sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Manual de um golpe de Estado socialista: o caso Tecnoforma


«Andy: (...) there's a small place inside of us they can never lock away, and that place is called hope.
Red: Hope is a dangerous thing. Drive a man insane. It's got no place here. Better get used to the idea.»

Frank Darabont (1994). Shawshank redemptionGuião: Stephen King
(a partir do conto «Rita Hayworth and the Shawshank redemption»,
1982, inserido na coleção «Different Seasons») e Frank Darabont.

Andy is right. Not Red. Hope springs eternal. Spring! Hope.

O ferrismo tinha uma tecnologia, que o socratismo aprimorou. Enquanto praxis política, o ferrismo tinha um clã; Sócrates não tinha amigos (nem mesmo Vara): tinha, e tem, servos, que usa e deita fora, se necessário for (como Portas...). Por isso, Sócrates bateu Pedroso e matilha.

Passos foi apoiado por Sócrates na fase de ascensão interna no PSD. O objetivo era derrotar o cavaquismo ativo de Manuela Ferreira Leite - nem era Cavaco, em si, cuja fragilidade conheciam (o medo, o dinheirito e o genro), mas quem o motivava e apoiava. E principalmente o justicialismo patriótico, que era uma ameaça muito perigosa, e que podia derrubar o sistema em que prazeiteiramente viviam.

Quando, em março de 2010, Passos Coelho e Miguel Relvas ganham o PSD, o aliado de ontem de Sócrates passou a ser o novo adversário. Ainda que os canais entre as duas linhas jóticas se mantivessem, e mantenham, abertos.

As antenas na segurança social/formação profissional, que infestam a administração desse setor do Estado, reportaram a colaboração de Pedro Passos Coelho com a Tecnoforma. E, a exemplo de outras organizações, a Tecnoforma sofre, a partir de 2010, o assédio do socratismo. Um assédio de auditorias e inspeções (para recolha de informação comprometedora) da administração socialista e também através dos seus peões na Comissão Europeia, determinando o estrangulamento financeiro que a precipita para a ruína. Neste casos, não é necessário provar nada, basta atrasar pagamentos e, com base na suspeita, bloquear novas candidaturas a ações de formação e prestações de serviço financiadas pelo Estado e pela União Europeia. Avisado insistentemente Passos, este, já no poder a partir de junho de 2011, faz orelhas moucas, com receio de que qualquer ligação o pudesse comprometer mais ainda. Mais do que já estava com a sua alegada colaboração no financiamento estatal e comunitário de ações da Tecnoforma, via Centro Português para a Cooperação (CPC), mediante o alegado pagamento de «mil contos (cerca de 5 mil euros», «todos os meses, durante cerca de 3 anos», num período compreendido entre 1997 e 2001. Passos sabia bem o que tinha feito. E, na prática, a Tecnoforma cai.

Em junho de 2014, António Costa candidata-se a líder do PS. Coincidentemente, é enviada uma denúncia anónima - assinada pelo anagrama «Vasco» (muito se diverte esta gente!...) para a Procuradoria-Geral da República (PGR). A denúncia, que o Observador publicou, em 29-9-2014, foi objetivamente um trabalho de serviços de informação. Dir-se-á, -e bem! - que Passos não se pode queixar: deixou os socialistas nos lugares críticos, de topo e intermédios, do aparelho coercivo do Estado (informações, impostos, controlo dos fundos comunitários, etc.). Todavia, a Constituição da República não permite a realização a ninguém em Portugal fazerem dossiês destes - nem ao pessoal das operações negras sempre em ligação com os das operações suaves. A Constituição e a lei do País não permitem a escuta, as ameaças veladas (e expressas), o acesso a dados de telecomunicação, a vigilância física, a perseguição de pessoas e a triangulação de telefones... Que acontece agora!

Do que falo? Observando a denúncia do «Vasco» sobre Passos Coelho, verifica-se que foram obtidas informações junto de diversas fontes:
  1. Tecnoforma: detalhes do acordo entre o administrador Fernando Madeira, Passos Coelho e João Luís Gonçalves, com a revelação do Centro Português para a Cooperação, pagamentos, agências das contas bancárias da empresa, nome do contabilista.
  2. Assembleia da República: a informação de que Passos estava em exclusividade no perído em que recebeu o dinheiro que a os média calcularam em 150 mil euros.
  3. Banco Santander (ex-Totta): a informação de que a conta de Passos era na agência do Pragal (Almada). Não se trata apenas de um número de conta, como seria eventualmente possível a alguém da Tecnoforma saber. Diz-se, na denúncia, que havia pagamentos por transferência bancária (além de cheques). A informação de que essa conta de Passos era conjunta só pode ter sido obtida no banco e com violação do segredo bancário
  4. Administração fiscal: a informação de que Passos não descontou sobre esse dinheiro recebido, nem o declarou às Finanças.
O fecho da denúncia tem outra patetice indiciária: «espero que se faça justiça para o bem da nossa sociedade». O anagrama «Vasco», que trata a procuradora-geral da República na denúncia com um curioso estatuto de superioridade ou igualdade de rankCara Sra. Procuradora-Geral da República») em vez do habitual e respeitoso «Exma. Senhora Procuradora-Geral da República», pretende mostrar-se como alguém de direita, com saudades do «a bem da Nação» («para o bem da nossa sociedade»). Esqueceu-se o anagrama «Vasco» de dizer qual sociedade... Mas a gente (povo) imagina...

A denúncia não foi feita por um whistleblower da Tecnoforma, interessado na justiça. A técnica, os meios, o acesso despudorado a informação confidencial de bancos e do fisco, e a sincronia, da denúncia anónima expressam a sua origem: os serviços de informação do socratismo, agora em aliança com os arqui-inimigos.

E que fique absolutamente, claro, como já ficou que aqui não se branqueia a conduta de ninguém, atual ou passado, seja de que partido for. Mas essa condição de avaliação política também não pode evitar a explicação da tentativa de golpe de Estado preparada pelo socratismo-ferrismo-costismo.

Costa, coitado, da mesma cepa, mas sem tropas suficientes e menos bem apetrechadas, é refém do ferrismo e do socratismo, pois viu-se compelido a aceitar ter Ferro Rodrigues como líder parlamentar: António Costa, venenoso sinaliza que não queria, mas teve de aceitar a imposição, dizendo, no comunicado de 30-9-2014, que «agradece a disponibilidade de Ferro Rodrigues, vice-presidente da Assembleia da República e antigo-secretário-geral do PS, para este desafio»!... Ferro precisa da visibilidade do lugar para ser candidato a Presidente da República (Carlos César é o candidato a querer emular Mota Amaral...). Veremos se Sócrates consente...

A orquestração mediática (até do CM!...) socratino-ferrosa, em junho de 2014, com ataques de notáveis e impressão de unanimidade, como sondagens  de que Costa seria melhor primeiro-ministro para que Seguro se demita foi terrível. Todavia, Seguro, frustou no curto-prazo o golpe, e ainda que fosse receoso (um político a temer pela vida!...), e decide lutar. O calendário atrasa-se, mas o propósito de tomar o partido e o Estado mantém-se. O novo-velho PS está aí de novo para guinar pelas habituais curvas da estrada suja do poder antidemocrático.

Este golpe de Estado socialista falhou. Passos com a sua sonsice (o José é que cunhou esta...) assobiou para o lado relativamente a uma denúncia com factos prescritos, que a PGR arquivou, e disse aos adversários que provassem. Os extratos bancários e as declarações fiscais ainda não apareceram, mas mesmo que surjam ficam odres velhos. Costa não queria o desgaste de um ano de oposição, e a porcaria da câmara a encher as páginas de jornais e o espaço dos noticiários dos meios restantes, mas tem de o gramar (veja-se o caso do novo quartel dos bombeiros de Lisboa a demolir pela Câmara salgada para ceder os terrenos para o Hospital da Luz da Espírito Santo Saúde...).

Falhado este golpe, o alvo subsidiário da aliança socratina-ferrosa-costista é Portas. O ataque já começou. Fica para outro poste essa análise.

E daqui, desta trincheira de combate, de onde vos escrevo, asseguro: não confundimos o adversário. Veremos se existe, ou não, vontade de o combater do lado de Passos, provado que está o erro quase fatídico de um entendimento com Sócrates. Em qualquer caso, aqui não temos outro desígnio senão a Pátria, que servimos com a abnegação possível.


Limitação de responsabilidade (disclaimer): As entidades mencionadas nas notícias do média, que comento, não são suspeitas ou arguidas do cometimento de qualquer ilegalidade ou irregularidade.

77 comentários:

Anónimo disse...

"qui não temos outro desígnio senão a Pátria"

Lindo! faz-me lembrar o Presidente do Conselho tão dedicado, tão cheio de certezas ...

Anónimo disse...

Curioso, que até o maior dos bandalhos da nação tuga, de nome Mário Soares, também já utiliza o termo "pátria". Termo, "pátria", que sempre foi do rincão dos que se revêem num Portugal sério, limpo e digno. Pátria que os Soares e Alegres, jamais serviram, e da qual se servem há décadas.

Bem definido o carácter pulha do homem de Vilar de Massada, verdadeiro escroque produzido por uma nação em degenerescência acentuada. O falsário jamais será leal a quem quer que seja, nem sequer a um filho.

O outro, Costa, de seu nome, tem o perfil dos Indianos que aportaram a Quelimane. A sobrevivência a qualquer custo. A subida no elevador de qualquer maneira. Nada que não se tenha visto, sempre com os deuses e com todos os diabos, sejam eles o criminoso Almeida Santos, o Sampaio ou o zarolho Vieira da Silva.

Quanto ao "Vasco" será um qualquer companheiro da Irmandade, que figura habitual com as medalhas na lapela da miséria maçon, do género daquele Godinho de Matos que se sentava junto do Espírito Santo, sem botar palavra, mas a rapinar os proveitos para o pecúlio da família.

Vão acabar mal. Graças a Deus.

O Maharaja disse...

A perseguição sistemática à Tecnoforma antes da chegada de Passos ao poder pelo gang Sócretino-Ferroso dirigida pela batuta do "Maestro" Vesgo Sarolho está toda documentada em vários departamentos do Estado e aí muitas línguas sabem do que se passou e é tempo de contarem como a canalha Sócretino-Ferrosa viola sempre como regra de conduta Direitos,Liberdades e Garantias e atenta contra o Estado Democrático...para além de outras violações abundantemente documentadas ao longo do processo da Casa Pia....

Anónimo disse...

O Passivo da CMLxª do camarada António Costa, no final de 2013 ascendia a 1,42 mil milhões de euros.O ROC levantou um conjunto de reservas sobre as contas num montante superior a mil milhões de euros. Em causa estão as verbas registadas em 4 rubricas, das quais se destacam as dúvidas em relação aos 841,5 milhões de euros de "Bens Valorizados Desconhecidos". A vendida e parcial comunicação social está calada e finge que não deu por nada. Neste caso não é uma denúncia anónima, é um parecer de uma entidade idónia que certifica milhares de milhões de " bens desconhecidos". É a imprensa da Merdocracia da Abrilada!

A Mim Me Parece disse...

A mim parece-me que o anagrama de Vasco pode ser mesmo Vasco: conheço a criatura quando jovem e já na altura adorava aparecer ou fazer o serviço de outro a quem desejava imitar e/ou agradar. E demonstrou sempre ao longo da sua vida que se mantinha fiel aos seus princípios (ou à falta deles). E hoje é suficientemente petulante para tratar a PGR por "Minha Cara". Parece-me que lhe assenta bem assumir este frete "a bem da sociedade" a que pertence esperando que ela o recompense com o que "achar por bem".

Anónimo disse...

Já todos sabemos que o caso da Tecnoforma e da sua apêndice ONG que sugou milhões de euros para nada, ou melhor para dar umas valentes massas a alguns amigos PSD, não passou de uma arma de arremesso de uns tantos socialistas para, tão só, denegrir a imagem do Passos e companhia.
Não se passou nada de anormal. Como tb na compra dos submarinos, e por cá, tudo foi feito com lisura.
O que preocupa, agora, o Dr ABC e companhia é o Ferro Rodrigues ser o líder parlamentar. E qualquer que fosse o líder do PS era visto como uma má escolha. Aliás para o Dr ABC e companhia não há nenhum socialista que preste.
No PSD são todos ótimos, tudo gente séria, uns tipos porreiros.
Apre!...

Anónimo disse...

"Vasco". "Nós seremos a muralha d'aço". "Vasco, Amigo, o Povo está contigo". "Vasco só há um, o Lourenço e mais nenhuma". Até um anónimo Vasco faz mexer uma nação. Só o assalto da troupe do Espírito Santo está isenta de qualquer aleivosia, apesar dos biliões de perda que irá causar. A propósito, o que terá a ver com isto, o Dr. Daniel?

O Maharaja disse...

Vamos lá pôr cá para fora toda a história do KGB clandestino socialista mais as execuções sumárias e Goulags que criaram após 1995 ao melhor estilo dos comunas pistoleiros e golpistas de Novembro de 1975...há muito para contar e será contado de como os comunas de 1975 se transformaram em gatunos milionários do Estado Democrático e Social...enquanto pelo caminho iam enrabando fedelhos...porcos,maus,feios e ferrugentos !!!

Anónimo disse...

Qual a diferença entre esta organização e as que operam na Itália e são combatidas pela Justiça?
Na realidade, na Itália não gozam de impunidade total. São combatidos.
´
Os portugueses têm que despertar.O país é pasto de máfias que recebem o poder total sobre a nação porque se confuguram como partidos políticos.
Esta forma de operar simples,mas revolucionária,mimetizando o que os bandos comunistas fizeram noutras nações,confere-lhes também o domínio das forças de segurança e dos serviços de investigação do Estado.
Veja-se como o Sampaio estava um passo à frente das investigações da pedofilia na Casa Pia
http://observador.pt/especiais/ferro/
e como o Socretino foi informado que estava sob escuta no caso Face Oculta
http://economico.sapo.pt/noticias/governo-socrates-estava-informado-das-escutas-no-face-oculta_188980.html

Ao dominarem todo o aparelho, tornanm-se parceiros do grande empresariado e do capital financeiro.Veja-se como foi fácil o assalto à banca pela Máfia Socretina.

É bom que os cidadãos comecem a reflectir.



Anónimo disse...

69 é o número de sorte de Ferro. Et pour cause...

Anónimo disse...

Comentador típico aposentado ou quase*.
Aposentado com tempo inteiro, com muitas percentagens, como muitos direito adquiridos...


* - trabalho no terciário ou pior Adm. Pública.

Anónimo disse...

o Marinho e Pinto aposentou-se há pouco tempo, mas ainda não arrumou as botas.

Anónimo disse...

http://www.jornaldenegocios.pt/opiniao/colunistas/baptista_bastos/detalhe/o_ps_vai_dar_a_volta.html

O velho antifascismo tinha sido a fita gomada dessa coesão, apenas momentânea. Porque, convém saber, o próprio antifascismo não possuía ideologia: era uma grande frente moral que congregou republicanos, monárquicos, comunistas e democratas contra a servidão e a brutalidade que percorriam a Europa. Foi preciso muita coragem, muito desprendimento da própria vida para servir a causa. E a causa era tão singela e tão definitivamente importante como o é a da liberdade. A princípio, o PS foi essa caldo de culturas e de propósitos. Adicione-se-lhe um anticomunismo protozoário, porque a Guerra Fria (e os seus padrinhos alemães) assim o exigiam. Era a possível resposta da social-democracia ao comunismo e à "ameaça soviética." A história é mais complicada; porém, estas são as linhas gerais do enredo€€.

Voltando ao que nos traz, António Costa vai ter de enfrentar pesadelos e problemas enormes. Tudo faz prever que, como Sampaio e João Soares, em tempos, na Câmara, talvez deseje uma nova coligação com o PCP. O pânico da direita advém dessa possibilidade, embora as obstruções e os obstáculos sejam numerosos. Mas não podemos continuar a viver nestas águas tépidas dos compromissos imorais, que conduziram o País a esta situação calamitosa.

Anónimo disse...

o socialismo é isto, franco!

http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=734257

Ferro Rodrigues diz que socialistas devem orgulhar-se do legado de Seguro

Anónimo disse...

Estamos a gostar do arranque.

http://observador.pt/2014/10/03/antonio-costa-e-ana-drago-vao-ao-congresso-livre/

O candidato a primeiro-ministro do PS vai ao primeiro congresso do LIVRE neste domingo. Junta-se a este encontro da esquerda Ana Drago, ex-BE, e Paulo Fidalgo, da Renovação Comunista.

Anónimo disse...

Estou-me cagando para o segredo de justiça

Anónimo disse...

PRÉMIO NOBEL DA IMBECILIDADE 2014 - Professor Doutor, Excelentissimo e Nunca Por Demais Louvado: Balbino Caldeira.
Só um requintado imbecil pode julgar que Portugal é um país de imbecis, e que ele é o único inteligente.

Anónimo disse...

Oh pá, tivemos a visita do inteligente, "porreiro, pá"!

O Rei dos Imbecis de Vilar de Massada, que é o expoente máximo do chico-espertismo.

Anónimo disse...

http://www.publico.pt/politica/noticia/portugal-viveu-o-regime-de-salazar-sob-uma-calma-soberana-afirma-eduardo-lourenco-1671816

António Oliveira Salazar foi o “ditador mais hábil” do século XX europeu e “normalizou o país durante quase meio século”, tendo apenas uma minoria como oposição, afirmou esta sexta-feira o filósofo Eduardo Lourenço. Os portugueses não tinham, então apego suficiente à liberdade para se moverem? “A maioria não. (…) Todo o país estava numa calma soberana, embora os que eram contra pagassem a conta…”

Anónimo disse...

O Eduardo Lourenço está velho,Pertence ao rebanho que louvaminha o Soares,a sua vaca sagrada.
"Os que eram contra" eram os comunas a soldo de
Moscovo,onde vicejavam Alegres e companhia.
Deram-lhes o poder e estamos conversados.Os democratas da treta enricaram sem que se saiba de onde e o povo ficou empenhado até ao tutano.
Campeia a vigarice a a impunidade.
O sr dr Eduardo Lourenço pode limpar as mãos à parede.
Hoje temos mais censura e manipulação do que antes.
O que diz o sr dr Eduardo?
Nada.Limita-se a repetir slogans e bacoradas politicamente correctas.
Tanto estudo esturricou-lhe os miolos.

Anónimo disse...

Os socialistas não estão agradados com o legado de Seguro.Se estivessem não o corriam para lá colocar a pileca do Costa Traficante de Influências.
O legado verdadeiro do Seguro é só um.E desse o PS foge a sete pés.
Seguro denunciou o Partido Invisível que é o verdadeiro PS,o que se move longe dos olhos do público,o sindicato do crime que vive na sombra.
Foi esse PS que excretou o Seguro.
O resto é farsa.

Anónimo disse...

http://www.publico.pt/local/noticia/antonio-costa-aprovou-projectos-do-hospital-da-luz-antes-do-novo-plano-estar-em-vigor-1671582?google_editors_picks=true

Esta notícia nunca fará furor nos telejornais onde pontificam as Felgueiras.
Trata-se de uma violação da lei.Curiosamente,o Zé Faz Falta não deu por ela.Não embargou.

Um frete ao Espírito Santo,obrado pelo Costa que vai no andor.

Porco Ferrugento disse...

Com jeitinho e muita banha no cuzinho no momento próprio ainda acabaremos a comer o monhé...o gajo julga que manda mas quem manda somos nós...já tem mais de 10 mas ainda deve chiar quando o enrabarmos,não achas Vesgo?Prepara o doutorado em tortura e o P. para também lhe enfiarem umas quantas vezes....

Anónimo disse...

O Governo ainda não apresentou o OGE para 2015, o Orçamento ainda não é conhecido, ainda não foi divulgado, mas o Dr. António Costa, sem o conhecer, já anunciou que vai votar contra.

Porco Ferrugento disse...

O Monhé faz o que eu lhe mando fazer!!!

Anónimo disse...

O Marques Mendes diz que a escolha do Ferro, foi boa!

Anónimo disse...

ÚLTIMA HORA

O Sócrates foi o culpado pela bronca na colocação de professores, por isso, ainda, não originou a demissão do Crato.

O Sócrates foi considerado culpado pela bronca criada na Justiça, por isso, ainda, não foi demitida a Ministra.

Anónimo disse...

Que bronca? És anormal?
A bronca é a campanha de propaganda que as tv's andam a fazer contra o governo e contra o Crato?
O começo das aulas é igual a todos os outros anos.Nunca foi perfeito.
O facto de cada estação de tv entrevistar 120 comunistas em cada noticiário não muda a realidade.
Ouvi no jornal da 9 uma professora (comunista escolhida a dedo) a lamentar que duas semanas depois de ser colocada numa escola,agora tenha sido recolocada.
A sra estava sobretudo muito agastada porque " em duas semanas fazem-se amizades e criam-se afectos que se vão perder".
Se o ridículo matasse...
Outro comunistóide convidado,perorava que mesmo que os problemas de colocação de professores só afectassem 2%,era muita gente.
Ainda há que dê crédito a estes trolhas?

Anónimo disse...

A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol III
No caso da farsa do despedimento coletivo do Casino Estoril,passam já quatro anos sem fim à vista por atraso da justiça a maior parte das pessoas estão na miséria e vão inevitavelmente por falta de ordem económica entrar em pobreza profunda este é o maior espectáculo de drama deste Casino Estoril o maior da EUROPA.

http://revelaraverdadesemcensura.blogspot.pt/

Anónimo disse...

Os merdia, em conjunto com a tralha socialista fazem um xavascal por causa dos concursos dos professores.

A realidade é estas: os problemas com os concursos dos professores envolveram cerca de 2.000 professores. No total o sistema público de educação tem mais de 100.000 professores.

Estamos a falar de problemas com 2% dos professores.

Se Portugal tivesse 2% das pessoas com problemas, seríamos muito felizes.

Vão bardam....

Porco Ferrugento disse...

Sou a Sombra do Monhé...onde ele está lá estarei sempre para o tapar....jovem...bonito...branco....louro...de olhos azuis...como sou...acabarei por o papar e ocupar o lugar!

Anónimo disse...

http://www.jornaldenegocios.pt/economia/politica/detalhe/ferro_rodrigues_diz_que_presidente_da_republica_devia_ter_feito_autocritica.html

O Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, propôs hoje uma reflexão sobre o regime político português, destinada a encontrar soluções para os problemas de governabilidade, que considerou ser urgente.

"É urgente procedermos a uma reflexão séria sobre o regime político português e encontrarmos em conjunto soluções para os problemas que afectam a governabilidade da nossa República", defendeu o chefe de Estado.

No seu discurso, o chefe de Estado afirmou que "os portugueses são dos povos da União Europeia que demonstram maiores níveis de insatisfação com o regime em que vivem", advertindo para o seu afastamento da vida cívica, para o perigo do populismo e do carreirismo partidário.

Ressalvando que, no seu entender, "os portugueses não estão insatisfeitos com a democracia ou com a República", Cavaco Silva assinalou os estudos que evidenciam "a insatisfação dos cidadãos e a sua falta de confiança nas instituições – sobretudo nos partidos".

Anónimo disse...

Um regime assente no sufrágio universal só funciona com uma imprensa livre e independe e com um poder judicial nas mesmas circunstâncias.
Quando estes estão subvertidos, deixa de ser democracia e passa a ser um pântano onde impera o crime organizado.
Isto já se verifica em Portugal e tem uma agravante, o país não tem elites sãs e patriotas.Em 74 deu-se um verdadeiro triunfo dos porcos.
Quando os partidos não trabalham a para o interesse nacional, o regime não serve e não adianta cantarem-lhe hossanas.

Anónimo disse...

O Presidente da República tem noção que, se o "Calhinho" continuar a fazer das suas, o psd será o próximo partido do táxi.
Os velhos têm memória, a classe média também.
Nunca se sofreu tanto com um político só por não ter palavra e coluna vertebral.

Portugal vencerá sem eles.

Anónimo disse...

De facto o Sócrates não tem coluna. Lançou-nos numa miséria tremenda. E, veja lá que há bestas que se queixam da cura e não da doença.
Mas, deixe lá. As coisas vão-se recompor se o Ferrugento e o gang das bancarrotas não regressar ao pote.

Anónimo disse...

O apagamento da História,de que tivemos exemplo esta semana última,leva a que osportugueses não conheçam o passado,para que os mistificadores tenham carta branca para enganar e trair ainda mais.
A tal deputado do PCP que pediu a remoção dos bustos dos presidentes,confessou ser ignorante em História. Deixo-lhe aqui um lembrete do que fez o partido dela,a meias com o PS de Soares.
Quando dizem que a revolução dos cravas foi feita sem sangue,mentem descaradamente.
Mas,com esta comunicação social que temos, é fácil mentir a milhões de pessoas.

http://origemdasespecies.blogspot.pt/2007/10/27-de-maio-de-1977.html

Anónimo disse...

Pelo que leio aqui, para alguns "amigalhaços" da laranjada, as broncas ocorridas na justiça e na educação não são nada de anormal e por isso tudo bem, nenhuma consequência para os principais responsáveis, os respetivos ministros.
Estou elucidado.
Apre!...

Anónimo disse...

Apre, que é burro!

O futuro para o que resta de Portugal vai muito para além da espuma do Citius e de 50 professores não - colocados.

O saque do Espírito Santo é muitíssimo mais grave. A falência da nação, por via de uma falta de projecto dos mais capazes, a emigração permanente, o envelhecimento crescente, o endividamento asfixiantes, isso são questões que o socialismo nem quer ouvir falar, quando mais discutir.

Vai-te encher de moscas, burra!

Anónimo disse...

Não me espantaria muito que o Citius tivesse sido sabotado.
Nada percebo de informática, mas percebo o suficiente de socialismo.
O Citius foi montado pela quadrilha socretina durante o processo Casa Pia. Os investigadores foram compelidos a registar diariamente os progressos do seu trabalho.
Não é preciso ser muito inteligente para tirar algumas conclusões.

Anónimo disse...

anónimo das 6 de Outubro de 2014 às 17:23

O Citiuis é utilizado sómente nos tribunais, não invente.

Anónimo disse...

http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/banca___financas/detalhe/ricardo_abecassis_espirito_santo_ia_perder_a_idoneidade_dada_pelo_bdp_antes_disso_demite_se.html

Ricardo Abecassis Espírito Santo deixou de ser administrador do Banco Espírito Santo de Investimento, o BESI. O membro da família Espírito Santo demitiu-se daquele cargo que ocupava no universo BESI, actualmente integrado no Novo Banco, anunciou a instituição em comunicado.

A decisão surge depois de o Banco de Portugal ter entregue um projecto de deliberação em que se anunciava que ia retirar a idoneidade àquele administrador que era também membro da comissão executiva do BESI e ainda presidente do BESI Brasil.

Anónimo disse...

E o Dr. Ricciardi? Mantem-se idóneo?

O Dr. Passos estava ontem, com o Dr. Marques Mendes e com o Dr. Ricciardi, no fórum empresarial do Algarve.

Será que o Dr. Ricciardi se mantém idóneo? Apesar de fazer parte de várias administrações do grupo GES? Porque será que o apelido Salgado ou Abecassis são diferentes de Ricciardi?

Anónimo disse...

Notícias vindas a público no Observador davam como infundadas parte das acusações da carta anónima.

Anónimo disse...

Qual será a próxima cartada do Salgado?

Anónimo disse...

O filho da put do Soares, a levantar o véu.

http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=735061

«Ricardo Salgado, de quem sou amigo, está calado e muito bem», defendeu o co-fundador do PS, não deixando de imputar responsabilidades no caso BES ao Banco de Portugal: «Tem imensas culpas e a sua gestão já devia ter sido modificada», salientou, não deixando de criticar também o Governo de Passos Coelho, por ter começado «por pôr em causa um banco que se deveria ter preservado».

Já sobre o ex-primeiro-ministro José Sócrates, o antigo Presidente da República reitera a «velha» amizade que mantêm, deixando a garantia de que o ex-PM «não quer voltar à política». «Acho que não é isso que quer fazer. Mas sim o seu doutoramento», acrescentou.

Don Soarini disse...

O Don Ricky deve manter o bico fechado para bem da sua saúde e da Nostra...o boy de Vilar deve ir pastar e levar...o Costa encobrir tudo....e o Ferrugento comandar comigo a mandar....

Anónimo disse...

Bava & Granadeiro já destruiram a PT.

Falta o Costa destruir o pouco que resta desta choldra

Anónimo disse...

Pergunto:
O roubo, pela laranjada, no BPN vai prescrever?
O caso dos submarinos vai ficar pela inenarrável Comissão Parlamentar "conduzida" pelo PSD e CDS?
Os ministros da Educação e da Justiça vão manter-se nos lugares?

Anónimo disse...

cá está o socretino de serviço ao DoPortugalProfundo. Vai estudar, vigarista, fazer o doutoramento que prometeste fazer com a ajuda do Manel Pinho.

Anónimo disse...

Os estudos ficaram para o amigo do Passos, o Relvas...
E agora tb o ruinoso de Gaia, o dr. laranja Menezes e amigo do peito do Passos, vai para consultor da Engil.

Anónimo disse...

Estas mudanças no seio da Oi poderão ter repercussões no conselho de administração da Oi. A Broadcast afiança que o CEO da operadora brasileira, o português Zeinal Bava, está de saída e que será substituído interinamente por Bayard Gontijo, o actual director financeiro.

A venda da PT Portugal, bem como a alienação da participação da Africatel poderá ser fundamental para a Oi garantir a redução da sua dívida que ultrapassa os 46 mil milhões de de reais (14,8 mil milhões de euros).

http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/telecomunicacoes/detalhe/btg_avalia_activos_da_pt_portugal_nos_65_mil_milhoes.html

DÍVIDA DA OÍ 14. 8 MIL MILHÕES , leram bem 14.8 mil milhões de dívida vejam onde o indiano e a sua seita meteu a P.T, nunca mais levantam cabeça os acionistas foram bem enganados

Anónimo disse...

a vida dos seguidores de Ghandi. um na Oi/PT. Outro na Camara de Lisboa, de onde não sai, se não lhe garantirem outro pouso.

Anónimo disse...

Nem a alegada chico-espertice da TDT serviu.

Ainda continuo à espera de uma TDT portuguesa com 40 ou 50 e tal canais gratuitos.

Anónimo disse...

Sobre a TDT, pergunta-se ao Relvas, da Irmandade maçon tuga.

Anónimo disse...

Gostei de ver os "abraços e beijinhos" entre o Passos e o homem forte do BESI.

Isso da Tecnoforma e da tal ONG são tretas dos socialistas. Nestas casas, bastante produtivas para o país, tudo foi feito com lisura.
Não acha Dr. ABC?

Zephyrus disse...

«Sobre a TDT, pergunta-se ao Relvas, da Irmandade maçon tuga.»

Mas o Poiares Maduro diz que quem decidiu isto foi o Governo PS.

Anónimo disse...

Hoje, na escola Pedro de Santarém, chgou cerca de dúzia e meia de indivíduos, colaram uns panfletos, chegaram as câmaras de tv, deram as entrevistas habituais, cheios de indignação e seguiram às suas vidas os presumíveis encarregados de educação e as câmaras de tv, despachados que estavam da incumbência.
Fiquei elucidado sobre a indignação que as tv's veiculam um pouco por todas as zonas do país.
Não consegui foi perceber se o PCP também fornece o transporte.

Anónimo disse...

As laranjas vão começar a cair de podres. Já se fala em Rui Rio... Olha que malandro, enfiaram o barrete preparado pelo Chamuscado.

Anónimo disse...

Rio, deixa-me rir! Depois do Goês, Costa, que o viam como o Salvador, agora o Rio, para fazer o grande casamento do Bloco Central para salvar o Regime do Dr. Soares.

Deixa-me rir! Mesmo que os credores perdoassem a dívida a Portugal, Portugal não conseguia gerar mais receitas do que despesas.

Podem chamar o Costa de Goa, o Rio do Bolhão, o Soares do Vau, o Cavaco de Boliqueime e o Marcelo das homilias, que a nação tuga não é viável.

A emigração e a pobreza vieram para ficar. Claro que o Marinho e Pinto é que vai salvar muita ala perdida e penada...

Anónimo disse...

Há um velho ditado que diz: se vires um indiano e uma cobra, aproxima-te da cobra...

eis de quem nos devemos aproximar quando soar o toque...

Anónimo disse...

"Se vires um Zeinal e uma cobra,aproxima-te da cobra"
Foi assim que me contaram :)

Anónimo disse...

Mais um amigalhaço do vigarista sócrates que se entalou, de nome indiano zeinal. Despedido pelos brasileiros de quarta categoria da Oi.

Deus é grande!

Anónimo disse...

Ó Dr ABC já viu que agora foi a vez do António Cluny receber o pagamento pelos serviços prestados ao PSD...
E outros se seguirão. Ainda há tempo!...

Anónimo disse...

O Zenal meteu as crias do Guterres,Teixeira dos Santos,Marcelo Rabelo e do Sampaio a mamar nas tetas da PT, vulgo bolso do contribuinte.
Tudo no sentido de aprofundar a democracia e a promover a igualdade,rumo ao socialismo,como manda a nossa Constituição.

Anónimo disse...

Marcelo que navega em águas profundas corruptas de uma nação em desaparecimento. Férias e fanfarras com o Salgado, Granadeiro e Marcelo, e respectivas, sempre a saquear um povo tolinho e sem consciência de acreditarem nas homilias tontas da elite tuga. Depois do banho no Tejo, o banho na corrupção Salgada.

Anónimo disse...


E eu a pensar que o Vasco da " Teconforma " era o mui ilustre Prof Babiano Caldeira!

Anónimo disse...


Ó Dr ABC, tenha calma!... Com tanto fel, ainda morre ao trincar a língua. E lá se vai a sua prosa.
Haja paciência para tamanho asno.

Anónimo disse...

Socretino sabujo, vai conspurcar e jugular para as corporações. Arranja lá emprego ao Zeinal, junto do teu patrão Lula. Depois da putativa prisão do Vara dos robalos, o Zeinal é despedido à cão pelos brasileiros de 4ª categoria da Oi. Quem pagará o doutoramento do grande vigarista na Universidade do manel Pinho? O sangue do Brasil vai ficar complicado pela derrota da Dona Dilma...

Anónimo disse...

Os merdia tugas a lavrem a honra do moçambicano bava.

http://www.jornaldenegocios.pt/mercados/bolsa/detalhe/oi_tomba_mais_de_5_na_bolsa_de_sao_paulo_depois_de_zeinal_bava_bater_com_a_porta.html

Oi tomba mais de 5% depois de Zeinal Bava bater com a porta

Anónimo disse...

Este blog tornou-se num do género "cobracascavel007" e quejandos.

Anónimo disse...

Este blog preocupa-se com a perenidade da nação portuguesa. E isso, não importa à maioria dos tugas que pululam por aí. Ainda bem. Aguardemos que os tugas comecem a emigrar, para que a nação portuguesa volte ao domínio dos seus valores.

Anónimo disse...

O Dr ABC não está em grande forma. Como é possível deixar passar em branco este "problemazinho" na educação?

Se fosse em outros tempos, e com outros protagonistas, esta casa enchia com prosa arrasadora.

Coitado do Dr ABC nunca pensou ver tamanha incompetência a quem defendeu com unhas e dentes.
Mete pena!...

Anónimo disse...

Mete dó a golpada que o Bava deu nos accionistas da PT, em conjugação com o Granadeiro, mais o Salgado, o Ricciardi e até a companheira das horas livres do Marcelo. Isso até mete pena. Logo o Salgado que é amigo do Dr. Mário Soares, e ex-financiador de operações várias de cobertura ao filósofo do sangue vendido nas ruas da América Latina. É verdade. Mas, a Lulu Rodrigues também mete dó, pois todos os dias ingere lexotans só de pensar que tem que pagar os 100.000 euros que deu ao Mano Pedroso. A ser assim, como vai ela pagar o apartamento da Avenida de Roma, em Lisboa, com um magro salário de professora do Iscte? Que pena!

Anónimo disse...

O "problemazinho" com a Educação chama-se partido comunista e sua correia de transmissão,os sindicatos corruptos.
Os países comunistas não têm "problemas" com a educação nem com coisa nenhuma. Tudo se resolve com um tiro na nuca, uma corda em volta do pescoço ou um Gulag.

Recebem a informação da célula no Ministério sobre as escolas em que há professores por colocar. Convocam os pais comunas e bloquistas, geralmente uma a duas dúzias, que filmados ao nível da cintura e sempre em movimento diante das câmaras de tv, dão a ilusão de multidão. Tudo combinado com as tv's que aparecem à hora marcada e deixam o local de seguida ao mesmo tempo que os papás que se indignaram por 15 a 20 minutos.
Depois, é a vez da marquetagem televisiva xuxa que faz o resto.

São 40 anos de truques baratos. Já só é enganado quem quer.

Quanto aos Ratos, depois de todas as escandaleiras do Socretino, que nunca se demitiu e do próprio Ferrugento que levou a sua candidartura a PM até ao fim, no meio de acusações de pedofilia, deviam ter mais vergonha na caveira.

Anónimo disse...

Muita gente na TSF, defendeu hoje as listas de pedófilos, conforme proposta de Paula Teixeira da Cruz.

Até as Associações de Pais querem ter acesso a listas de pedófilos...o Gama, o Ferro, o Paulo, o Filipe Pereira, e ...

Anónimo disse...

Vou deixar aqui um comentário lateral, pode ser que o "blogueiro" se inspire.
.
1- Governo português doa 25mil euros para a reconstrução da Faixa de Gaza.
.
2- CMLisboa doa 40mil euros à Fundação Mario Soares.
.
3- Aconselho os senhores da Faixa de Gaza a irem falar com o A. Costa em vez de andarem a perder tempo com o Coelho !

Anónimo disse...

Então limpa a palha deveria Passos ter limpo os lugares de topo e das toupeiras, para que assim, a alternância funcione, diga-se a ladroagem que tomou conta do Estado e da Pátria que tanto gosta de citar.
serão diferente? são no estilo apenas. este e os outros governos e as personagens são gente do submundo de um País martirizado por ladrões eleitos, sem excepções da esquerda à direita e é escusado quando existe um povo que tem a mesma doença.