quinta-feira, 3 de julho de 2014

Lendas e narrativas

José Sócrates prepara a sua lenda para a candidatura à presidência da República. Brevemente, numa revista social perto de si.

48 comentários:

Anónimo disse...

http://expresso.sapo.pt/o-jose-socrates-da-banca-e-a-estranha-alianca-que-o-tem-apoiado=f878128

O "Não!" de Maria Luís Albuquerque, Pedro Passos Coelho e Carlos Costa ao pedido feito pelo banqueiro que foi "Dono Disto Tudo" para obter um financiamento através da CGD e do BCP é bem maior que um simples não. É mais um sinal de que o País está a mudar. Mas há muita gente que ainda não percebeu. Têm medo do futuro. Para evitar as mudanças, estão conjugados numa estranha aliança - uma aliança transversal, que vai de figuras da democracia-cristã até ao Bloco de Esquerda. E que, sem o saber, é a melhor aliada dos banqueiros que atiraram o país para a pré-falência.

Anónimo disse...

Vamos ver quem são os editores da tal revista, de onde vem o dinheiro, e se as pessoas decentes se coibem de lhe tocar a não ser para a mandar para a sarjeta.

floribundus disse...

'Hannibal ad portas!'
ainda se dizia no tempo de Juvenal

Anónimo disse...

Perto destes vigaristas da quadrilha do socialismo corrupto,o Alves dos Reis era um benemérito.

Anónimo disse...

Lixo sobre Lixo ...

Anónimo disse...

Qual é a revista?? Quero saber tudo sobre este happening!

Anónimo disse...

Será que o Sócrates vai aparecer na Men's Health? Ou antes, aparecerá na Bravo?

Anónimo disse...

chiliques

Anónimo disse...

Rui Tovar, um jornalista competente e bom profissional, foi um dos saniados pelo comuna josé saramsago,quando no PREC esse comuna era director do Diário de Notícias, e saneou todos os jornalistas que não pensavam como ele.

Anónimo disse...

É por isso que os Jerónimos e Arménios falam em liberdade.

Anónimo disse...

Grande esquerda.

http://jornalismoassim.blogspot.pt/2014/06/oh-e-ainda-dizem-que-num-regime.html

Anónimo disse...

"O primeiro-ministro rejeitou este sábado a renegociação da dívida de Portugal, considerando que seria «um problema que o país não precisa de enfrentar»."

Mais uma vez falharam as profecias da maralha que se arrasta pela comunicação social a fazer fretes à esquerda da treta.

Anónimo disse...

http://educar.wordpress.com/2014/07/05/bento-e-benzido/

Anónimo disse...

O Dr ABC está em má forma.
Em outros tempos era tão célere a comentar e a criticar asperamente a "tomada" de bancos pelo poder político e agora está caladinho da silva com a situação no BES. Para mandar areia para os olhos o Dr ABC agarrou-se a esta treta de artigo que pouco ou nada interessa.
Será que o DR ABC está mesmo em baixa de forma ou o seu partido deu-lhe mais um muro no estomago?
Já da licenciatura do Sócrates o Dr ABC começou por fazer uma "novela" e acabou num livro. Com o curso do Doutor Relvas fez apenas cócegas.
Por que será?
Alguém sabe?

Anónimo disse...

Queres material sobre o BES?
Toma,vígaro:

http://portadaloja.blogspot.pt/2014/07/as-mesmas-cores-e-clima-do-bes.html

http://portadaloja.blogspot.pt/2014/07/o-bes-e-os-amigos-das-ocasioes.html

http://www.tvi24.iol.pt/geral/pensoes-bes-pec-be-governo-agencia-financeira/1240382-5238.html

http://apodrecetuga.blogspot.pt/2014/05/henrique-neto-do-ps-afirma-que-socrates.html#.U7lbSrfQfoY

http://www.noticiasaominuto.com/economia/232474/manuel-pinho-negoceia-reforma-de-3-5-milhoes-do-bes

Anónimo disse...

"O novo primeiro-ministro Manuel Valls anunciou hoje os detalhes das poupanças de 50 mil milhões de euros que tenciona realizar na despesa pública, entre as quais se encontra o congelamento das pensões e das prestações sociais."

http://economico.sapo.pt/noticias/franca-anuncia-congelamento-das-pensoes_191389.html

Aguarda-se a forte reacção do socialismo português perante estas medidas contra os pobres pensionistas franceses.

Anónimo disse...

Congelamento das pensões e das prestações sociais ou cortes nas pensões e cortes cegos nas prestações sociais? Por cá foram cortes e mais cortes...

Anónimo disse...

É preciso relembrar ao socialismo tuga que foi SÓCRATES que negociou o MEMORANDUM com a TROIKA.

Foi Sócrates que iniciou os CORTES na Função Pública e nas pensões.

Esta gente socialista, que quer viver à custa dos outros, quer apagar a memória. Cá estaremos sempre atentos e activos.

Anónimo disse...

Sim, o tal memorandum que o Passos disse ser o seu programa e mais tarde afirmou que queria ir além da troika.
Essa memória está fraca, ou melhor esquece o que não interessa.

Anónimo disse...

Mas, o Passos assume a co-paternidade do Memorandum.

O Socialismo é que passa a vida a não querer os cortes e o FMInha, mas foi o Socialismo que chamou pela FMInha e pela Tróika.

Como diz o Ulrich, AGUENTEM.

Como são frouxos, aguentam. Ou então, perdem os Iphones, como o Edil Narciso, que fez a rábula do roubo do Iphone, para sacar um Iphone novo duma associação. Isto é o socialismo, viver à custa dos outros.

Anónimo disse...

O que está fraco não é a memória, é a inteligência.
A paternidade do Memorando é toda do socialismo corrupto.Óbvio que este governo tem que o seguir e não há outro caminho,a menos que o PS apresente outra entidade que banque a dívida com juros mais baixos.
Ir além do Memorando é para rir.O país continua a gerar défices e a acumular juros.O problema continua a ser empurrado para o futuro.
Só mesmo quem vive na Lua acredita que uma bancarrota se resolve com os truques de prestidigitação dos aldrabões do PS e do comunismo.

O mais importante não é a paternidade do Memorando,é a paternidade da bancarrota.Aí,não há discussão,pois não,sr xuxa?

Anónimo disse...

Isto devia ser esfregado nas ventas dos Jerónimos e dos srs srs Alegre e Soares que faziam parte da mesma pandilha,quando estes vigaristas falam de democracia e liberdade.

http://www.youtube.com/watch?v=8VtXhnxWHC0

Anónimo disse...

Ir além do memorando foram 27 mil milhões de austeridade e apenas 9 mil milhões de baixa no défice.
Apenas os mais ricos ficaram a ganhar pois as suas fortunas subiram.
As PPS não foram tocadas.
As rendas pagas às energéticas ficaram pela rama.
Os "catrogas" arranjaram bons empregos e o povo viu o desemprego subir em flecha.
A contratação coletiva acabou.
Os desempregados de longa duração são às centenas e centenas de milhar e destes alguns centenas de milhar perderam direito ao subsídio de desemprego.
Os trabalhadores empobreceram e perderam direitos.
Os pensionistas viram as pensões baixar.
As reformas baixaram.
O povo empobreceu.
Houve o aumento colossal de impostos.
E, vitória das vitórias, a dívida pública subiu acima dos 132%.
Foi isto no que deu ir além da troika.

O memorando inicial apresentava este panorama?
NÃO. Foi a errada política de austeridade cega que nos conduziu a esta pobreza sem retorno...

Anónimo disse...

Além da Tróika? Cegos. Cegos até morrer. Sempre.

Portugal não gerou um superavit fiscal em 40 anos. Nem um ano, o estado português teve mais receitas do que despesas. Nem um!

Além da Tróika? Mesmo com os cortes do Sócrates e do Passos, Portugal continua a não ter um euro de receita acima da despesa.

Quem financia a coisa? Se o Estado gasta 100 e tem 90 de receita, quem vai aguantar o déficit crónico?

Diz o socialismo, "a dívida não é para se pagar".....é o que diz o Pai da BANCARROTA,Sócrates de Vilar de Mssada.

Anónimo disse...


O que conduziu à pobreza foi a austeridade?
Você é parvo?
Experimente na sua casa gastar acima do que ganha e quando começar a pagar a quem deve,venha dizer que foram os sacrifícios que fez para economizar que o levaram à pobreza.

Anónimo disse...

Se tiver uma divida para pagar e não criar riqueza, isto é não houver crescimento, terá muitas dificuldades em sequer pagar os juros dessa divida e nunca conseguirá pagar essa mesma divida. É dos livros.
Se em minha casa deixar de entrar qualquer rendimento nunca conseguirei para qualquer divida, mesmo que reduza as despesas a zero.

Anónimo disse...

http://www.publico.pt/local/noticia/restaurante-do-parque-eduardo-vii-foi-entregue-pela-camara-a-uma-empresa-sem-actividade-1661669

Restaurante do Parque Eduardo VII foi entregue pela câmara a uma empresa sem actividade

JOSÉ ANTÓNIO CEREJO 06/07/2014 - 09:57
Concessão daquele que veio a ser o restaurante Eleven foi ganha em 2001 por uma empresa que se registou nas Finanças na véspera do concurso. Empresa pertencia a dois filhos de um ex-ministro e ex-grão mestre da Maçonaria. Concorrentes preteridos eram dois grandes empresários de restauração.

Normal é o único qualificativo que não se pode aplicar à forma como decorreu o processo através do qual a Câmara de Lisboa concessionou o direito de construir o restaurante de luxo inaugurado em 2004 no Jardim do Alto do Parque Eduardo VII. Se o programa da hasta pública lançada em 1999 pelo executivo de João Soares tivesse sido respeitado, a empresa vencedora nem sequer teria sido admitida a concurso. Mas mesmo que preenchesse os requisitos para concorrer e tudo tivesse sido normal no procedimento, a sua proposta não teria ganho.

Anónimo disse...

http://www.publico.pt/local/noticia/restaurante-do-parque-eduardo-vii-foi-entregue-pela-camara-a-uma-empresa-sem-actividade-1661669

João Alberto Correia, o arquitecto que três dias antes da realização da hasta pública de 1999 fora nomeado gerente da EM Ldª, firma pertencente a dois dos seus irmãos, era filho de João Rosado Correia, antigo ministro socialista e ex-Grão-mestre do Grande Oriente Lusitano, falecido em 2002.

O arquitecto, também ele destacado maçon, ocupou até Fevereiro deste ano o lugar de director-geral de Infra-estruturas e Equipamentos do Ministério da Administração Interna, nomeado pelo anterior governo, e encontra-se preso desde o início de Maio, por suspeitas de corrupção relacionadas com o cargo de que se demitiu há quatro meses.

Anónimo disse...

Felipe VI destaca en Lisboa el “inaceptable” drama del paro. El Pais.

Prontos, lá veio o rei chatear o pastel.

Anónimo disse...

É bem melhor do que o múmia do Cavaco.

Anónimo disse...

http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=715630

O dirigente socialista António Costa recebeu hoje, em Lisboa, o apoio de mais de 600 personalidades da área da cultura, com o empresário Luís Montez, genro do Presidente da República, Cavaco Silva, a defender que o autarca de Lisboa é um político da «Champions League».

Anónimo disse...

Será que Cavaco Silva apoia Costa, de Lisboa?

Anónimo disse...

parece-me q está a haver uma reviravolta a favor de antonio costa. oportunistas q apoiam oportunistas diz muito sobre este ps. faz lembrar os 93% da reeleição de sócrates como secretário geral. lá terei de ir votar de novo (no mal menor)

Anónimo disse...

O Dr. Costa foi o nº 2 do Sousa da Independente, por isso não é de ficarmos admirados com as seguintes notícias que a imprensa publicou: 1) Costa emprega 30 boys do PS na CML 2) Revisor Oficial de Contas tem dúvidas sobre mil milhões nas contas de 2013 da CML.
Palavras para quê? Parece ser um socratino na teoria e na prática

Anónimo disse...

http://www.ionline.pt/artigos/portugal/ps-guerra-civil-dos-socialistas-na-net-muito-mais-depravada-na-imprensa

Há um blogue anti-Costa, ao melhor estilo de campanha negra, produzido para ridicularizar o presidente da câmara de Lisboa. O blogue do governo Sócrates renasceu para apoiar Costa e desancar Seguro. No Facebook, os socialistas estão em modo "tasca"
João Soares, deputado e ex-presidente da câmara de Lisboa, diz que já mandou "à merda, em mensagem privada", pessoas que se serviram do seu mural no Facebook para o insultar - e a António José Seguro, de quem é um dos mais destacados apoiantes. João Tocha, um assessor de comunicação que trabalhou em várias campanhas socialistas e agora está em feroz defesa de Seguro contra António Costa, partilha todos os posts de um blogue anónimo chamado "Costa do Castelo", nascido para desancar o presidente da câmara de Lisboa, a quem chama "O Inércio". O título do post de sábado é "Inércio, o alcaide que oferece bimbis".

Anónimo disse...

Ó Dr ABC parece que o BES, recente banco "conquistado" pelo seu partido, o PSD, está a fraquejar.
Será que vamos ter uma nova versão do BPN, o ex-banco do seu partido, do PSD?
Não tem nada a dizer sobre o assunto?

Olhe, parece que o Manuel Godinho continua à solta. Tem aqui um tema muito importante para disfarçar.
Ou então, continue a saga da possível candidatura do Sócrates a PR tema muito relevante para os problemas do povo. Vá, desenvolva o assunto e faça um livro se necessário.

Anónimo disse...

O Sócrates diz que vai casar. Brevemente, numa banca de jornal, próximo de si.

Anónimo disse...

Caro xuxa,tem aqui um esclarecimento para a sua anedótica questão:

http://thecomedians.blogs.sapo.pt/bcp-vs-bes-888479

Anónimo disse...

O sócrates vai casar? Quem é o gajo?

Anónimo disse...

O Sócrates vai casar com uma que dizem que é mulher...

Anónimo disse...

É uma Trans.
Um macho operado em Marocos.

Anónimo disse...

Mais material para esfregar nas ventas do camarada Jerónimo sabotador:

http://historiamaximus.blogspot.pt/

Anónimo disse...

Apenas quero manifestar a estima que tenho pelo Dr. António Balbino Caldeira. Deixe que os "Socratistas" se manifestem quando voltarem ao poder! Há gente com memória curta...

Alfredo Poiares Cabral

Anónimo disse...

Agarra-me, senão vou-me a eles!

http://www.jornaldenegocios.pt/economia/politica/detalhe/rui_rio_admite_candidatura_ao_psd_ou_a_presidencia_se_existir_um_movimento_grande_a_pedir_lhe.html

Rui Rio admite candidatura ao PSD ou à Presidência se existir um "movimento grande" a pedir-lhe

Anónimo disse...

http://www.jornaldenegocios.pt/economia/politica/detalhe/rui_rio_admite_candidatura_ao_psd_ou_a_presidencia_se_existir_um_movimento_grande_a_pedir_lhe.html

Na entrevista à Rádio Renascença, o social-democrata voltou a defender uma "reforma profunda nas regras base do próprio regime".

"O regime está de tal ordem desacreditado, seja na vertente política seja por exemplo no sistema de justiça, que para mim é claro que se nós não introduzirmos reformas muito profundas no regime ele vai cada vez enfraquecendo mais", ficando mesmo "em perigo", sustentou.

Para o economista, devem ser introduzidas alterações no regime para o "vitalizar e para conseguir introduzir de novo um contrato de confiança entre a política e a sociedade".

"Há uma desconfiança da sociedade relativamente à política. Para se conquistar o poder dentro dos partidos é necessário fazer-se determinadas coisas para as quais as pessoas de maior valor não estão disponíveis", frisou.

No seu entender, as máquinas partidárias afastaram as pessoas "de referência" da política, sendo que actualmente já não há quem esteja disponível para "pagar cotas a militantes" ou levá-los em camionetas a votar para alcançar à liderança de um partido, como aconteceu ao longo dos últimos 40 anos.

Anónimo disse...

E o homem da justiça popular, o Dr ABC, anda calado acerca do novo banco do PSD?
Por que será?

Anónimo disse...

Entre o TO-ZERO e o COSTA-DO-CASTELO (ponta-de-lança do Socratismo)... Nem um, nem outro... Aragem uma 3.º VIA, senão o PS nas próximas eleições vai pelo esgoto a baixo ...

Anónimo disse...

Sócrates foi um mau governante, porque notoriamente impreparado, auto-convencido e mal intencionado. Passos Coelho é um péssimo governante, igualmente sem preparação, vaidoso e que age de má fé. Portanto, dentre os dois, venha e escolha o diabo. Nem um nem outro deveriam nunca desempenhar funções de 1º Ministro de Portugal, por manifesta inaptidão. Porém, a politica é isto: a promoção dos medíocres...