carro-apreendido-e-usado-pelo-governo_v581320

Anónimo disse...


Já temos aí um Macarthista do rato , vamos ter um verão quente....
Eu bem sei que vai ser um lufa-lufa para equilibrarem os ( maus ) exemplos , mas com fotocópias ???? ( ai facturas* , facturas é que é!!! ) : facturas de limpezas de vidros de carros do relvas ???? Vá lá , façam um esforço...

Anónimo disse...

Tsypras, Avé.

Tsypras e Sócrates unidos, vencerão os malvados conservadores.

Anónimo disse...

Há outros caminhos! A austeridade é um capricho do governo!
O governo português devia seguir o exemplo do Syriza!

Adivinhe o autor destas frases inflamadas.

A- Popeye

B- Pateta

C- João Bafo de Onça

D- Toino Costa

Anónimo disse...

Nenhum jornaleiro pergunta ao Costa porque, se havia outros caminhos, assinaram este memorando.
A imprensa neste país, é um braço do PS.
O que se vê diariamente na tv, nos informativos, é uma vergonha para qualquer criatura que tenha carteira de jornalista. Aquilo é tudo menos jornalismo. Pura propaganda política descarada e desavergonhada em favor do partido das 3 bancarrotas.
Quem assiste aos telejornais da RTP, a estação que só é pública quando se trata de financiar a empresa e é claramente socialista na prática,percebe a doideira que por ali vai a tentar impingir o Costa.
Fingem estar condoídos com os gregos, mas na verdade apenas estão a promover o Syriza e os interesses políticos de uma certa esquerda utópica e irresponsável.
Se a Grécia fosse governada por um partido de direita, toda a piedade e comiseração desapareceriam rapidamente e dariam lugar a uma retórica condenatória e dura.
Quem não os conheça, que os compre!

«Ai a vida Costa , a vida , Costa !!! » disse...


O Tóni chamuças coitado , ainda apanha a síndrome de Estocolmo .

Anónimo disse...

https://dosdoisladosdasgrades.wordpress.com/2015/06/13/o-labirinto-obscuro-do-espirito-da-corte/

Porque será que o partido socialista controla o sistema prisional?
Porque será que após tantas denuncias, a hierarquia do judicial continua a fazer orelhas moucas e a chamar parvos aos portugueses que lhe paga as mordomias?
Porque será que nenhum jornal ou tv faz manchete com os privilégios que são concedidos ao prisioneiro 44?
Porque será que o TC não se pronuncia com tamanhas desigualdades entre cidadãos com cartão do PS e cidadãos sem cartão dessa organização sinistra?

É ler e pasmar como o PS conseguiu instalar na prisão de Évora um protectorado onde o seu ex-capo vive como num hotel e nenhuma lei ou regra se lhe aplica. Tudo em contraste com os restantes internados no estabelecimento.
Próprio de uma certa América Latina chavista.
A imprensa, submetida ao poder insidioso do PS, censura e censura-se.
Um nojo!

Anónimo disse...

A propósito, o Soares foi outra vez ao Fialho (que é como quem diz a Évora)?

« Ai Costa , Costa : a vida ; Costa !!!! » disse...



"se nós conseguíssemos negociar com êxito um acordo melhor, isso liquidá-los-ia politicamente: teriam de explicar ao seu próprio povo por que não negociaram como nós fizemos". Varoufakis

Anónimo disse...

"...Vitória do Syriza é um sinal de mudança que dá força para seguir a mesma linha..."

"...Este é mais um sinal da mudança da orientação política que está em curso na Europa, o esgotamento das políticas de austeridade..."

António Costa, sim, o Secretário-Geral do PS
4ª Republica

Anónimo disse...

http://elitedaily.com/news/world/woman-marrying-tree-best-sex/977768/

À atenção de Isabel Moreira, Fernanda Câncio, do PS e do BE.
A legislação portuguesa é omissa e há que proteger os direitos das minorias. Não pode haver discriminação.

Anónimo disse...

Eh pá, por ande passam é só saquear.

http://www.jn.pt/PaginaInicial/Justica/Interior.aspx?content_id=4679955

Um gestor do Grupo Lena foi detido, esta terça-feira, pela Polícia Judiciária, suspeito de estar envolvido numa fraude de 15 milhões de euros a fundos comunitários, numa operação onde foi também detido um empresário espanhol, soube o JN.

http://www.jn.pt/PaginaInicial/Justica/Interior.aspx?content_id=4679632

Em comunicado, a PJ esclarece que "a investigação centra-se na atividade desenvolvida através de empresas portuguesas e espanholas, que obtiveram, de forma fraudulenta, subsídios de elevados montantes".

Os detidos têm 50 e 54 anos e serão presentes a tribunal para interrogatório.

Segundo a PJ, os p

Anónimo disse...

Prof. Balbino Caldeira,

Os controladores socialistas do DPP, ficarão com o rabinho a dar, a dar, a dar....

http://www.publico.pt/politica/noticia/medina-uma-das-apostas-do-ps-de-antonio-costa-e-o-novo-comentador-da-tvi24-1702002

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa Fernando Medina é o novo comentador regular da TVI24 para os assuntos políticos. O socialista iniciará em Setembro um espaço de opinião semanal, informou a estação de Queluz em comunicado.

Anónimo disse...

A Esquerdalha europeia aos ziguezagues.

http://www.noticiasaominuto.com/politica/421195/podemos-volta-atras-na-ideia-da-reestruturacao-da-divida-publica

'Podemos' volta atrás na ideia da reestruturação da dívida pública

As novas ideias do 'Podemos' surgem num momento em que, em Espanha, são mais frequentes as comparações entre Espanha e Grécia e entre as medidas propostas pelo 'Podemos' e pelos gregos do Syriza.

Ainda sobre a situação grega, Álvarez também admitiu que o acordo entre a Grécia e o Eurogrupo é "viável do ponto de vista técnico e económico" e "permite uma estabilidade económica a três anos", bem como reestruturação da divida grega e um plano de investimentos.

Anónimo disse...

O monhé traidor a Portugal.

http://www.jn.pt/PaginaInicial/Nacional/Interior.aspx?content_id=4680665

Costa acredita que expulsão de Atenas do euro ditaria provável saída de Portugal

Anónimo disse...

Chamuças, falso como Judas Iscariote.

http://www.jn.pt/PaginaInicial/Nacional/Interior.aspx?content_id=4680665

Numa nota de demarcação face ao executivo do Syriza, Costa referiu que a estratégia do Governo grego "deu o resultado que deu", mas que a do PS "é diferente, porque não assenta numa lógica de confrontação, tendo antes como base uma lógica de alianças para o reforço da zona euro".

Anónimo disse...

"Costa acredita que expulsão de Atenas do euro ditaria provável saída de Portugal"

O homem é estúpido. E pensa que os outros são estúpidos.
Quer colar a Grécia a Portugal. Coisa que não tem qualquer suporte na realidade. A menos que o partido dele seja eleito, uma vez que foi ele próprio quem afirmou que o governo português devia seguir o Syriza.
Este aldrabão é uma construção da comunicação social. Sem as manipulações e desinformações, estaria completamente desacreditado.
De manhã à noite levamos com as declarações deste trafulha. As TV's matraqueiam com o PS numa campanha furiosa para os levar ao poder e abafar todos os crimes que estão a ser investigados.

Anónimo disse...


Qual será o discurso do Tóni Goês , quando os Gregos na próxima semana , começarem a emitir os novos drachmas ?

Anónimo disse...

https://www.youtube.com/watch?v=G99Xyj-EVvo