terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Pronunciamento patriótico para um Congresso extraordinário do PSD



Neste 4 de dezembro de 2012, data do 32.º aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro, e num momento trágico da vida do País, divulgamos o seguinte Pronunciamento Patriótico a conjurar os militantes do PPD-PSD para a realização de um Congresso Extraordinário do PSD. A ordem de trabalhos proposta é clara:
  1. Avaliação da situação do País. 
  2. Destituição da Comissão Política Nacional (e do seu Presidente) do Partido e do seu Conselho Nacional.

Companheiros

Em 5-6-2011 os portugueses, com especial empenho dos militantes e simpatizantes do PPD/PSD, determinaram nas urnas uma solução governativa que se propunha inverter o processo de degradação económica, financeira e social, em que Portugal tinha sido arrastado para a bancarrota por treze anos e meio de políticas socialistas ruinosas. Parecia cumprido o sonho de Francisco Sá Carneiro: «uma maioria, um Governo, um Presidente». Dezassete meses passados, a desilusão é geral: o novo Governo não cortou com as políticas socialistas.

A situação do País é gravíssima:

  • O programa patriótico não foi realizado: nem auditoria geral das contas públicas herdadas do socialismo, nem responsabilização judicial dos prevaricadores, nem limpeza do Estado do pessoal político dirigente socialista, nem avaliação judicial dos contratos das parcerias público-privadas. 
  • As finanças do Estado não são reequilibradas. 
  • A economia deteriora-se: o investimento apaga-se, a falência de empresas aumenta, o desemprego não pára de crescer, o produto interno bruto regride e, enquanto os oligopólios (EDP, PT, Galp, etc.) e bancos são protegidos pelo Estado, as pequenas e médias empresas são sacrificadas com uma carga fiscal incomportável. 
  • As famílias perdem bem-estar: inúmeras caem na insolvência, muitas perdem a casa, outras são forçadas pela penúria a abandonar o País, quase todas perdem bem-estar e condições de educação e de saúde. 
  • As autarquias são penalizadas, mas não se eliminam organismos inúteis do Estado, nem subsídios a fundações parasitas. 
  • O Governo mantém a subserviência do País perante a Alemanha e a submissão dos contribuintes portugueses à política de capitalização de bancos europeus falidos. 

O povo está descontente com o Governo e com o Partido que o lidera; pela falta de combate à corrupção de Estado; pela austeridade iníqua, que castiga uns e poupa outros; pela reforma autárquica confusa e pela suspensão da reorganização do Estado; pela subjugação aos interesses estrangeiros; e pela incapacidade de travar a ruína do País.

Sem mudança na condução do Partido e do Estado, é de prever que o PSD sofra uma derrota irremediável nas eleições autárquicas do outono de 2013, que poderá pôr em causa a unidade e a subsistência do próprio Partido. Assim, por Portugal e pelo Partido, e de acordo com o art.º 14.º e 15.º dos Estatutos do Partido Social Democrata (http://www.psd.pt/archive/doc/Estatutos_aprovados_XXXIV_Congresso_-_versao_B_Acordo_Ortografico_2.pdf), solicitamos a realização de um Congresso Extraordinário do PSD, com a seguinte ordem de trabalhos:

  1. Avaliação da situação do País.
  2. Destituição da Comissão Política Nacional (e do seu Presidente) do Partido e do seu Conselho Nacional.

Se é militante do PSD e concorda com este pronunciamento patriótico clique nas imagens abaixo (pedido individual ou coletivo), guarde no seu computador e imprima o ficheiro, preencha e assine o pedido de convocação de um Congresso Extraordinário do PSD e envie por correio para o companheiro Hélder que está encarregado do secretariado desta iniciativa:
Hélder Marques de Sá
Rua Mestre Martins Correia, n.º 7, 1.º Dto.
2770-208 Paço de Arcos
email: sahelder@hotmail.com

Pedimos ainda aos militantes que adiram a esta iniciativa que descarreguem e imprimam o pedido coletivo do Congresso e recolham assinaturas de militantes regularmente inscritos no Partido, e ainda contactem outros militantes para alargar a recolha de assinaturas. Segundo o art.º 15.º dos Estatutos, precisamos de 2.500 assinaturas de militantes regularmente inscritos para a convocação do Congresso Extraordinário.

Quem queira esclarecimento sobre a iniciativa ou juntar o seu esforço a este pronunciamento patriótico pode fazê-lo com:
  • António Balbino Caldeira
    a.b.caldeira@gmail.com
Ou contactar algum elemento do grupo, que conheça. Estamos ainda disponíveis para realizar sessões de esclarecimento com militantes do Partido sobre este pedido de convocação de um Congresso Extraordinário do PSD.

A direção desta iniciativa cabe aos seguintes militantes:
  • António Manuel Balbino Caldeira
  • Rui Rodrigues 
  • Hélder Filipe Correia Marques de Sá 
  • Henrique de Jesus Teixeira de Sousa 
  • Alexandre Paulo Maria Vieira
  • Paulo Fernando Coelho Carvalho Pascoal
  • António Joaquim Magalhães Cardoso 
  • José António Borges da Rocha
  • João Paulo Pombo de Albuquerque
  • Emanuel José de Sousa Manzarra 
  • Paulo Ricardo Pereira Nogueira Henriques
  • Luís Filipe Henriques dos Santos
  • Ricardo Miguel Patrício Alpande
  • António de Jesus Albuquerque Pinheiro
  • Sandra Maria Castanheira Carvalho Veras
  • António Carlos Batista Parreira
  • Maria Josefina Santiago Centeno Cravo da Silva
  • José Herculano Monteiro Paulo
  • João Miguel Couto Francisco
  • Sandra Arminda João Seixas


Subscrição Colectiva


Linque para download do ficheiro PDF:
http://tinyurl.com/ckd3427


Subscrição Individual


Linque para download do ficheiro PDF:
http://tinyurl.com/bq87gyo


Texto do Pronunciamento Patriótico (em pdf)

Linque para download do texto:
https://docs.google.com/open?id=0B8tsiRFqw8C0WTdwcC1MSU5ybkE

105 comentários:

Anónimo disse...

Infelizmente, Sá Carneiro faleceu há 32 anos. Carlos da Mota Pinto faleceu também. Ficaram por cá, muitos herdeiros maus, como Francisco Balsemão, Cavaco Silva ou Santana Lopes.

Resta ao PPD/PSD o mesmo que aconteceu à Democracia Cristã Italiana, a sua extinção, e formação de um partido liberal e de vertente cristã, sem o lixo dos negócios e das camaras municipais.

Floribundus disse...

Caro Amigo
há muito que deixei de ser o militante 29, por discordâncias várias, mas principalmente por falta de saúde.

ir em frente é um dever.
força!

o socialismo soviético foi o maior assassino do séc XX

Anónimo disse...

Não sendo eu, militante ou simpatizante do PSD, registo a atitude da iniciativa, como muito corajosa e positiva.

Força e sucesso.

C. S.

Cunistorgis disse...

Agora o Governo quer que as ouriverias ou as farmácias coloquem câmaras de segurança. Mas o Governo sabe qual é a situação financeira deste negócios? Não sabe que os donos das farmácias ou das ourivesarias, fruto da crise, não têm vendas que permitam suportar mais uma despesa? Por que motivo, em situação de crise, o Governo não pára de exigir mais e mais obras e despesas aos pequenos negócios? Ele é planos de incêndios, informatização das vendas, chaminés assim e assado, etc. O resultado final é o aumento das falências, do desemprego e das desigualdades sociais. Será que algum deputado ou membro do Governo tem uma empresa de alarmes na sua família ou círculo de amigos que vai beneficiar com esta medida? Por que motivo os jornalistas não investigam estas coisas? Sinto-me enganado, afinal votei num Governo que mistura socialismo e fascismo, quando pensei que estava a votar em liberais e conservadores. Só vejo impostos, regras e mais regras, degradação dos costumes. Isto vai acabar mal.

Cunistorgis disse...

O único minisro decente e que defende os interesses da Nação e das PME's é Álvaro dos Santos Pereira. Tenho dito.

Cunistorgis disse...

E não acreditem no que a comunicação social diz sobre o turismo. O preço da electricidade e a carga fiscal estão a matar a hotelaria. Pela primeira vez há hóteis que encerram no Inverno, não só no Algarve, mas noutras zonas do país. Os turistas estão a ser desviados para outros destinos, e os pequenos e médios empresários do turismo sabem-no, mas o Governo ignora. É urgente que Portugal tenha uma carga fiscal na hotelaria, restauração e desporto (golfe e são só) mais baixa que a espanhola, grega, italiana ou francesa.

Anónimo disse...

Pronunciamento no PSD?
O PSD é um dos partidos do regime.Todos se financiam ilegalmente.Todos jogam com cartas viciadas.Todos são coniventes nas leis que defendem a corrupção.
O baronato que ficou milionário é sócio dos parentes xuxas.
Não acredito na regeneração do monstro.
Faz lembrar a história do Cravinho na JAE.

Anónimo disse...

Evidentemente, que o cancro PPD/PSD, está cheio de metastases, quer por via dos Senhores feudais das Camaras municipais, quer por via dos Jotas. Tem que ser esventrado. Não será esventrado por dentro. Começará por ser devastado nas próximas autárquicas. A culpa não é de Passos Coelho. Os concubinatos com os socialistas são de há longo tempo. Não foi o Sr. Aníbal que ajudou a derrubar o Sr. Flopes, através da "má moeda". Sá Carneiro, até nisso, esteve acima de todo o lixo laranja. Correu com Sousa Franco, Magalhães Mota, e outros, que logo caíam no socialismo. Depois, veio o Cavaquistão, até aos dias de hoje.

PPD/PSD, RIP.

Anónimo disse...

LOL

Anónimo disse...

A gorda com o seu ministro tinham convencido o 33rpm que os portugueses estavam ricos à custa do despesismo do PO, afinal enganaram-se, o PO só serviu os interesses da sua "família", rataria e alguns do PSD. O 33rpm já não consegue aguentar aquelas reuniões da Europa, chatas e cheias de gozo, do lado alemão.

O homem já bufa e começa a ver que afinal o Zé está pobre, sempre foi pobre. Como é possível?

A judiciária explica, pá!

Ai aguenta, aguenta!

Anónimo disse...

Caro António Balbino Caldeira,

Parabéns por esta atitude e que Deus lhe dê forças para levar à vante esta sua atitude corajosa e positiva.


Napoleão

Anónimo disse...

http://portadaloja.blogspot.pt/2012/12/para-grandes-males.html#links

Curioso como a Justiça alemã paga para saber destas coisas.
Por cá,até o nº da conta offshore do Sócrates foi entregue de bandeja à polícia e esta,horrorizada,fugiu dela como o Diabo da cruz.

Depois venham chamar nomes à sra Merckel.
Comparar um país onde as instituições do Estado são sérias com esta bandalheira onde chamam políticos a criminosos de delito comum,é brincadeira.

Anónimo disse...

Compartilhei com todos os meus amigos no facebook..não tive nem um comentário ..nem uma resposta ..sintomático ..
Aparentemente o pessoal não vai acordar tão cedo...
Veremos..

Caboclo

Anónimo disse...

Nas proximas Autarquicas, a Laranjada vai levar uma charutada monumental. Como os Senhoores Feudais das Camaras serao varridos, logo acordarao. Claro, ganhará o irmão-gémeo do Rato. Vira o disco e toca o mesmo. Depois, queixam-se da corrupção e da boa qualidade dos políticos.

Anónimo disse...

Portugal é um país do 1º mundo.

Portugal treats drugs as a health issue, not a criminal one

http://cnews.canoe.ca/CNEWS/Features/Talker/2012/11/30/20398801.html

Anónimo disse...

Tirando este trio de gémeos (PS/PSD/CDS),ficam os gémeos siameses do comunismo assassino e despótico (PCP e BE).
Estes últimos,geradores de miséria em todos os países onde vingaram,sempre pela força das armas.
É um cardápio que enoja.
Votar nisto,é demasiado horrível,um pesadelo.

Anónimo disse...

Finlândia junta-se ao grupo de países do euro em recessão económica


Olha, olha!

Pois é! Raízes eslavas, não é?!...


Ai aguenta, aguenta!

Manuel Ferreira disse...

Caros Companheiros
É verdade que o PSD nunca esteve tão mal servido. Isto só pode ter resultado da tomada de poder por "funcionários" do próprio Partido.
Há medidas de fundo que é necessário tomar para moralizar a vida política portuguesa. A primeira delas é acabar com o funanciamento público de Partidos e Sindicatos. Só assim eles vão procurar angariar novos militantes. Outra medida essencial é limitar o acesso dos funcionários públicos a deputados. Marcelo Caetano ensinou como isso se faz. Ele proibiu simplesmente que os funcionários públicos se pudessem candidatar a deputados da Assembleia Legislativa de Angola.
Saudações

Ljer disse...

Parabéns Prof Antonio Balbino Caldeira por esta iniciativa

Anónimo disse...

Sempre aqui tenho dito que a quadrilha Miguel Relvas não resolveria coisa nenhuma no país

Anónimo disse...

A quadrilha do Aníbal resolveu muito. Do Oliveira da pulseira eletrónica, ao cabo-verdeano Loureiro. Outros frutos verdejantes do Cavaquismo foram o Isaltino, o Valentão e o Lima do Brasil. Só gente laranja de grande reputação. Depois, sempre houve o Júdice, outro exemplo do sucesso laranja na vigarice sofisticada à mesa de grandes restaurantes. A quadrilha laranja não é melhor do que a quadrilha dos Ratos. Já agora, é preciso não esquecer que o PPD/PSD quando correu com os Sérvulos e Sousa Franco, ainda sabia o que fazia. Depois, é só bons negócios. Então nas camaras municipais, é um fartar vilanagem. Familias inteiras empregadas. Vejam lá o Caso Manso na Guarda?

Anónimo disse...

Caro Dr. ABC,
O seu texto e a iniciativa para um Congresso extraordinário já tem uns dias e acho "curioso" que a dita comunicação social não tenha divulgado. Isso quer dizer muito, mas mesmo muito.
Para mim, tomo este quadro de coisas comunicacionais como uma trampa que nos querem dar a comer.
Eu não como, ou seja não compro jormnais e desconfio sempre da treta dos telejornais e da treta comentadeira como vem dando conta o José da Porta da Loja.

Anónimo disse...

O bando de Abril exerce um forte controlo sobre a imprensa e as tv's.
Só sai a verdade oficial.
De momento estão entretidos a fazer retornar ao poder o gang xuxa.
Os telejornais não dão notícias,fazem propaganda política.
O PS domina a RTP e comprou a TVI.A SIC está a agir tácticamente a seu favor devido à questão da divisão do mercado publicitário.
Viu-se como demorou a chegar ao plano mediático a história do diploma falso do eng da treta.
E quando chegou,foi tratado com pinças e desvalorizado.
Desta vez,o turbo-curso do Relvas foi central.O lobby xuxa não brinca em serviço.
Os louros pelo domínio da comunicação devem ir para o Godfather Mario Corleone,como evidenciou o dr Rui Mateus.
Mas os partidos do regime,da eaquerda à direita,não servem Portugal.São o coito de traidores e vigaristas.
O tumor de Abril vai devorar o nosso país.

Anónimo disse...

Já perguntei ao pessoal do 31 da Armada o que pensam do assunto, fecharam-se em copas...

Anónimo disse...

E o que pensará desta iniciativa louvável, o Abrupto? O homem que acha que tem todo o bom senso do mundo. O homem que lavava os pés ao Aníbal e à Leite. O que dirá ele, desta iniciativa?

Anónimo disse...

Caros comentadores, já viram esta notícia?

http://sol.sapo.pt/inicio/Sociedade/Interior.aspx?content_id=64298


Napoleão

Anónimo disse...

Algo surpreendente.
Mas há que ler a notícia,o que não consegui.Só o título.
A imprensa deste país já nos habituou a letras garrafais na capa e zero substância no corpo da notícia,nas interiores.
À parte disso,não gosto de endeusar ninguém,nem fuzilá-lo ao primeiro sinal de fraqueza.
A ligação do Dr Medina ao capo Dom Mário,sempre me deixou cauteloso.
Mesmo que o título do jornal acerte no alvo,o que está para se ver,conhecido o sensacionalismo militante,as dissertações do dr Medina sobre a política portuguesa e o descontrolo do défice,não perdem valor nem acuidade.

Anónimo disse...

Medina Carreira investigado no caso Monte Branco
Hoje


O ex-ministro das Finanças, agora comentador económico, confirma a visita policial mas nega qualquer envolvimento: "Viram tudo e não encontraram nada. (...) Estou absolutamente tranquilo". Este é um dos temas em destaque na edição de hoje do DN.

Anónimo disse...

Isto teve outro objectivo,provávelmente.
O Medina fala muito e não agrada a alguns tubarões da vigarice,embora nuca pise os calos ao pai da corrupção e da gatunagem,o Godfather Marioni.

Anónimo disse...

Esta istória à volta da visita da polícia a cas do Dra. Medina é uma não história - uma banalidade.
Hoje de manhã na antena 1 explicou bem explicadinho o que aconteceu. Vai continuar a falar.

Anónimo disse...

Este ataque ao Patriota Henrique Medina Carreira, só pode ser fundamentado pela Maçonaria ou famílias afins.

Henrique Medina Carreira foi o único português a lutar durante vários anos, pela verdade, pela transparência, contra a opacidade das Lojas Maçónicas que são o PS, o PSD e o CDS.

Os 3 partidos do arco da governabilidade são associações de malfeitores. Naturalmente, farão tudo para mostrar ao pobre do Tuga, que é estúpido, que até o Patriota Henrique Medina Carreira está sujo.

Portugal é um sítio mal frequentado. Vai pagar muito caro e por décadas, pelo mal que faz até aos que lhe querem bem.

Portugal, Rest In Peace.

Anónimo disse...

Não esquecer duas coisas:

1. O Sol é dos angolanos, que é malta impoluta e completamente transparente.

2. O DN, do Komissário Marcelino, é do Oliveirinha falido, que prometeu vender os jornais e a TSF aos angolanos.

Ou seja, esta gente que joga lama para cima de gente que tem lutado para que Portugal continue vivo e mais limpo, quer mostrar que são todos como eles.

Anónimo disse...

E qual seria o papel do Capo di tutti capi neste enredo Carlucciano?

http://www.rtp.pt/antena1/index.php?t=Entrevista-a-Frederico-Duarte-Carvalho.rtp&article=5894&visual=11&tm=16&headline=13

M.Almeida disse...

Mas quererão os signatários dete pedido de Cngresso Extraordinário, dar hipótese ao partido socialista voltar ao poder? É lamentável ver como o Prof. Balbino Caldeira expôs o radicalismo das politicas socialistas em todos os aspectos, apresente agora esta proposta. Por uma vez , deixemos os votinhos, as eleições de lado e ponhamo-nos ao lado de quem teve a tarefa de retirar Portugal de um atoleiro que o partido socialista e algum PSD no passado colocou Portugal. Portugal ficou destruido como se por uma guerra tivesse passado. Ou nos unimos ou então rapidamente, os bandidos que destruiram Portugal lá estarão todos no poder. E depois daqui a um tempo, ABA estará a dizer muito indignado que estamos tão pobres quanto a Grécia. Ah pois é! É que o PS a subir ao poder é não cumprir nada e isso significa que nos vão arrastar nesta austeridade por anos e anos como fizeram os socialistas na Grécia. Por uma vez, unamo-nos e deixemo-nos de politiquisses. Já chega o Snr. Soares e a pandilha da esquerda. Sò uma pergunta aos signatários: achariamos que depois de nos terem destruido o País e estando nós sem dinheiro e sem ninguém para nos emprestar não iriamos atravessar um deserto bem longo? Fantasias.

Anónimo disse...

Muito bonito.
E o que pensar de um governo que não audita as contas do Estado e não responsabiliza os autores deste monumental assalto ao erário público?
Governam para os portugueses ou para interesses obscuros?
Se o governo for apeado,será por encobrir e defender corruptos,contra o interesse nacional.Por obrigar a população a pagar o que uma quadrilha de vigaristas de alto coturno roubou e não os querer confiscar nem prender.
A responsabilidade da sua queda não poderá ser assacada a quem exige uma operação "Mãos Limpas",a quem quer regenerar a nossa pátria caída.
O branqueamento dos crimes contra a nação,faz do governo PSD/CDS mais um tentáculo do polvo que diz combater.
Pessoalmente,não me interessa que o governo fique em funções apenas porque é do PSD.Interessa-me que respeite os interesses nacionais e que faça justiça.
Não pode haver impunidade nas cúpulas do poder político e judicial.
As sedes dos partidos não podem ser locais sagrados,a que a polícia não pode ter acesso para recolha de provas.
Ou exigimos o fim das quadrilhas do poder ou esta Albânia Ocidental não passará nunca de uma Sicília,com a diferença que lá,há quem combata a Cosa Nostra.Por cá ainda se está na fase de fingir que não existe.

Anónimo disse...

Oh M Almeida! Queres ficar neste poder para quê? Alguém que propoem o Congresso pede a volta do PS?
Tens vistas curtas. Agarras-te ^`a religião psd.
Não há ninguém que não saiba o que se passou e porque devemos tanto dinheiro. Não queremos um partido tomado por uma trupe que nunca fez nada na vida. Nasceu em berço de ouro e pensa que os sacrificios são ovos kinder.
O psd estão tão capturado por manfios como o ps. É essa gente que tem de ser controlada: Maçonaria e Opus Dei com o seus braço armado a BANCA. Seria interessante saber quem paga a propaganda partidária e quem paga aos funcionários: Já sei são as quotas...
Fico por aqui.

Anónimo disse...

Concordo plenamente. Eu votei no PSD por causa das promessas que ouvi feitas pelo passos coelho. Se tivesse falado que iria fazer aquilo que esta a fazer nunca votaria nele. Não cumpriu nada do que se propos e esta a tomar decisões que tinha dito que não tomaria. Ou seja, mentiu aos eleitores!
Acho mutissimo bem que o destituam do partido e do governo. Alias eu sou apologista que dentro da atual maioria arranjem outra solução de governo. O problema é que o PR anda a dormir como sempre

Anónimo disse...

O PR deixou lá o bando do Sócrates 7 anos,agora é que anda a dormir?
Vocês é que dormem há 38 anos e não têm cura.

Anónimo disse...

É preciso ser totalmente idiota ou vigarista como o “shorty” para querer uma “responsabilização judicial dos prevaricadores”, “limpeza do Estado do pessoal político dirigente socialista”, ou “avaliação judicial dos contratos das parcerias público-privadas”.
Cego, não notou ainda como essas PPPs servem tão bem todas as bandas governamental tais passadas ou presentes?
Culpar e julgar os responsáveis?! Ah, ah, ah!!! Quer separar os ladrões e criminosos de um partido dos ladrões e criminosos de outro partido? Uma investigação digna desse nome levava toda a escória de enxurrada com o pai, Cavaco, no meio dela. Mais um escrito cínico a tentar enganar os idiotas que o lerem e não usarem a sua própria mente.

Fanatismo destruidor do país. Tirar um pé da m**da para enfiar os dois.

Anónimo disse...

A quadrilha do Aníbal resolveu muito. Do Oliveira da pulseira eletrónica, ao cabo-verdeano Loureiro. Outros frutos verdejantes do Cavaquismo foram o Isaltino, o Valentão e o Lima do Brasil. Só gente laranja de grande reputação. Depois, sempre houve o Júdice, outro exemplo do sucesso laranja na vigarice sofisticada à mesa de grandes restaurantes. A quadrilha laranja não é melhor do que a quadrilha dos Ratos. Já agora, é preciso não esquecer que o PPD/PSD quando correu com os Sérvulos e Sousa Franco, ainda sabia o que fazia. Depois, é só bons negócios. Então nas camaras municipais, é um fartar vilanagem. Familias inteiras empregadas. Vejam lá o Caso Manso na Guarda?

Anónimo disse...

A quadrilha do Aníbal está bem retratada no livro do dr Rui Mateus.


Pedro Pinguela disse...

Parece que poucos escapam a esta bebedeira democrática de encher os bolsos a legislar para pacóvio ver, não é?
De vez em quando montam um circo para dizer que tudo é democrático e lá vamos "deitar o voto" em cima de uma catrefada de aldrabices.
Em qualquer sítio decente, quando um governo se desvia do que prometeu deveria explicar as razões bem explicadinhas e não atirar poeira para os nossos olhos.
Uma desgraça atrai outra desgraça. De desgraça em desgraça até ao estertor final.

António Balbino Caldeira disse...

Só não é preciso ser... "Mentiroso"...

António Balbino Caldeira disse...

Nem... socratino.

Anónimo disse...

Não espanta que este acto do Prof. Balbino Caldeira não tenha grande efeito. O PSD não é um Partido democrático. É uma famiglia Marco Antóniana. Jamais os Senhores Feudais do PSD deixariam um português como o Prof. Balbino Caldeira estragar-lhe os negócios. Há imensos negócios em curso, para se ganharem comissões, a TAP, a ANA, a RTP, as Águas de Portugal (o Ilídio e Angelo esperam...), o que resta da EDP e muito mais, até que o Estado cadavérico se torne em morte definitiva.

Contudo, é curioso vir aqui alguem dizer que Passos mentiu, e que se sente traído. Só pode ser um Tuga ingénuo. Passos, Seguro, Portas ou o raio que os parta a todos, não conseguirão nunca pagar a dívida que o Cavaco, o Guterres e sobretudo o Sócrates, deixaram para pagar. Portugal só é sustentável com menos 2 milhões de portugueses. Logo, muita gente tem que se fazer à vida, para fazer baixar o desemprego, emigrando. O pior, é que os que cá ficam são pesos, reformados que nem direito a reforma terão.

Portugal acabou. Os credores ainda vão mantendo o cadáver morto-vivo, para que se mantenham as gasolineiras, os supermercados e as farmácias abertas. Daqui a 2 ou 3 anos, nem isso haverá.

pedro disse...

parabéns pela iniciativa . O outro foi estudar e estes também não se perdia nada se fossem . Não sou de nenhum partido mas estes senhores não servem ,são farinha do mesmo saco. Penso que deve ser nomeado um governo de iniciativa presidencial .Entretando limpem o partido mas temos um pequeno problema se o poder vai para o seguro ainda é pior . portugal pode passar de protectorado a província de qualquer coisa tipo Brasil,Angola ou qualquer país da europa.

Anónimo disse...

"a dívida que o Cavaco, o Guterres e sobretudo o Sócrates"

A dívida não é do Cavaco,mas pode lá põr o Soares e o Vasco.
Fica sempre bem bater em Cavaco.Tem-se sempre a simpatia da plateia,mas não se é verdadeiro.
Pode-se apontar erros de estratégia de desenvolvimento.A dívida,não.Os pais são outros.

Anónimo disse...

Não foi Cavaco que criou o "monstro" da Função Pública? Não foi com Cavaco que se criaram as "promoções automáticas" na Função Pública? Não foi assim que Cavaco conseguiu vitória eleitorais sucessivas?

O problema da dívida pública não vem desde Guterres. Vem de tempos anteriores. Aliás, Portugal faliu em 1977, com Soares, e voltou a falir em 1982/83 com os Governos AD, de Balsemão.

Cavaco teve, no entanto, a bonança dos fundos comunitários. Eram ventos fantásticos. Com o vento a favor, até o cegos dirigem qualquer navio.

Limpar a responsabilidade de Cavaco é tão criminoso como culpar os socialistas de tudo de mal que houve em Portugal.

Aliás, só houve um Partido que não votou a Constituição da República de 1976. Constituição que prometeu ao Tuga que só tem direitos. Direito á habitação. Direito à saúde. Direito à educação. Tudo GRATUITO. Com o voto do PPD em 1976, aliás o escriba foi o tal de Jorge Miranda, que na altura era do PPD.

Anónimo disse...

Cavaci,no seu último governo quis dispensar 70.000 funcionários públicos.
Adivinhe quem impediu e que produziu toda a desinformação.
Um tal de Guterres,que viria a engordar a FP com mais cerca de 50.000 novos funcionários públicos.
A dívida é anterior a Cavaco,sim.Dom Marioni e os governos revolucionários mais o Vasquinho delapidaram a "pesada herança".
Colocar Cavaco como autor da dívida é que é criminoso,porque é falso!

Ruvasa disse...

Quando as expectativas de tacho acabam furadas, dá nisto que se vê.

É dos livros e era inevitável!

Anónimo disse...

Mas, afinal não há sequer 2.500 pessoas livres no chamado PPD/PSD? Nem 2.500 pessoas livres? Na Sicília, ainda deverão existir 2.500 cidadãos livres, daqueles que não têm medo do Capo Marco António e tutti quanti.

Anónimo disse...

No PSD não há medo de capos.Têm é dedo de perder tacho actuais ou prometidos..
Diferente do partido siciliano dos Ratos em que o Dr Rui Mateus teve que fugir sob ameaça de morte.

Anónimo disse...

Medo

Anónimo disse...

Pior do que terem medo de morrer, é serem vendilhões. Então o PPD/PSD é um partido de vendilhões. E nós a pensarmos que o maior vendilhão de Portugal era o Soares. Afinal, o PPD/PSD está cheio de meretrizes, daquelas que não trocam nada, por uns minutinhos rentáveis com um clientezinho. Os militantes do PPD/PSD de hoje, os discipulos do Marco António, nada tem que ver com Francisco Sá Carneiro. Combata-se o fim desse antro de meretrizes.

Anónimo disse...

A AR é uma central de negócios,todos sabem disso e já foi dito por ex-deputados.
Combata-se então a AR.

Anónimo disse...

Claro que o que está em curso, é uma de duas coisas:

- O fim do presente Regime, que já só serve a chamada "élite político-judicial-empresarial".
- O fim de Portugal, por falta de patriotismo dos portugueses.

Anónimo disse...

Bem fiz eu que sou simpatizante do Belenenses...
Nunca , talvez por intuição me foi dado acreditar nesta democracia.Sempre acreditei mais na democracia orgânica.Trinta e oito anos volvidos vejo com mágoa crianças e desempregados com fome, assaltos, homicídios, roubos, desmandos de tipos vários.
Votar em partidos?Votar em partidos que colocam no poder pessoas altamente questionáveis no que diz respeito a honestidade e caracter?
Gostava de regredir no tempo e estar em Àfrica na guerra.Lá, sabia com o que contava.Seria provavelmente a solução para pessoas como eu limitadas no saber, mas para quem a Pátria está acima da politíca rasteira dos dias que correm.
Não gosto desta guerra.Malditos sejam os que destroem Portugal.
Carlos Sousa

Anónimo disse...

Que se pode esperar de um regime montado pelo Cunhal,traidor da pátria e candidato a ditador torcionário?
De um Soares,ex-comunista,verdadeiro Pacman,devorista de dinheiros públicos,pai do garrote na imprensa pós-abrilista,suspeito de vários tráficos e filias?

Anónimo disse...

Da Esquerda, nós sabemos que não aprendemos nada. Mas, do gan gue laranja, só aprendemos a traficar, a vender e a comprar, sempre com base na grande famiglia laranja. Até o Pavilhão Atlântico foi comprado pela famiglia. O bolo BPN encheu de fortunas muitos escroques laranjas. Só um, tem a pulseira e em casa. Isto para não falar na festa que é o emprego partidário em cada camara municipal. Rebente-se a coisa. Pelo menos, depois da coisa rebentar, mudam-se os actores. Sá Carneiro não tem nada que ver com a laranjada pós-85.

Anónimo disse...

http://dinheirodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=191838


Cândida Almeida diz que «grande fraude fiscal» está a aumentar

A directora do DCIAP uma das entidades que apoia o site Gestão Transparente.org, apresentado esta segunda-feira, afirma que a corrupção não deverá registar aumentos significativos com a crise, mas adianta que a fraude fiscal qualificada, de grandes dimensões, tem aumentado todos os dias.


“Já detecto um aumento da grande fraude fiscal, da fraude qualificada e de alguns crimes como a burla”, afirmou a procuradora-geral adjunta Cândida Almeida.

A directora do Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP) diz acreditar que a corrupção propriamente dita não deverá registar aumentos significativos na sequência dos tempos de crise que o País atravessa, mas está mais preocupada com a grande criminalidade que “pode integrar um conceito de corrupção abrangente e onde, ai sim, [o crescimento] é significativo”, afirmou citada num artigo do Negócios online.

Cândida Almeida falava à margem da apresentação pública do projecto Gestão Transparente.org, uma nova ferramenta informática, on-line e gratuita que disponibiliza um simulador que permite às diversas entidades aferir, em cada momento – por exemplo na realização de um determinado negócio, num determinado país - os níveis de risco de exposição à corrupção, fornecendo também legislação e medidas e instrumentos a implementar nas empresas a cada momento.

“Temos uma linha de denúncias anónimas com cerca de duas mil denúncias”, com uma evolução que tem sido pouco significativa, declarou Cândida Almeida, que tem dito, por várias vezes, que não considera Portugal “um País de corruptos”. “As generalizações, as abstracções são perigosas. Há corrupção em Portugal, como há em qualquer país, porque o poder corrompe, mas na amostra que há faltam crimes como a burla ou a fraude fiscal, e essa temos muita”, concretizou a procuradora-geral adjunta citada no artigo do Jornal de Negócios.

Anónimo disse...

Denúncias???
Sabemos o que tal serviçal xuxa faz com as denúncias.Tudo a favor do gang,nada contra o gang.
As denúncias do Freeport,com DVD incluído e testemunhos claros,deu em...nada!
Pura denegação de justiça.
É como o Morgadio.Só vê crimes com o olho de trás.
Se forem cometidos pelo bando,faz vista grossa.

Anónimo disse...

Passos Coelho está para durar. A sua única eleitora, assim decidiu. Foi nomeado Governador do Protectorado do extremo ocidental da Eurolandia.

Assinado
Frau Merkel

Asterix disse...

Única eleitora?!
Ehehehe.
Estes romanos são mesmo loucos!

Anónimo disse...

O problema afinal não é a língua portuguesa. Até no Brasil, a Justiça funciona:

http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=606034

O publicitário brasileiro Marcos Valério, condenado como o executor do «mensalão», afirmou num novo depoimento que a Portugal Telecom financiou o Partido dos Trabalhadores (PT) com 2,6 milhões de euros), durante o Governo de Lula da Silva.

As informações foram dadas por Marcos Valério ao Ministério Público brasileiro, em 24 de setembro, já após sua condenação, e reveladas hoje pelo diário brasileiro «Estado de São Paulo», que informa ter tido acesso direto à transcrição do depoimento.

O pagamento de 7 milhões de reais (2,6 milhões de euros), segundo o depoente, foi negociado diretamente entre o ex-Presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva e o então presidente da Portugal Telecom, Miguel Horta e Costa, no Palácio do Planalto, em Brasília.

Diário Digital / Lusa

Anónimo disse...

Horta e Costa, mais um do gangue laranja.

Anónimo disse...

Isso é parvoíce.Foi estratégia da empresa.
Os partidos financiam-se assim e de outras formas bem piores.

Anónimo disse...

O filosofo deixou mais esta conta para nós pagarmos:

"há quatro anos, o Governo de José Sócrates concordou em financiar a entrada da equipa de Tiago Monteiro nos campeonatos de GP2 (segunda divisão da Fórmula1), como forma de promoção do Autódromo Imternacional do Algarve, que seria inaugurado em novembro de 2008. A ajuda seria canalizada por via indireta, através da Parkalgar, empresa privada detentora do circuito de Portimão. Esta, por sua vez, pagaria ao ex-piloto. No fim, nem o Estado, nem a Parkalgar cumpriram o acordado".

Segundo o jornal, "o processo foi feito nos bastidores, sem escrutínio público nem contratos formais, e surgiu dois anos depois do Estado ter patrocinado o mesmo piloto, aí, sim, de forma oficial, mas mesmo assim um apoio que foi considerado ilegal pelo Tribunal de Contas".

Anónimo disse...

Entre o Mensalão e o Sócratão, não há diferença. O financiamento partidário é assim, porque as Dras. Candidas unidas, branqueiam tudo o que esteja relacionado com os seus gangues, quer sejam os rosas ou os laranjas.

Anónimo disse...

Depois do Patriota Henrique Medina Carreira, segue-se o homem que vendeu Portugal à Tróika:

http://economico.sapo.pt/noticias/teixeira-dos-santos-alvo-de-buscas-da-policia-judiciaria_158275.html

Teixeira dos Santos alvo de buscas da Polícia Judiciária

O ex-ministro das Finanças Teixeira dos Santos foi alvo de buscas domiciliárias pela Polícia Judiciária, noticia a TVI.

Em causa estão as negociações dos contratos das Parcerias Público Privadas.

Anónimo disse...

A Dra. Candida prometeu que vai aderir ao PPD/PSD.

Anónimo disse...

Sempre que o PSD e as suas quadrilhas estão aflitos, lá vem o apelo à memória de Sá Carneiro.
Traíram-no em vida, traíram a sua memória e têm o despudor de, politicamente, viverem do seu cadáver. Que nojo são vocês todos!
Vocês todos, você Balbino, mais o Medina Carreira, estão com medo de terem de beber o mesmo veneno que deram a beber ao Sócrates? O PSD e o CDS não têm salvação nem a merecem: são um monte de esterco. Não precisan de congressos, precisam de autoclismo. E já, seus ordinários.

Anónimo disse...

Parece que o vigarista do Sócrates teve muito sucesso entre a freguesia do Júlio de Matos.

Anónimo disse...

http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,lula-deu-ok-a-emprestimos-do-mensalao-e-recebeu-de-esquema-diz-valerio-,971944,0.htm

Parece que até no Brasil se tenta fazer justiça,embora o bloqueio do partido vigarista.
Por cá,as denúncias do dr Rui Mateus cairam em saco roto.
Daí em diante as quadrilhas parlamentares e autárquicas sentiram que podiam prosseguir no assalto aos bolsos dos portugueses,levando o país à ruína.

Anónimo disse...

O veneno que o Sócrates bebeu. Ante bebesse. Aliás, se o Sócrates tivesse um pingo de dignidade, suicidava-se. Sócrates entregou Portugal á voragem dos mercados financeiros internacionais. Sócrates, não fosse ele um frouxo, mas um vendido, não teria gangrenado um país, com um ultra-endividamento, e dando migalhas a um povo mal formado, através de Planos Tecnológicos da treta, Magalhães, Allgarves, Euro-2004 e outras merdas que só serviram para distrair o tal povo lerdo e frouxo. Agora, os Sócrates e todos o que o apoiaram vão comer as passas do Algarve por décadas. O sócrates, ele próprio, comerá fillet mignon, mas bem longe daqui. Não tem tomates para andar na rua, de forma livre, pois pode sentir cógegas entre os olhos, com o disparo de uma magnum.

Anónimo disse...

Quantas vezes será necessário dizer que não existem os tais "mercados". Não ouvem o Dr. Medina Carreira? Será necessário o homem falar em nomes?

O que disse ultimamente Israel?

FMI: Bancos portugueses têm de mudar negócio e cortar custos.

Ai jasus, cada vez, cada cavadela, cada minhoca. Não tentem fazer dos vossos parvos.

Anónimo disse...

VENENO DADO A SOCRATES. Sim, veneno, em colheres, a conta-gotas, numa marcação cerrada que começou na noite em que foi eleito pela primeira vez através de um boato soez fabricado por Santana Lopes e Paulo Portas, dois dos grandes chulos deste regime. Acusaram-no de tudo, atribuiran-lhe tudo. Nada se provou. Foi um verdadeiro assassinato de carácter, brilhantemente ,liderado pelo Balbino Caldeira, que contou com vários arautos, ums dos quais foi o Medina Carreira. Era Sócrates un santo? Não, não era. Tinha defeitos e fraquezas. Mas bateu-se até poder para que não entrasse a Troika em Portugal. Quem abriu as portas ao estrangeiro, para que espezinhasse e humilhasse Portugal, foram os homens de mão do Goldman Sachs e do Bilderbeg: António Borges, Carlos Moedas, Victor Gaspar, Angelo Correia e Jorge Moreira da Silva (o mandão do PSD), E estes de imediato garantiram um governo de lacaios, de traidores, de corruptos. Quando é que o Balbino faz um livro sobre o Relvas? E sobre estes bandalhos todos? Quando há a coragem de assumirem que PSD, CDS, BE e PC é que deitaram o governo de Sócrates abaixo, com o aplauso e apoio de Cavaco, o fariseu-mor, para porem no governo quem vendesse o património ao desbarato? Quem, enfim, pusesse o país de joelhos para que os sinistros internacionais acima referidos comprem tudo? Vocês podem estar muito contentes, mas isto não fica assim. Vocês serão julgados também.

Anónimo disse...

Os Socratinos estão a tremer. Já vêm pedir batatinhas para o Portugal Profundo. Promovem o Prof. Balbino Caldeira a Juíz do maior Vigarista de Portugal, desde Alves dos Reis. Quantos milhões tem o paneleiro de Paris? Em quantos off-shores? Porque não vem o paneleiro, sim o paneleiro, a Portugal, a andar na rua, sem segurança privada? Porque terá medo? Não é só o Passos que não vai ao supermercado em Massamá. O Grande Vigarista entregou Portugal à Finança Internacional. Todo o Tuga sabe. Não o ponham atrás do Teixeirinha ou sequer do Constancio. Não, foi ele. Mas, antes, mamou muitas comissões. Até o Ricardinho lhe ficou a dever algumas.

Anónimo disse...


A xuxaria ou chularia,como se queira,ainda imagina que consegue enganar por mais tempo.
Nem com o controlo completo da imprensa é possível lavar a cara ao criminoso do Sócrates e ao seu bando de Ratos.
Até os brasileiros têm melhor justiça do que este pobre e esquecido país.
O traficante de dinheiro local,Lulla já sua.
Veio a Portugal combinar uns esquemas para esconder dinheiro e financiar a sua quadrilha.
Todos os seus capangas vão caindo nas malhas da investigação criminal.
Por cá,as cúpulas corruptas do aparelho judicial vão encobrindo.
Chegará o dia em que o Sócrates será extraditado e a quadrilha de Ratos chiará em Vale de Judeus.

Anónimo disse...

Isto deve ter sido proposto por um qualquer cacique de alguma câmara municipal, que esta a ver o poder a fugir.
A situação actual nada tem a ver com este governo, mas foi o acumular de todos os atropelos dos governos anteriores.
Pensavam que como o ouro do Brasil não foi preciso pagar, o dinheiro da Europa também não.
Enganam-se, vamos pagar e com juros altos.

Anónimo disse...

Vocês semearam ódio. Estão agora a fazer a colheita. Aguentem.

Anónimo disse...

A colher muitos milhões através de impostos, junto dos protugueses trabalhadores. Essa recolha de impostos, que se poderá chamar de confisco, teve como origem, o facto de José Sócrates Carvalho Pinto de Sousa ter contraído em nome do Estado português, 90.000 milhões de euros. Este capital tem que ser pago, e com juros. Sócrates pagará, tarde ou cedo, esta entrega da nação portuguesa ao capital financeiro internacional.

Anónimo disse...

Nova modalidade nos telejornais.
-Jerónimo acusa o governo...
-Seguro acusa...
-A Intersindical acusa...
-Louçã acusa...
-Proença acusa...

Entretanto,quanto aos autores da bancarrota e da miséria...silêncio,esponja,omissão total.
Sobre o Vigarista que ficou multimilionário e vive que nem um magnata dio petróleo em Paris,zero.
Sobre os milhões que desapareceram em offshócr5artes,o vácuo.

Segue o circo para levar o partido vigarista de novo a pendurar-se na carteira dos portugueses.

Anónimo disse...

Quando os Rottweilers começarem a guardar os bancos portugueses vai ser bonito -- querem logo saltar fora da UE.


Ai, aguentam, aguentam!

Anónimo disse...

Quando é que o chefe de quadrilha é chamado de Paris,a depôr pelos escândalos PPP's,Freeports,tráfico de dinheiro,etc?

Anónimo disse...

Se o Paulo Campos foi chamado. O Mendonça também. O Teixeira, também. O Costa Pina já foi também. E o Pai deles todos? Porque estará resguardado? Se houve extradição do Chef Michel da Costa, porque não se vai à Rua Brancamp, também? Quem protege o licenciado pela chamada universidade independente?

Anónimo disse...

O Ricardo Salgado já atendeu o pedido do "amigo de Paris" para lhe pagar o combinado?
Tenho andado com esta preocupação.
Um desgraçado teve que emigrar para Paris por causa do Passos Coelho,a lutar pela vida vendendo brioches e o "amigo" Salgado,agora que não precisa dele,abandona-o na miséria.
Nem lhe dá os "robalos" combinados.
Que ingratidão.

Anónimo disse...

"Quem protege o licenciado pela chamada universidade independente?"

O dr Rui Mateus responderá a essa questão melhor que ninguém.

Anónimo disse...

Mário Soares, o homem que negociou com Frank Carlucci. 88 anos e a vociferar. O que o faz vociferar? Quererá terminar a vida como Craxi?

Anónimo disse...

Portugal faliu e por muitos anos.

O gangue que dá pelo nome de PS/PPSD está esclerosado, e o apendice CDS murcho. Do PCP e do Bloco só se espera mentes atrasadas.

O circo político português resume-se ao etíope Seilassie e ao alemão Schauble. De resto, é tudo paquetes ao nível do Relvas. Mas, são paquetes caros.

Anónimo disse...

Quando veremos isto em Portugal?

http://gentedecente.com.br/notic/brasil/politica/10056-os-25-bandidos-da-quadrilha-de-traficantes-de-grana-de-lulla.html

Anónimo disse...

Sem a poítica de me...da:

Decorreu este fim de semana (*) mais uma ação, louvável, do programa da luta contra a fome mas....façam o vosso juízo!

A recolha em hipermercados, segundo os telejornais, foi cerca de 2.644 toneladas! Ou seja 2.644.000 Kilos.

Se cada pessoa adquiriu no hipermercado 1 produto para doar e se esse produto custou, digamos, 0.50 € (cinquenta cêntimos), repare que:

2.644.000 kg x 0,50 € dá 1.322.000,00 € (1 milhão, trezentos e vinte e dois mil euros), total pago nas caixas dos hipermercados.

Quanto ganharam???:

- o Estado: 304.000,00 € (23% iva)

- o Hipermercado: 396.600,00 € (margem de lucro de cerca de 30%).

Nunca tinha reparado, tal como eu, quem mais engorda com estas campanhas...

Devo dizer que não deixo de louvar a ação da recolha e o meu respeito pelos milhares de voluntários.

Bem, ainda tenho que me pôr afancos... Dizer a verdade dói.


Napoleão

Anónimo disse...

http://economico.sapo.pt/noticias/iscte-atribui-premios-carreira_158760.html

Manuel Carvalho da Silva, na categoria de Cargos Públicos, Aurora Baptista na de Gestores, e Frederico Valarinho na de Comunicação, Cultura e Desporto foram os vencedores dos Prémios Carreira do ISCTE atribuídos a ex-alunos.

Os nomes foram anunciados no passado fim-de-semana durante a cerimónia de comemoração dos 40 anos da instituição.

"Os Prémios Carreira visam distinguir os nossos alumni, que muito têm feito para dignificar o nome do ISCTE-IUL, ao longo destes 40 anos de história", afirmou o reitor, Luis Reto.

Manuel Carvalho da Silva é investigador e sociólogo, sendo mais conhecido pelo papel que desempenhou como secretário-geral da CGTP. Aurora Baptista é ex-partner da Deloitte e actualmente gestora da Herdade da Cortesia. Frederico Valarinho é jornalista, director de produção da revista Epicur e presidente da Federação Portuguesa de Esgrima.

Anónimo disse...

Carvalho da Silva ganhou também o oscar para o melhor actor.
estalinista empedernido,virou socretino ferrugento.

Anónimo disse...

top [url=http://www.001casino.com/]free casino bonus[/url] coincide the latest [url=http://www.realcazinoz.com/]realcazinoz[/url] autonomous no consign perk at the foremost [url=http://www.baywatchcasino.com/]charitable casino games
[/url].

A Mim Me Parece disse...

Só lhe fica bem ser reconhecido aos que o ajudaram a fazer dele um Doutor.

Anónimo disse...

O Nogueira Leite pisgou-se. Será que o Nogueira Leite vai querer o Congresso extraordinário no PSD?

Anónimo disse...

O Sócrates paga.

http://diariodigital.sapo.pt/news_econ.asp?id_news=192328

A Soares da Costa pediu ao Estado o pagamento de 159 milhões de euros (M€) por despesas incorridas pela suspensão do projeto de alta velocidade, estando a decorrer negociações para este valor não duplicar, disse hoje o presidente António Castro Henriques.

Anónimo disse...

Este contrato ruinoso?

"O contrato Poceirão-Caia foi assinado em Maio de 2010, sem prévia obtenção do visto prévio do Tribunal de Contas, pelo Governo então liderado por José Sócrates e pelo ex-CEO da Soares da Costa, Pedro Gonçalves, que lidera o consórcio vencedor ELOS. A partir desse momento, as empresas do consórcio, onde está também a Brisa, iniciaram os trabalhos de preparação da empreitada, tendo, no espaço de um ano «gasto 150 milhões de euros», segundo disse ao SOL Pedro Gonçalves, em Maio deste ano."

http://sol.sapo.pt/inicio/Economia/Interior.aspx?content_id=34137

"O Tribunal de Contas recusou o visto ao contrato sobre a concessão do projeto, construção, financiamento, manutenção e disponibilização de infraestruturas ferroviárias no troço Poceirão-Caia. Da mesma forma, chumbou o contrato relativo ao projeto, construção, financiamento, manutenção, disponibilização e exploração da Estação de Évora entre a Refer e empresa ELOS - Ligações de Alta Velocidade, onde a construtora Soares da Costa tem 16,304%."

Ler mais: http://expresso.sapo.pt/tribunal-de-contas-chumba-tgv-poceirao-caia=f713567#ixzz2FXKNeRqP

Anónimo disse...

"Epanha EL País diz que Governo colocou Portugal à venda"

Até eu vendia todas as minhas coisinhas. Só agora é que estes descobriram?

Anónimo disse...

O governo colocou?
O governo apamhou um país já vendido.
Já tinham até recebido o dimheiro.Faltava só entregar o que restava.
Engraçado que só agora acordem,quando o páis começou a ser vendido há 38 anos.

Anónimo disse...

O sócrates ainda aguarda o pagamento de várias comissões.

Anónimo disse...

http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=607414

O ministro australiano Ian Hunter e seu marido, Leith Semmens, casaram na quarta-feira na cidade granadina de Jun, no sul da Espanha, numa cerimónia patrocinada por Rodríguez Salas, autarca da localidade espanhola eleito pelo PSOE. O casal decidiu dar o nó em Espanha porque a união entre pessoas do mesmo sexo não é reconhecida na Austrália, onde vivem.

A cerimónia foi realizada no Pavilhão das Artes de Jun, um município muito próximo da capital de Granada. O casamento, que começou ao som dos hinos da Espanha e da Austrália, foi acompanhado por familiares e amigos do casal e seguiu as curiosas tradições de Jun: os namorados assinaram a documentação com uma caneta verde e beijaram-se exatamente durante 17 segundos.

Anónimo disse...

Fiquei comovido.

Anónimo disse...

Ontem foi um dia mau para o Miguel Relvas

Anónimo disse...

Acho que o pessoal aqui tem muito tesão é na ponta dos dedos