quarta-feira, 18 de julho de 2012

De boca aberta

É lamentável a diferença de conduta do ainda procurador-geral da República (PGR), Dr. Fernando Pinto Monteiro, entre os casos de José Sócrates (nomeadamente, os novos documentos sobre a licenciatura rocambolesca na Universidade Independente, a alegada adulteração da ficha biográfica na Assembleia da República, novos elementos sobre no próprio tribunal onde se julga o processo Freeport, a «extensão procedimental» do Face Oculta, as centenas de milhões de euros em contas offshore da família e as parcerias público-privadase o caso da licenciatura de Miguel Relvas na Universidade Lusófona que, segundo disse em 13-7-2012, o «deixou de boca aberta» e a reagir «como o público em geral».

De boca aberta ficámos nós com a sua conduta nos casos socratinos, tal como o embaraço que sentimos com o «caso perdido» do Freeport, que culminou no pedido de absolvição, em 16-7-2012, do Ministério Público do Charles Smith dos «brown envelopes» e de Manuel Pedro que se teria alegadamente gabado do pagamento de «500 mil contos» (ver DN, de 20-3-2012) a um personagem identificado como Pinóquio (ou ao «filósofo» - ver Sol, de 9-7-2012) ou a não extração imediata de certidões para novo inquérito criminal sobre José Sócrates, tantas foram as declarações comprometedoras feitas no tribunal do Barreiro onde o caso foi julgado.


* Imagem picada daqui.


Limitação de responsabilidade (disclaimer): As entidades referidas nas notícias dos media, que comento, não são arguidos ou suspeitos do cometimento de qualquer ilegalidade ou irregularidade.

24 comentários:

Anónimo disse...

José Sócrates Carvalho Pinto de Sousa, residente em Paris, entregou Portugal à Finança Internacional. Será julgado, tarde ou cedo, pela clara perda de soberania de Portugal, perante o interesse estrangeiro. Será sempre proscrito por todos os portugueses de bem.

Anónimo disse...

Será que o que diz que é Padre Januário vai ajudar a promover a venda de cannabis num supermercado junto de si, em apoio aos amigalhaços do Bloco? Jesus Cristo merece melhor do que Vendilhões do Templo. Serão sempre amaldiçoados, todos os Vendilhões. E o outro amigo, o avôzinho Jerónimo também vai dar uma trepe de cannabis aos netinhos?

Anónimo disse...

Nada como Luanda, com as garinas, as mulatas, umas boas Cucas, uns cigarros AC, junto do Fetungo de Belas é que se vive bem. À noite, vai-se até ao Mussulo, dançar até tombar.

http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=583031

O ministro-Adjunto e dos Assuntos Parlamentares de Portugal, Miguel Relvas, chegou hoje, a Luanda, ao princípio da noite (hora local) para uma visita de dois dias, mas não fez declarações à imprensa à chegada.O governante, que vem a Luanda representar o Governo português na celebração do Dia de Portugal, no âmbito da 29.ª edição da Feira Internacional de Luanda (FILDA), que se assinala na quinta-feira, começa o primeiro dia da visita com uma reunião com o ministro de Estado e da Coordenação Económica de Angola, Manuel Vicente.

Depois de intervir na celebração do Dia de Portugal na FILDA, Miguel Relvas participa à noite no «Mesa Portugal», evento organizado pela Câmara de Comércio e Indústria Portugal-Angola, para assinalar o 25.º aniversário da criação.

Diário Digital / Lusa

Anónimo disse...

Luanda tem muitos negócios. A Sonangol é a segunda maior empresa de África. Dinheiro. Muito dinheiro. Não há melhor paraíso fiscal. Até o Bispo Louçã deixou de falar mal da Monarquia dos Santos. Vivam os Kwanzas. Muitos Kwanzas para uma parceria Lusófona.

O LICOR BEIRÃO disse...

ESTE PINTO SÓ DEIXA DE PIAR QUANDO LEVAR COM 10 BRIOCHES PELA GOELA ABAIXO.A PAULINHA ENFIA-LHE DEPOIS UM CLÍSTER DE 10 LITROS DE LICOR BEIRÃO PARA LIMPAR.

JOGO DO GAMÃO disse...

O ANTÓNIO BEAST,O RATO MICKEY E O RABBIT STEPS ANDAM A NO GAMANÇO?QUEM SOUBER QUE RESPONDA...

O PINTO DESAVERGONHADO disse...

Porque não te calas Pinto Calçudo?Em Novembro vais ter muito tempo para palrar em Vale de Judeus.

NÃO ESQUECEMOS disse...

Quando sair em Outubro este gajo vai ter de recitar de castigo e de memória todas as escutas do Sócrates e do Vara atado a um Pelourinho.

Anónimo disse...

Há muitos anos que infelizmente sofri na pele as consequências das cumplicidades e encobrimentos dos socialistas que desde os anos 80 me apercebi como funcionavam.

Anónimo disse...

Bochechas, porque no te callas?

Anónimo disse...

O bolachudo chulo da nação,diz que uma licenciatura manhosa como a do Relvas,idêntica a mais uns quantos figurões mais ou menos Seguros,é intolerável para as pessoas de bem.
De boleia,diz que os portugueses não querem mais este governo que está a cumprir o acordo socialista com o FMI.
Portanto o Emaudico e Melancíaco mostrengo,é o porta-voz das pessoas de bem e dos portugueses em geral.
Como recebeu a procuração,desconheço.
Apenas recordo isto,que na óptica do animal,não é intolerável.

http://www.tvi24.iol.pt/politica/soares-socrates-freeport-justica-tvi24-ultimas-noticias/1182117-4072.html

O CEVADO disse...

O Porco Soarini está mesmo maduro para ser enviado para o Bois ser enrabado pelo Filusufu da treta.

O CABELEIREIRO DOUTORADO disse...

SE RAPAR OS CABELOS AO FILUSUFU,AO HERBÁCIO E AO PAI DA PÁTRIA ANTES DE ENTRAREM EM VALE DE JUDEUS TAMBÉM TENHO DE PASSAR FACTURA?E SE VENDER VIAGENS AOS 3 PARA SE IREM DOUTORAR MASSACRES CAUSA NA SÍRIA PELO ASSAD?

Anónimo disse...

Esses massacres são dos bons,não são contrafacção.
O Assad está apenas a evitar que o povo seja explorado pelo capitalismo.
Todos os que são eliminados,passam a constituir uma comunidade socialista nos Céus,que será dirigida pelo Policarpo.

simon disse...

E porco és tu, ó cevado, seu despeitado. E está o António bué de preocupado, ante a injustiça tamanha. ó caro senhor, para começar, o dito pgr começou por dizer, temerariamente, que o curso do revas não sofria de nenhuma ilegalidade e só despois que a vergonha havia de ser tão grande é que, instado de novo, se declarou sensível ao abuso maçon do padrinho e mafioso. Que o revas não fica a dever ao sokras,. bem ao contrário, maior bronco, abusador, campónio, ladrão, tosco e feio. E bem devias ter tb vergonha .

simon disse...

e estes liberais de m... mafiosos iguais a xuxas, maçons de avental, ridículos, ó ladrões da pátria, bando de relvas, como de pedantes, mentirosos passos .

simon disse...

Sequer, isto parece reservado à elite dos revas e passos .

MACACU SIMÃO disse...

HOJE JÁ LIMPEI O CU AOS MEUS PADRINHOS SOARINI E SÓCRETINI.COM A LÍNGUA COMO ELES GOSTAM.AINDA ESTOU A LAMBER AS BEIÇOLAS...

Anónimo disse...

Então, e Perella distribui proveitos por quem? 50 milhões de euros de comissões? Onde estão as comissões distribuídas? Nos Caimões?

Anónimo disse...

De boca aberta sim. Ouvi o Sr Dr PGR na TSF a vangloriar-se que a PGR iri abrir inquérito (caso Relvas) se se verificasse algum ilicito criminal como por exemplo falsificação de documentos. Que me diz o Sr Dr dos documentos do Socrates com nº de telefone falsificados. Toda a gente os leu. Toda a gente os viu. Então?!
A justiça selectiva deste PGR mete nojo. Um dia não muito distante espero ver este PGR ser condenado por denegação de justiça.

O CLONE disse...

Depois dos brioches que engoli no Bois não paro de falar.Em troca de um brioche dou uma entrevista.O Briocheiro-Mor deve estar contente comigo.

Por Outro Lado disse...

Justiça Cega
A Procuradoria-Geral da República (PGR) está a analisar todas as notícias relativas à polémica da licenciatura do ministro Miguel Relvas e que ...
Dos cerca de oitenta mil milhões que o Estado gasta por ano, cerca de cinco a seis mil milhões de euros vão para os grupos que tem capacidade de influenciar o Estado...

Três temas que se cruzam de forma peculiar: Cursos à la minute, um Procurador atento, e 6 biliões de euros que se escapam todos os anos do orçamento do Estado.

É obvio que equiparar uma licenciatura, obtida através dos créditos da frequência e exames do respectivo programa curricular, a uma licenciatura obtida sem frequência e exames, é no mínimo incorrecto, injusto para quem estuda, e desprestigiante para quem se presta a esse tratamento desigual. Mas deveria ser sobretudo uma matéria de fiscalização por parte do Estado, para evitar a existência de instituições com essa prática, para mais instituições creditadas pelo próprio Estado. Ou seja, mais uma vez o Estado, disperso pela excessiva intervenção enquanto agente no mercado, "esquece-se" de exercer uma das funções essenciais da sua governação, que é a de fiscalizar e controlar abusos da actividade privada.
Paralelamente, o mesmo Estado, paulatinamente controlado pelas organizações partidárias, que se tem vindo a transformar em máquinas de assalto ao poder do orçamento do Estado, vê anualmente serem desviadas somas astronómicas, provenientes dos bolsos dos contribuintes, com a influencia e interligação a grupos que orbitam à volta do "poder vigente". Mas essa é uma ponta do iceberg, já que é apenas uma pequena parcela na proporção dos maus investimentos realizados por má governação. Vejam-se os exemplos multiplos de estádios de futebol, algumas ppp´s, equipamento militar não utilizado,instituições inuteis ou redundantes,gasto descontrolado em consumíveis no exercício das diferentes funções do Estado.
Mas, correndo o risco de parecer cínico, temos um Procurador atento e vigilante. Pena é que parece haver um ligeiro desfoque entre o essencial e o acessório, para mal de muitos e fortuna de alguns.

Anónimo disse...

Nesta história da "licenciatura" de Miguel Relvas, quem tem estado muito caladinho é o PS e em particular o seu líder. AJSeguro.
Na sua página do Parlamento, informa-se que também é licenciado nessa matéria das ciências ocultas que dá pelo nome de "Relações Internacionsis".
Não haverá um jornalista que possa começar um trabalho de jornalismo de investigação, procurando descobrir se, como, onde e quando António José Seguro tirou a tal licenciatura?

Anónimo disse...

Desde quando a "frequência em mestrado..." é uma habilitação literária?