quarta-feira, 13 de junho de 2012

Flash chula


Flash mob de protesto no banco Bankia, em Sevilha, em 17-5-2012
(enviado por um leitor)

Se a moda pega por cá, teremos também ações de protesto popular no BPN de Oliveira e Costa (e Francisco Bandeira), no BCP de Armando Vara ou na Mota-Engil de Jorge Coelho ou até nas instalações do grupo parlamentar do PS (ou no gabinete do ex-secretário de Estado e atual deputado Paulo Campos), ao som e ritmo português moderno: a chula... E os versos, adaptados:
«Ó chula, que foste chula,
Agora, ainda o és.
Ó chula que nos viraste
A cabeça para os pés!...»



Limitação de responsabilidade (disclaimer): As entidades referidas nas notícias dos media, que comento, não são suspeitas, ou arguidas, do cometimento de qualquer ilegalidade ou irregularidade e quando arguidas, gozam do direito constitucional à presunção de inocência até ao trânsito em julgado de eventual sentença condenatória.

14 comentários:

Anónimo disse...

Os protestos não devem ter lugar nos locais indicados,mas sim junto dos vigaristas que presidem ao sistema de justiça deste país e à sede do governo.
Com o Sebastião José,já o Encobridor e as ajudantas dançavam num candeeiro.
Quanto à AR,é só fazer uma ponte rodoviária para Vale de Judeus.
As listas eleitorais devem servir para poupar trabalho à PJ,é só adicionar-lhes as palavras:
-Most wanted e o valor da recompensa.

Anónimo disse...

http://www.jn.pt/PaginaInicial/Sociedade/Educacao/Interior.aspx?content_id=2606014

E os docentes universítários, preferem manter o lugar/ordenado e olhar para o lado??

Q disse...

Grande post!

Anónimo disse...

Não tenham ilusões....Aqui não acontece nada.

Carlos Sousa

Anónimo disse...

Ó Dr ABC, convenhamos que o caso BPN, do Oliveira e Costa, PSD, e de outros figurões laranjas, merecia destaque especial. Mas não, está no mesmo embrulho de muitos outros. É da formatação...

Primeiro foi a Grécia. E por cá diziam que a culpa era do Sócrates.
Depois foi a Irlanda. E por cá diziam que a culpa era do Sócrates.
A seguir Portugal. E, ainda mais, por cá disseram que foi culpa do Sócrates.
Agora foi a Espanha. E por cá, ainda, continuam a dizer que foi culpa do Sócrates.
Amanhã será a Itália. E vão continuar a dizer que foi culpa do Sócrates.
Depois chegará outro, e outro, país. E a culpa será sempre do Sócrates.

Afinal, e como muitos entendidos na matéria de cá começam a dizer (mas nunca o Dr ABC, cuja formatação está enraizada) o problema de Portugal vai muito para além das culpas do Sócrates. É mais profundo, e está para lá do nosso cantinho.
Mas, convenhamos, ainda funciona mandar as culpas para o "defunto" político. Até a côr das meias do Sócrates serve para o "ataque"...
Até quando?

José Freitas disse...

Tivemos o azar de não jogar nada até sofrermos o golo.
Na primeira parte estivemos a ver os alemães a jogar, que até jogaram bastante mal, passes errados para a área de Portugal, péssima finalização, caso contrário tínhamos sido goleados. Pepe rematou quase bem e Suíça 5 – Alemanha 3.
Só começamos a jogar quando sofremos o golo, mas já não havia tempo. A pergunta que se coloca é esta. Por quais razões não começamos a jogar logo no início do jogo, como a Suíça, que lhes ganhou por 5-3?
Amanhã temos a Dinamarca.
É interessante o blog.
O excelentíssimo António Borges quer que os salários de fome passem a ser salários de muita fome. Mas ele ganha um salário muito interessante e é mais um «moralista», ontem fartou-se de pregar a sua moral para os outros, mas que não usa para si próprio, na RTP1, depois da 22.30.
O LAZER É ÓPTIMO, O PIOR É QUANDO FALTA O SUBSÍDIO DE FÉRIAS.
Um programa recente da SIC Notícias disse mentiras sobre o caso «Equador», que tem frases inteiras copiadas de «Cette nuit la liberté».
MST é um «moralista» anti-Esquerda.
É sempre bom conhecer melhor um «moralista».
A Censura anda muito activa nos comentários dos blogs. Espero que deixe passar este comentário.
Em www.anticolonial21.blogspot.com está a verdade inconveniente sobre a cópia de partes de «Cette nuit la liberté» por Miguel Sousa Tavares para o livro «Equador».

Anónimo disse...

Os Tugas querem é minis a 50% num Pingo Doce mais próximo. Enquanto houver dinheiro paa minis, o Sócrates, o Cavaco, o Duarte Lima, o Isaltino, o Vara, o Relvas, o Perestrelo, o Oliveira e Costa, o Soares, a Morgado, o Pinto Monteiro ou a Candida, podem dormir descansados. A fábrica de Vialonga ou de Leça da Palmeira, não pára.

Em Espanha, a música é outra. Os mineiros asturianos podem etr o mesmo efeito do vendedor de fruta de Tunis.

Anónimo disse...

http://educar.files.wordpress.com/2012/06/relvas.jpg

Outro... Vamos lá a ver se teremos o prazer de ler "O DOSSIÊ RELVAS / A investigação do percurso académico de Miguel Relvas"

Anónimo disse...

Mais um frete do contribuinte português:

http://economico.sapo.pt/noticias/banif-vende-participacao-em-subsidiaria-brasileira-a-cgd_146466.html

O Banif vendeu ao grupo Caixa Geral de Depósitos, por 55,7 milhões de reais (21,4 milhões de euros), os 30% de participação que possuía na Banif Corretora de Valores e Câmbio, subsidiária brasileira do banco português.

A venda foi informada em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) e resulta de uma 'call option' (opção de compra) acordada em Fevereiro deste ano, quando a Caixa Geral de Depósitos obteve a participação de 70% do capital social da corretora

Anónimo disse...

Lá vem o Socretino com a missão de falar no Relvas.
Tem a bancada cheia de trafulhas e falsários e tem o topete de falar no Relvas.
Deves estar muito preocupado com o Relvas,tanto quanto estavas preocupado em manter os delinquentes que nos levaram à falência,no poder.

Anónimo disse...

Relvas em breve deixará escapar mais uma trafulhiçe das suas artes de estar na vida

Anónimo disse...

Vamos ler com certeza, "a arte de não fazer nada, e viver em Paris, depois de sacar centenas de milhões de euros em comissões". Cada Tuga tem aquilo que merece.

Anónimo disse...

Investiguem as viagens fantasmas na Assembleia da Republica e a associaçao de Relvas a esse negocio tao lucrativo

Anónimo disse...

O Relvas está a fazer cócó para ti e para os pedófilos do teu partido.
Investiguem as PPP's que essas não são fantasmas.
Investiguem os Pedrosos da Casa Pia.
A Lurdes da Fundação.
Se sobrar algum fantasma,avisa.
Ehehe