quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Desilusão e diktat

Lembrou-me um amigo que Pedro Passos Coelho disse em 5-11-2010, em Viana do Castelo, que «aqueles que são responsáveis pelo resvalar da despesa também têm de ser civil e criminalmente responsáveis pelos seus actos e pelas suas acções».

Dezasseis meses depois de estar no Governo a vontade expressa  nessa altura continua por cumprir e o anterior primeiro-ministro Sócrates que deixou o País na ruína, absolvido por abstenção e proteção deste governo,  num prefácio ontem, 23-10-2012, divulgado do livro do presidente de câmara de Matosinhos, Guilherme Pinto, «Sou político»,  já se permite gozar com «a lógica da futilidade» e a inação, de quem o poupa.

Nada do programa patriótico que o povo ardentemente desejava foi realizado: nem auditoria geral das contas públicas (só as da Madeira... nem as dos Açores...); nem renegociação a sério das parcerias público-privadas, nem limpeza da administração pública; nem responsabilização criminal da corrupção de Estado durante o socratismo. 

Quem impediu Pedro Passos Coelho de governar? Quem impediu o chefe do executivo de promover a auditoria geral das contas públicas? Quem impediu o primeiro-ministro de levar à justiça os responsáveis políticos pelos contratos manhosos das parcerias público-privadas e de outros negócios ruinosos para o Estado? Quem impediu o primeiro-ministro de mandar para investigação judicial todos os contratos de parcerias público-privadas? Quem impediu o primeiro-ministro de fornecer ao Ministério Público a relação detalhada das despesas, e de levantamentos, com os cartões de crédito do Tesouro do Estado durante o socratismo? Quem impediu o primeiro-ministro de limpar a administração pública dos dirigentes socratinos? A resposta é ninguém.

Não se queixe, então, quem por conveniência, não quis - nem quer -, a mudança de sistema. O Governo de Passos Coelho foi uma enorme desilusão para a ânsia do povo de correção dos assuntos da Pátria. Num momento em que se discute abertamente a demissão do executivo e a substituição de Passos Coelho por outra personalidade com força, coragem e efetiva responsabilidade, o Governo cai, na prática, no estatuto de governo de gestão, impotente para fazer qualquer coisa, além da tradução parcelar do diktat da troika.


* Imagem picada daqui.

31 comentários:

Duarte Meira disse...

«Quem impediu Pedro Passos Coelho de governar?»

No fundo e no essencial o mesmo: a falta de autoridade do Estado, desfeita desde Julho de 74 (demissão de Palma Carlos)e que, em 1 de Janeiro de 1986, abdicou de toda a autonomia política a troco duma chuva de dinheiro que lhe permitisse sobreviver de rastos, sem os recursos e mercados do Ultramar.

O que "impede" é que os governos são de meros capatazes e comissários europeus falantes de língua portuguesa. Não mandam nada de decisivo. E muita sorte temos nós se não nos calhar outro Ladrão do tamanho daquele que andou aí nas televisões até Junho de 2011 a fazer de "1º ministro".

Anónimo disse...

O que impediu foram os lobbies.
Os partidos,todos eles,subsidiam-se ilegalmente.
Quando um candidato vence as eleições,exerce o poder em nome do povo,mas governa para um conglomerado de interesses.
Todos conhecemos parte desse polvo.
De dentro dos partidos nunca virá a solução.
Passos,tal como todos os outros,de qualquer partido,conhecem como funciona a Cosa.
Não se chega a líder partidário,de mãos limpas.
A corrupção e financiamento ilegal começa nas concelhias.
Não há quem não conheça o esquema e alguns intervenientes,à excepção da polícia e do MP.
Isto não tem saída por meios pacíficos e convencionais.

Anónimo disse...

Também acho ...isto não vai lá com paninhos quentes.

Viriato Cale disse...

Sim uma ENORME desilusão. Disse o que está transcrito no seu texto e disse que sabia ao que ia, quando pergntado pelos joranlistas quanto às previsíveis dificuldades que tinha pela frente, ou seja, sabia como estavam as contas do Estado. Sou, como milhões de portugueses um cidadão cumpridor, sempre exerci a minha opção política em consciência, mais com racionalidade do que com emoção e mesmo assim sinto-me defraudado e ENGANADO. Não exercerei o meu direito de voto e a minha cidadania política no contexto deste regime que é apenas formalmente democrático. o sentimento é:FARTO.

Anónimo disse...

...ufa!

Só agora chegaram a esta conclusão?

Há muito que venho repetindo - todos os partidos que passaram pelo poder, estão comprometidos com toda a roubalheira feita.

Jorge disse...

A crise é sobretudo de regime. Por muitas leis que façam, que haja eleições e alternância de poder, está instalada verticalmente e horizontalmente no aparelho do estado dois aspectos que definem o nosso empobrecimento e exemplos não faltam: Corrupção de alto a baixo e predomínio de uma cultura de irresponsabilidade. O regime está gravemente doente.

Anónimo disse...

Faço minhas a palavras do patriota Duarte Meira, deixadas acima.

1. Sem sustentabilidade efectiva, Portugal terá um de dois cenários futuros: a miséria prolongada, ou a entrega alguma Repulica ou Reino que cuide dos cidadãos que por cá ficarem.

2. É uma ilusão pensar que Portugal conseguirá sobreviver sem Colónias (não as tem, nem terá), e sem financiamento externo, via subsídios comunitários ou da banca internacional. Aliás, Gaspar disse ontem uma verdade, as pessoas exigem demasiado de um Estado e querem pagar pouco para esse Estado.

3. Curiosamente, falam em alternativas, mas perante quem ainda financia Portugal, os credores, o que está na governação e tem a sua maior confiança é Gaspar. Nem sequer Cavaco ou Passos geram qualquer confirnça. Muito menos, os títeres Ferreira Leite ou Catrogas.

4. Quando uma das maiores golpadas do país, o BPN, está e esteve associada a Cavaco, Oliveira e Costa, Arlindo, Loureiro e tutti quanti, como é que o partido que está no poder vai ter moral para julgar Sócrates, o Lino, o Paulo Campos, o Teixeira dos Santos e tutti quanti?

5. Tal como Caetano se viu incapaz para gerir a evolução na continuidade, Cavaco vai ser o homem que vai entregar as chavse da nação a alguém, seja ele o protector internacional, seja ele a reedição da I República putrefacta dos socialistas.

Anónimo disse...

O que impediu de governar? São um grupo de fedelhos incompetentes armados em grandes cérebros...são um grupo de meninos da linha e da Foz, armados em governantes...enfim são um grupo de neo-liberais teoria que só conhecem dos livros...

Anónimo disse...

Anónimo,isso não é razão nenhuma.
Há 38 anos que os governos e oposições estão unidos no saque.
A corrupção não está na agenda de nenhum partido.Assistimos a 7 inacreditáveis anos de pilhagem descarada.Os comunistas defenderam sempre o Pilhante-mor,até nos elefantes brancos e em todas as obras ruinosas.
Eram adeptos do investimento público ruinoso.Isso ninguém hoje lhes atira à cara.O tal emprego que essas obras criaram,resultou nestes desemprego monstro.
Esse branqueamento leva a que se coloque fora do conjunto de responsáveis os estalinistas e trotskistas,injustamente.

MOVIMENTO DOS PATRIOTAS PORTUGUESES disse...

ATÉ AO FINAL DO ANO E ANTES DO VERGONHOSO ORÇAMENTO PARA 2013 APRESENTADO PELO GOVERNO CONTRA PORTUGAL SER APROVADO ESTE GOVERNO TEM DE SER DERRUBADO NO PARLAMENTO OU NAS RUAS.É DEVER DE TODOS OS PATRIOTAS REBELAREM-SE CONTRA ESTE GOVERNO.O MPP APELA A TODOS OS MILITANTES DO PSD QUE O FAÇAM,APELA A TODOS OS MINISTROS HONRADOS QUE SE DEMITAM DESTE GOVERNO INDIGNO E A TODOS OS DEPUTADOS QUE VOTEM CONTRA ESTE ORÇAMENTO DE EXTORSÃO.PASSOS,RELVAS E GASPAR PARA A RUA!GOVERNO PATRIÓTICO,JÁ!TODOS NA RUA NO DIA 12 DE NOVEMBRO EM FRENTE DA EMBAIXADA DA ALEMANHA!NÃO À CORRUPÇÃO DE ESTADO!OS CORRUPTOS PARA A CADEIA!VIVA A LIBERDADE!VIVA PORTUGAL!

Anónimo disse...

Patriótico com as mesmas figuras do regime,apenas mudando as caras,tipo Seguros e quejandos.
Bem pensado.
A Alemanha,essa horrível nação a quem sustentamos há 25 anos...
Bem que está na altura dos alemães viverem do que produzem.Já basta de biliões a fundo perdido que para lá mandamos.
Não podemos continuar a sustentar os vícios àquela sociedade germânica.A Merkel a viver em Paris a gozar as centenas de milhões que roubou,a comprar roupinhas no Bijan...oa alemães fingem ignorar e nós é que temos que continuar a pagar a factura?
Chega!
Não vai daqui nem mais um milhão.
Os alemães que trabalhem e sejam sérios como o Soares,o Vara,o Isaltino,o Loureiro,o Lello,etc!

Anónimo disse...

Vamos todos pedir esmola para a porta da embaixada alemã!
Já demos cabo da reserva de ouro,das colónias,das divisas,do dinheiro da CEE,empréstimos internacionais,nacionais,já vendemos quase toda a propriedade do Estado excepto as empresas deficitárias,institutos,Fundações, etc.
Eenriquecemos banqueiros,empreiteiros,políticos autarcas e clientelas pseudo intelectuais,etc.
Já cumprimos Abril.
Vamos à segunda fase.Atacar os países que não nos querem emprestar mais dinheiro,empréstimos esses que os partidos da célebre esquerda dizem que não são para pagar.
Apela-se a todos os parasitas do Estado que se concentrem em frente da embaixada alemã.
Vão ter que nos financiar o regabofe.

Anónimo disse...

O novo secretário de estado da cultura nomeado por PPC, já tinha sido nomeado pelo Eunuco de Paris.

Que coincidência!

http://dre.pt/pdf2sdip/2008/04/074000000/1706917070.pdf

ASNOS GERMANÓFILOS disse...

OS ASNOS GERMANÓFILOS PAGOS PELA EMBAIXADA ESTÃO MUITO ACTIVOS NESTE BLOGUE.GREGOS,ITALIANOS,ESPANHÓIS,PORTUGUESES E FRANCESES O MESMO COMBATE!OS CANICHES DOS BÁRBAROS CALVINO-LUTERANOS PARA A CASOTA!

O DR.BURRO disse...

De Cavalo para Burro mas Burro que não carrega livros só milhões.

PACTO EUROPEU ANTI-CORRUPÇÃO DE ESTADO disse...

PORQUE SERÁ QUE A MERKEL NÃO FALA NUM PACTO EUROPEU ANTI-CORRUPÇÃO DE ESTADO E PROTEGE TODOS OS CORRUPTOS DO SUL,SÓCRATES INCLUSIVÉ?PORQUE SERÁ,RESPONDAM CANICHES?

fdloribundus disse...

com socrates ficámos 'ao Deus dará'.

diz-se que os 'comensais do orçamento'
emperram a governação através da 'burocracia castradora'

tinha razão Carl Orff em Carmina Burana
'Fortuna Imperatrix mundi'

vou deixar o coelho dormir na nova 'almofada' do ps.

consta que
'a asae encerrou a assembleia por comerem todos do mesmo tacho'

MOVIMENTO DOS PARASITAS PORTUGUESES disse...

Vamos todos esmolar e calotar as dívidas.
É um direito adquirido parasitar os alemães!
Se o Estado não tem dinheiro para pagar os nossos previlégios de funcionários públicos,alguém tem que pagar,os portugueses que trabalham no sector privado,alemães,franceses,chineses ou marcianos.
Não largamos a teta!
Venham todos para a porta das embaixadas e consulados branquear a origem da bancarrota e fingir que é uma grande conspiração internacional.

Bonaparte disse...


O sítio mais iníquo não é a Embaixada da Alemanha mas o Parla+mento.

A RDA ALARGADA disse...

A ALEMANHA DA MERKEL NÃO É MAIS DO QUE A RDA ALARGADA,O ESTADO TOTALITÁRIO PERFEITO NAZI-COMUNISTA QUE TREINAVA AS TROPAS DE FIDEL.DE ONDE VEM A MERKEL?DA RDA, OF COURSE , ONDE NÃO SE LHE CONHECE QUALQUER ACTIVIDADE DE RESISTÊNCIA AO REGIME NAZI-COMUNISTA.PORQUE RAZÃO O RESISTENTE DA RDA PRESIDENTE ACTUAL DA ALEMANHA NÃO PODE COM A MERKEL?SÃO ESTES FACTOS QUE AS EMBAIXADAS DA ALEMANHA EM TODO O MUNDO TENTAM ESCONDER A TODO O CUSTO EM ESTREITA LIGAÇÃO COM OS CORRUPTOS CANICHES LOCAIS.

Anónimo disse...

Então se é por ter sido comunista,vamos ao parlamento,há lá muitos e apoiam a Coreia do Norte,Cuba,etc.
Não precisamos que os estrangeiros assistam a essa farsa.
O próprio Mário Soares foi comunista.Não consta que estivesse incomodado com KGB's,Stasi's,etc.
Força,à porta dele!

O POODLE DA MERKEL disse...

VAI ESTUDAR ANÓNIMO HERBÁCIO DAS 00:19.ÉS MAIS BURRO E IGNORANTE QUE O RELVAS !

Anónimo disse...

É só tontos. Se calhar foram os alemães que comeram as comissóes de construção das auto-estradas e das SCUT's. Foram os alemães que sacaram os subsídios que as empresas mamaram da CEE, para financiarem a compra de Mercedes e BMW's. Foram os alemães que deixaram as empresas falidas. O empresário Tuga queria era mulas e vinho verde, e a culpa é dos alemães. A agricultura estar de tanga, a culpa é dos alemães. Vão cá levar uma charutada, que nem imaginam.

OS CORRUPTORES disse...

QUEM PAGOU AS COMISSÕES DOS SUBMARINOS E DA MAN?

Anónimo disse...

Ai minha burra, minha burra, só pelos comentários poderás ver o destino de Poor.tugal.


Não há nada que una mais os vivos do que a morte.

O ASSALTO disse...

O NOVO SEC.DA CULTURA TEM O ALTO PATROCÍNIO DO ASSALTINO.PALAVRAS PARA QUÊ?

Anónimo disse...

É evidente que há dois grupos bem distintos em Portugal:

- Os assaltados, que são sobretudo a classe média e os que pouco têm.
- Os comedores. Que não são só os Loureiros, os Arlindos, os Costas, os Varas, os Sócrates, os Lellos, etc. Também são muitos dos beneficiários do saque, como sejam os construtores, os empresários que sacaram os subsídios para destruirem barcos e deixarem as terras de poisio, etc.

Evidentemente, que não pode haver união entre os assaltados e os que comeram à conta. Nunca poderá haver.

MOVIMENTO DOS ENCOBRIDORES XUXAS disse...

Quem pagou as comissões está a contas com a Justiça alemã.
E quem as recebeu,em Portugal? Foi de novo eleito!

Ridículo!Tentar branquear o socratinismo e todo o pacote abrilesco com os alemães é a coisa mais imbecil que já li.

Anónimo disse...

Foram muito bem enganados.
Duvido que se consiga tirar da cartola coelho mais relapso.

Anónimo disse...

Sim,relapso sobretudo por não meter a quadrilha xuxa na cadeia.

Anónimo disse...

Palavras para quê?!. É um artista do PSD