quarta-feira, 14 de agosto de 2013

O Diabo veste rosa

José Sócrates Guilherme d'Oliveira Martins ao Ação Socialista Diário Económico, em 13-8-2013: «Não diabolizemos as PPP, não diabolizemos os "swaps"»...

Primeiro, a «incúria» era dos outros, a tutela não tinha nada a ver com os swaps contratados pelos gestores públicos, depois foram os outros que os pressionaram a fazer swaps, agora os swaps não são assim, tão maus... Apesar dos três mil milhões de euros de prejuízo para o Estado.

A orquestração socratina chega a ser patética, com maior estrondo no Diário EconómicoOut of the rose, cada dia salta um novo solista pseudo-independente com um trecho harmónico supostamente improvisado mas já prescrito na sinfonia.. Os naipes soam alternados, mandados levantar pelo maestro, cada vez menos na sombra, sob o olhar embevecido do financiador do concerto, que arrisca pôr o seu grupo financeiro a brincar ongoing à politiquice, enquanto a sua família abastada se entretém a «brincar aos pobrezinhos»...

10 comentários:

Anónimo disse...

enquanto andam a brincar com o povo ás conversas de swaps, a canalha apurada elaborou a estratégia de despedimentos de milhares de funcionários para tapar o buraco de trapalhices como a dos swaps, BPPs, Relvas outros gatunos, Sócrates e associados, BPPs, Parcerias Públicos Privados, derrapagens e outras comedias.
Por azar do povo não aparece um governo como deve ser que enfie estes responsáveis na prisão

Anónimo disse...

Simplesmente, um nojo.
Mas, para mim, a questão central é:
- Como saímos disto?.
Para as autarquias "o circo" está montado. Mesmo que votemos nulo muitos dos concorrentes circences vão instalar-se.Em muitos camanhas não há uma ideia digna desse nome. Fotos e foleirice.

Anónimo disse...

Anónimo das 14 de Agosto de 2013 às 08:40, sobre os funcionários; como esta medida só atinge os assistentes técnicos e assistentes operacionais, ou seja as categorias mais baixas que ganham no maximo 600 euros, ninguém quer saber.
Passe em revista os blogs para ver se este assunto é abordado?
Por ex: Pergunte aos professores que trabalham nas Escolas/Inst. Superiores/Universidade qual é a sua opinião ... Já me disseram que os serviços que podem ser feito por pessoas sem Lic. deviam ser todos por "outsourcing".
Existem diversas classes na Adm. Pública que para manter os seus direitos, não se importam com o despedimento dos outros.
Os atingidos nao tem conhecimentos, poder de mobilização...
desculpe o desabafo.

Anónimo disse...

Haverá mais patético que ver a palha no olho do vizinho e não ver a trave no seu?

Anónimo disse...

patético
adjetivo
1. que suscita piedade; que comove
2. pejorativo que é considerado ridículo por explorar as emoções até ao excesso
nome masculino
1. arte de despertar nos outros emoção ou piedade
2. aquilo que comove
(Do grego pathetikós, «comovente», pelo latim pathetĭcu-, «idem»)
ver definição de emoção...

patético In Infopédia [Em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2013. [Consult. 2013-08-14].
Disponível na www: .

Contra os Velhos do Restelo disse...

É por demais evidente que a função pública deve levar uma valente vassourada. Vassourada essa deve ser dada, claramente, nos incompetentes.

Por que é que um incompetente funcionário público não pode ser despedido?

Anónimo disse...

Contra os Velhos do Restelo
Sim um funcionário público incompetente deve ser despedido.
Também deve ser despedido-julgado um director, chefe, ou seja aqueles que são nomeados pela "camarilha" política para os gabinetes e para assessores e que dão as ordens e que tornam os outros verdadeiros funcionáios em incompetentes. Sim aqueles que dão as ordens para os funcionários "lixarem" os outros portugueses e ficarem na sombra.
Sou funcionário e não politico.
Não sou comuna, nem socia.
Estou farto de aturar os gajos das nomeações para o lixar a si, porventuram. Esses entra e saem de acordo com os ciclos eleitorais e deixam sempre a COISA-ESTADO mais fodida do que estava. Não fale do que não sabe.

Antonio Cristovao disse...

a trampa que se faz no dia das eleições vai ver-se pelome nos quatro anos! nos outros dias basta puxar o autoclismo e desparece.
o despedimento nesta altura tão dificel é um drama mesmo para o maior incompetente. e não vejo os verdadeiros corruptos serem despedidos mesmo com prejuizos provocados de milhares de milhoes. Alguem pediu o despedimento do Vitor Constancio? e que o BPN vai ficar caro.

Carlos Medina Ribeiro disse...

Por muito confusa que seja esta coisa dos 'swaps' (e por isso mesmo), a ideia que passa para o povo é que se trata de algo que abrange os 3 partidos do "centrão".
Assim sendo, o passo seguinte é dividi-los em "swaps bons" e "swaps maus", conforme o responsável por eles for do "meu" partido ou dos "outros".

osátiro disse...

GOM perdeu grande oportunidade de estar calado!!!
como Presidente do T.C., (embora não faça nada, figura decorative, mas com milhares de €€) devia ter cuidado com a língua.
o T.C e a I.G.F. são responsáveis pela bancarrota de muitas Câmaras (falta de fiscalização), pelas PPP mafiosas (falta de fiscalização), e pelos "Swaps",8idem aspas
o T.C pq fiscaliza preventivamente
o chamado VISTO
e TC e IGF pq deviam fiscalizar as contas, portanto, á posteriori...
k fizeram?
NADA
NADA, absolutamente.
e repare-se
são organismos do Estado onde se ganha MUITO acima da média da função pública!
GOM devia era apontar o dedo aos seus subordinados q deixaram a situação neste ponto
em vez de desculpabilizar os gastos mafiosos em direção á bancarrota