quarta-feira, 6 de novembro de 2013

A normalização da pedofilia

Veja-se a diferença entre a política laxista portuguesa, na legislação e na jurisprudência, no combate ao abuso sexual de crianças, nomeadamente a descida da idade de consentimento para os 14 anos nos casos de abuso homossexual de menores, e a restritiva política britânica nessa área, que inclui o Registo dos Abusadores Sexuais de crianças e a expulsão da profissão de professores que descarreguem ficheiros de pornografia infantil.

E, já agora, note-se o efeito da denúncia pública e da pressão popular que obrigou ao recuo da American Psychiatric Association (APA), em 31-10-2013, na reclassificação que havia feito no Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders, 5.ª edição (DSM-5), da pedofilia como «orientação sexual» em vez de «distúrbio» mental e parafilia. Essa reclassificação da APA culminou uma tendência subtil de normalização da pedofilia, inscrita numa vasta campanha de submissão da ciência à ideologia politicamente correta. A emenda posterior da APA não desculpa a gravidade da dita reclassificação.

Pouco a pouco, mas de forma consistente, os pedófilos vão conseguindo que a lei e a sua execução lhes reabilite a tara. Com mais gravidade ainda, os pedófilos procuram acoitar-se na homossexualidade para legitimarem a sua tara e os seus atos.

No nosso País, como se viu e sabe, como noutros, o combate à pedofilia não conta com o apoio do poder político, e das suas antenas no poder judicial, porque o abuso sexual de menores tende a ser desculpado como variante da orientação homossexual. E depois, por essa via imoral, se desculpam também os abusos sexuais heterossexuais. A permissividade face ao abuso sexual de menores é um dos temas mais gritantes de distanciamento entre o poder político e o povo.


Atualização: este poste foi emendado às 15:01 de 6-11-2013.

15 comentários:

SÓCRATIX disse...

Se o livro se chamasse "Sócratix entre os pulhíticus pedufilus" estava já no Top 1 das vendas !

MADUROS disse...

O Maduro de lá decretou que o Natal é em Novembro...o Maduro de cá decretou que quer ser Kumissário...

Anónimo disse...

A propósito, como estarão as crianças de Vila Franca do Campo?

Anónimo disse...

Pedofilia, um assunto sempre presente e que devia merecer de todos especial repulsa.

Um amigo meu, que sempre apoiou as ideias do Dr ABC, disse-me, muito triste, que não percebe a desistência do Dr Balbino pela educação. De facto, em tempos idos o Dr ABC não faltava um dia para atacar, forte e feio, as políticas educativas, principalmente a avaliação profissional e o pagamento às escolas privadas, seguida pelo anterior Governo. Não havia dia que aqui não aparecesse uma farpa. E agora que a TVI fez uma excelente reportagem acerca da "mama" que é, e será ainda maior no futuro, ser escola privada, em preterimento da escola pública. E o que diz o Dr ABC: cala-se, quando ontem movia montanhas e atacava, forte e feio, as politicas educativas do anterior governo.
Disse ao meu amigo: o DR ABC anda muito ocupado em basculhar a vida do Sócrates e tem tido dificuldades em saber a cor das suas cuecas o que o deixa muito preocupado.

Anónimo disse...

A cor das cuecas do Sócrates? Toda a gente sabe, são azul-bébé. Daí, não haverá mudança de regime, apesar de às vezes ficarem levemente manchadas. Se ele admitir mudar a cueca para amarelo pintarroxo, talvez o parceiro de Penamacor, seguro, o indique para ser nº1 do PS ao Parlamento Europeu.

Anónimo disse...

Bom texto, abordou bem o problema. Parabéns.
Esou de parcialmente de acordo com o comentario acerca da ausência de um texto sobre a "bronca" da organização do ensino básico e secundário, sobretudo.
este tipo de organização que permite a (mama)exploração à custa de dinheiros e recursos públicos vem sendo contruída desde há muito tempo.
Eu explico: O capital acumula, depois de acumular quer "esticar" - juros.
Precisa de ser investido e de preferência sem risco.
Vai daí onde vai ter? concessões estatais sem risco na edicação e na saúde.
Isto bem sendo realizado desde 1990Só repararam agora porque surge escandalo. As discussões sacanas entre público e privado escondem a maquilhagem da opinião publica par ao negócio surtir.
Anjinhos?!! Pois n
ão se deixem iludir nas entrelinhas das boas intenções e da ilusão de um mundo melhor do tipo - liberdade individual - é que comanda a vida. Eu pergunto onde fixa a Comunidade, sim a comunidade que deveria ser o Estado. O Estado é do vizinho? o Estado somos também nós e por isso devemos PONDERAR a liberdade individual ( muitas vezes mascarada de egoismo ) com as regras e normas para uma Comunidade se aguentar.
Aqui não há lorpas e espertos. aqui todos temos de estar vigilnates , como o autor do blog tantas vezes escreve para não os deixarmos enganar e conscientemente tomarmos as nossas decisões e quando erradas , mudamos.
eu já decidi que dificuilmente voto nestes partidos actuais por razões EVIDENTESma sdiferentes:
PS, PSD, CDS, aldravaram até mais não!!
PCP,porque o que defendem já morreu.
Os da extrema esquerda não vale a pena justificar.

Considero-me social democrata e acho que uma sociedade balizada por uma social democracia poderá ser justa para os seus cidadãos.

Anónimo disse...

Não gostei muito deste artigo. Está algo confuso.

Mas deixo aqui a minha opinião, enquanto médico.

Devo dizer que o que aqui escrevo baseia-se também em conhecimentos adquiridos noutras áreas além da Medicina, e no percurso de vida.

Pedofilia é uma patologia grave e o pedófilo, dotado da Razão, tem o poder de decidir entre pedir e procurar ajuda ou praticar o crime. Se escolhe a segunda via deve ser punido, mas também ajudado -e aqui reforço isto enquanto Cristão- para uma futura reintegração na sociedade. Contudo, deve ser «vigiado» por longos anos, ou para toda a sua vida.

A maturação intelectual nos rapazes só termina depois dos 18 anos e pessoalmente sou contra a maioridade aos 18. Deveria ser aos 21 anos. Experiências de cariz homossexual entre pares na adolescência com mútuo consentimento são comuns, mas o impacto de uma experiência homossexual entre um adulto e um adolescente, mesmo com mútuo consentimento, é enorme. As relações homossexuais só deveriam ser legais entre adultos e maiores de 18 anos. Permitir que sejam legais relações entre um adulto e um adolescente de 16 ou 17 anos é uma aberração, é um crime.

Quanto à homossexualidade.

Há uma confusão de conceitos.

Homossexualidade é um conceito recente que surgiu no século XIX, na Alemanha. O moderno movimento LGBT também nasceu lá. Não tem qualquer relação com a realidade, é um constructo moderno.

O gay lifestyle promovido pela comunicação social internacional e por Israel, e que nasceu nos EUA, juntamente com a agenda LGBT, também com raízes no Maio de 68, é outro constructo social aberrante.

Mas não poderemos misturar homossexualidade com pedofilia. São conceitos distintos. E a larga maioria dos actos pedófilos são de natureza heterossexual.

Anónimo disse...

E ao texto anterior acrescento.

Tive uma empregada doméstica cujo pai era de Joane, Vale do Ave. Um dia, estava a ver o programa do Goucha enquanto passava a ferro, e comentou com nojo a orientação sexual do apresentador. Depois acrescentou: «o meu pai contava que havia industriais que pagavam a rapazes pobres para sexo». Há por aí um blogue, chamado Braganzas, que falou em tempos do escândalo do Vale do Ave. Pelos vistos mete gente do PSD.

No Porto também se fala da Ribeira, que em tempos teria sido procurada por professores da UP, gente ligada ao PSD, industriais, nata da cidade, alguns terão saído do país quando se deu o escândalo da Casa Pia.

E os jornalistas, o que fazem?

Anónimo disse...

E há ainda os casos da Madeira e das traseiras do Hotel Eva no Algarve.

Portugal depois do 25 de Abril tornou-se procurado por estes canalhas mas consta que já antes vinham cá.

Repito, e os jornalistas, o que fazem?

Anónimo disse...

Anónimo das 16:05.
Gente próxima do PSD ligada à pedofilia? Tal como o Dr ABC tenho a certeza que não, pois esses terríveis defeitos são apenas possíveis a pessoas próximas do PS.

Anónimo disse...

«Gente próxima do PSD ligada à pedofilia? Tal como o Dr ABC tenho a certeza que não, pois esses terríveis defeitos são apenas possíveis a pessoas próximas do PS.»

No Porto falou-se muito tempo em dois homens que até estiveram num Governo PSD.

Anónimo disse...

O boato circulava entre professores pela Universidade do Porto, e dizia-se que tinham fugido para Bruxelas por causa do escândalo Casa Pia.

Anónimo disse...

E recuando no tempo, o blogue Braganzas Mother lança o nome de um homem do PSD dos tempos de Cavaco ligado ao Vale do Ave.

Anónimo disse...

Também conheço o caso de um sujeito que é pedófilo,só não sei se é do PSD,mas deve ser.
Tinha uma laranjeira no jardim.

Antonio Cristovao disse...

Vale a parodia e a falta(feliz) de qualquer censura.Parabens autor do blog. Umpouco mais a sério é perigoso brincar com assuntos sérios como sexualidades e jovens.Devem e merecem estar protegidos de taras que se formam normalmente mais tarde. A escola- vi hoje o rank das classificações e fiquei siderado(quando estudei o primeiro colegio privado aparecia no 18º e segundo no 33º) os intervininentes na escola publica deviam sentir vergonha dos resultados que apresentam : alem de ganharem mais terem mais direitos e protecção, conseguem ter muito pior resultado. Se forem sérios só podem sentir vergonha,sem mais mas...