sábado, 2 de março de 2013

Queremos as nossas vidas!


As manifestações de hoje, 2 de março de 2013, no País, com o lema «Que se lixe a troika! Queremos as nossas vidas!» constitui um protesto vigoroso contra a austeridade desigual que o Governo tem imposto aos portugueses. Entendido esse protesto nessa perspetiva - não contra a União Europeia e o FMI, que nos emprestam o dinheiro, mas contra a austeridade iníqua e a corrupção - conta com o nosso apoio.

Assim, esse protesto não absolve - jamais poderia absolver! - os dois governos anteriores de José Sócrates, nem todos os governos irresponsáveis e toda e qualquer instituição ou pessoal corrupto. É mais uma demonstração de repugnância contra austeridade seletiva, que poupa uns e castiga sucessivamente outros. E mais. Contra a política deste Governo - mas não só deste... Contra a polivalente corrupção de Estado. Contra o autismo político corrupto, seja em dinheiro, seja em tacho futuro - um autismo que levou ao extraordinário resultado de cerca de 90% do eleitorado contra as políticas iníquas de austeridade, nas eleições legislativas italianas, de 24-25/2/2013, em Itália... Contra a política de pressão,  controlo e intimidação do poder judicial. Contra a prioridade à proteção dos bancos, nomeadamente dos bancos estrangeiros credores de consórcios e bancos parasitas, em detrimento da economia portuguesa. Contra o desperdício de dinheiro nos BPNs dos amigos e as decisões de Estado (como a da nacionalização do BPN) tomadas para atingir fins políticos em vez de benfícios económicos e fiscais. Contra a irresponsabilidade, a imunidade e a impunidade judiciais dos dirigentes políticos prevaricadores, dos quais muitos se mantém em postos elevados da administração. Contra uma política monetária de moeda forte (euro caro para benefício dos reformados e assalariados alemães), em tempo de falência económica generalizada - ainda que a depreciação não resolvesse totalmente a perda de competitividade. Contra a proteção dos oligopólios (Galp, Brisas, EDP, PT, etc.) em vez dos consumidores. Contra uma política aduaneira distorcida, que beneficia a produção dos países mais ricos da União Europeia, enquanto abandona os produtores dos países pobres à concorrência desleal do dumping social chinês e de outros países asiáticos. Contra o desaforo das mordomias de políticos e dirigentes do Estado: carrro, motorista, refeições, só deveriam ser concedidos ao nível de ministro - o resto só mediante requisição justificada para deslocação de serviço. Contra a insistência de um modelo ideológico caduco que crê na capacidade do Estado criar diretamente empregos, quando os empregos são criados pelas empresas que não podem ser estrangulados por impostos. Contra a punição fiscal do trabalho, em vez do consumo e da riqueza. Contra obras faraónicas do Estado e das autarquias, decididas para gerar comissões para os decisores políticos. Contra as políticas de fomento económico seletivo, que servem principalmente para desviar dinheiro para as empresas em que os decisores políticos são parte, direta (sim, sim!) ou indiretamente (através de luvas), em vez de baixa geral de impostos, deixando as opções de investir, ou não, à iniciativa privada. Contra a supremacia do apoio dos abusos, em vez do louvor ao trabalho. Contra a venda de património do Estado ao desbarato corrupto.

E é - tem de ser! - uma manifestação a favor da Pátria.

37 comentários:

PSC disse...

MUITO BEM!MUITO BEM!Só lamento que sejam outra vez os comunistas a terem razão e a aproveitarem-se de todo este imbroglio em que nos meteram desde o 25 de Abril!Estralhaçaram Portugal e como dizia - aqui há uns dias uma Sra. na Caixa do Continente -
"E ninguém vai preso?"!
Portugal "É uma apagada e vil tristeza" como cantou o nosso Maior.

Anónimo disse...

O seu fascista, a culpa de Portugal estar como está não é dos comunistas, pois eles nunca estiveram no governo, mas sim destes governos neoliberais de direita e aos governos socialistas travestidos, acorda e deixa o preconceito e o amor ao fascismo que colocou na miséria milhões e matou outros tantos em Portugal e por toda a Europa..

JMCL disse...

Boa síntese!

Porque não fazer assim?
- reformar os políticos que temos;
- reformar o sistema político, já tão pouco representativo;
- para então reformar o Estado.

Há um prius em todas as coisas.

Anónimo disse...

Sr comunista desmemoriado,estiveram sim.Estiveram no I governo constitucional e no tempo do Gonçalvismo ditavam lei.
Foi o suficiente para a onda de nacionalizações e ocupações,saneamentos,etc.
Foram inspiradores de uma constituição a caminho do sucialismo.
Estão por detrás da entrega do Ultramar aos comunas soviéticos e a torcionários que assassinaram milhares de pessoas e perseguiram outros tantos.
Essa praga infiltrou-se no aparelho judicial,nos departamentos de informação dos orgãos de comunicação,etc.
E no mundo sindical foi o que se sabe,arruinaram as melhores empresas do país.
Têm as mãos tão limpas que receberam o Pedroso entre abraços e urras na AR.
Foram a muralha de aço de Guterres e Sócrates no aumento irresponsável da dívida externa.
Os coministas não são democratas,combatem a democracia.
Foram eles que estiveram ao lado de Sócrates ao impedirem as escutas telefónicas que o juiz de Aveiro considerou de ataque ao Estado de direito,de servirem como prova na CPI.
São dos poucos que estão conscientes de que as políticas do PS arruinariam o país e foi por isso que apoiaram.Quanto pior,melhor.
É esse caos o seu caldo de cultura para a revolução do proletariado que buscam sem encontrar.
Ser comunista é ser traidor da pátria e intoxicador de massas.

Anónimo disse...

Eu não acredito neste governo porque não acredito no Relvas

Anónimo disse...

Feios,
Porcos
E
MAUS!!

Estou farto de atrasados mentais.
Que se lixem os comunistas, os fascistas e ladrões...
e toda a porcaria que anda por ai....

Oração dos socialistas disse...

Que se lixem os portugueses,queremos os nossos tachos de volta.

Anónimo disse...

"Eu não acredito neste governo porque não acredito no Relvas"

Pois não.Acreditavas era no outro porque tinha lá o Vara e o Lello.
Acreditavas no governo de Guterres,porque tinha lá o mesmo Vara e o Sócrates.
Acreditavas nos governos do Soares porque tinham lá o próprio,essa encomenda descrita por Rui Mateus.
Ehehehe.
Estes xuxas são cómicos.

QUE SE LIXE A CORRUPÇÃO DE ESTDO! disse...

"QUE SE LIXE A CORRUPÇÃO DE ESTADO" É AQUILO QUE TODAS AS ESQUERDAS CORRUPTAS E A DIREITA CORRUPTA QUE ESTÁ NO GOVERNO NÃO QUEREM QUE SE FALE.COM A MORENA PODEM BEM...ROUBARAM ONTEM,ROUBAM HOJE,QUEREM VOLTAR A ROUBAR AMANHÃ.NA SOMBRA, O TESOURO DE GUERRA SÓCRETINO PAGA TODAS AS CUMPLICIDADES A TODOS OS NÍVEIS ESPERANDO OS GATUNOS SÓCRETINOS REGRESSAR AO GOVERNO E À IMPUNIDADE A REBOQUE DO SEGURO COM TODOS OS RISCOS.OS CORRUPTOS DO GOVERNO TAMBÉM SUSPIRAM PELO REGRESSO DA GATUNAGEM SÓCRETINA QUE LHES DARIA AMANHÃ A IMPUNIDADE QUE DERAM AOS SÓCRETINOS ONTEM.UMA MÃO LAVA A OUTRA....A MERDA VAI PARA A CASA DA PIA OU O ISCTE.

Anónimo disse...

Caro companheiro,

Deixas no post uma excelente lista de reformas que o Estado deveria fazer. O que já é duvidoso é que o Estado desta terceita república as possa fazer sem se autoaniquiloar.

Por outro lado, escreves - e bem - que temos de pôr fim ao modelo ideológico que insiste em considerer o Estado como criador de empregos, o Estado como sacador de impostos. Esta ideologia tem um nome: socialismo. A este respeito, não pode haver ilusões: a maioria das pessoas que estiveram na manifestação são socialistas, uns mais radicais que outros, mas socialistas.

Falta, portanto, explicar de forma entendível por todos que foi e é o socialismo aliado ao sistema financeiro internacional que nos trouxe aqui, e por aqui nos promete manter por muitos e maus anos.

Abç

Floribundus disse...

despejem aqui e noutros locais a vossa frustração
comeram e não querem pagar a conta

ainda a procissão vai no adro e já estão aflitos

divirtam,-se para esquecer

Anónimo disse...

Caro Professor Balbino Caldeira,

Segundo os comunas da Soeiro Pereira Gomes, "vivemos a longa noite fascista".

Agora, os Tugas que criaram o Portugal de Abril, "vão viver a longa noite de miséria".

Os sucialistas maçons da carbonária levaram Portugal da I República ao fim em 1926.

Nas próximas décadas assistir-se-á à continuação no poder, de vampiros como o Sócrates, o Vara, o Relvas, ou o Passos, e respectivos vandalos, e a uma nomenkaltura na admnistração pública e no meio empresarial, que absorverão os poucos recursos da nação. Ficarão por cá, os empregados de mesa da Maçonaria e da Opus Day. De resto, todos os abandonados emigrarão, se quiserem comer.

É a vida! (como dizia um ex-PM, que pediu perdão por ser mau governante).

Limpem as mãos à parede, todos os socialistas e comunas, pois vão comer o pão que o diabo amassou, por muita Grandola que cantem.

Frederico Gastão disse...

Sr. Balbino

Puxe as orelhas ao seu amigo Ramiro Marques que é um dos maiores propagandistas deste governo!

Anónimo disse...

E colocar o Passos Coelho em tribunal para o despedir por incompetência? Será que não se poderia abrir esse precedente? Algum cidadão interventivo que o faça?

Anónimo disse...

As semelhanças entre o PS e o PSD é que o Vara está para o Relvas assim como o Relvas está para o Vara. 2 bandidos que o sistema judicial faz vista grossa

Anónimo disse...

Caros doutores da merda ide pro diabo que os carregue.
As universiades portuguesas são uma grandessíssima merda.
Assim como os seus professores...
A "ELITE" nacinal é rasca como o caraças...

Os resultados estão à vista....

Anónimo disse...

Apesar dos termos impróprios,este último comentário é cirúrgico.Ehehe.
Despedir o passos Coelho,diz aquele sr socialista.Não acho mal,deviam despedir todos os mediocres,porque a política portuguesa só tem gatunos e mediocres.
Pena não ter despedido o antecessor que nos deixou na bancarrota.
Pena não multarem o Seguro pelas aldrabices que propagandeia,fingindo que não é necessário o saneamento económico de um Estado corrupto e viciado,bem como os comunistas que envolvem as vítimas de Abril num mar de enganos.
"Que se lixe a Troika"!
Depois comem do ar.
Que anormalidade.
Que tal "que se lixe a corrupção e a vigarice"?
Que tal "cadeia para os corruptos e mandato de extradição para o Vígaro de Paris"?

Anónimo disse...

Não se esqueçam que Filipe Pinhal, antigo patrão do BCP vai dirigir os "Reformados indignados".

Ao que isto chegou, os GORDS revoltam-se. Ainda havemos de ver o Soares ao lado do Belmiro de Azevedo a sentirem-se indignados.

O João Cordeiro que lidera a corporação das farmácias e que tem milhões de activos, vai ser o candidato dos socialistas em Cascais. Porquê? Porque acha que a mulher do Sguro, que é dona de farmácia, pode vir a ser um grande negócio se o marido for para o poder. Assim, vai a merda da Tugoalandia.

Todos a fornicar os velhos e decadentes portugueses.

Carlos disse...

Subscrevo por inteiro este "post".

Anónimo disse...

Os portugueses têm a merda de governo que merecem. 1500000000 de portugueses que juntos manifestaram e nada fizeram para dar umas grande lições áqueles chulos do governo e da assembleia da republica. Povo de merda realmente

Anónimo disse...

Relvas não é fraude porque não tem carne de cavalo. É 100% burro

Anónimo disse...

1.500.000.000 manifestaram-se?
Isso foi só no Terreiro do Paço,segundo a organização,do PCP e BE.

Anónimo disse...

Os pulhas prepararam-se para a noite das FACAS LONGAS.

http://economico.sapo.pt/noticias/socrates-ja-devia-ter-assumido-as-suas-culpas-nesta-crise_164050.html

Freitas do Amaral assume as divergências que a determinada altura o afastaram de José Sócrates e diz acreditar que ele "não quis ficar para a História como o primeiro-ministro da austeridade", deixando para o Governo seguinte os necessários cortes de despesa.

O país já fez as pazes com José Sócrates?
Penso que não. E esta crise no PS - ou mini-crise - foi desencadeada por elementos próximos de José Sócrates. A primeira pessoa que fez uma declaração a dizer que havia uma crise de liderança no partido foi Santos Silva. Três dias depois veio Silva Pereira dizer que era preciso um novo congresso. Depois Vieira da Silva. Ora, independentemente de isto ter sido bom ou mau para o PS; isto denuncia uma certa precipitação do engenheiro Sócrates. Porque isto veio em consequência de almoços e jantares que ele promoveu. Alguns vieram em jornais. Enquanto o país estiver a sofrer, pelo menos metade do país dirá que isto foi o estado em que ele nos deixou.

Guterres veio fazer um ‘mea culpa' sobre a sua responsabilidade no estado do país. Sócrates ainda não o fez. Já o devia ter feito?
Já, mas não está no feitio dele.

Anónimo disse...

BURRO é o Tuga, que diz que não aguenta, mas AGUENTA. É burro. O Relvas tem casa no Rio ou em Luanda.

Anónimo disse...

O ENGENHEIRO Sócrates?
Ahahaha!
Depois de estar mais que desmascarado,o Vigarista ainda é tratado por engenheiro.
Que doentes!
Já Cavaco Silva,que é professor,é apenas Cavaco.
É assim,o sucialismo da treta.


O país fará as pazes com o Sócrates quando o trafulha cumprir a longa pena de prisão que os seus crimes exigem.
Já vai tarde.

Os mea culpa só dão para rir.
Alguém pedia a Guterres que o fizesse?
Claro que não.Pediam-lhe é que fosse para Vale de Judeus,já que encobriu uma verdadeira quadrilha de ladrões e pulhas que roubaram milhões.
Mas a impunidade da rataria já vem de longe.Vem do velho Padrinho fundador da Camorra lusitana.

Anónimo disse...

Este Freitas,diz-se,tinha o rabo preso na Pia de Casa.
Fez parte de um governo que tinha uma task Force para encobrir o escândalo.
Apearam os Santanas em desespero de causa.
O Sampaio não conseguiu chegar antes do Guerra pôr a mão no processo.

Como diz Catalina Pestana,só conhecemos a ponta do iceberg.

Anónimo disse...

http://www.rtp.pt/noticias/index.php?article=632759&tm=6&layout=121&visual=49

Recorde-se que os 500 maiores clientes do BPN deixaram de pagar as dívidas que tinham para com o BPN, e depois com as sociedades detidas pelo Estado que têm os ativos tóxicos do BPN, sendo que os maiores devedores são empresas e offshores ligadas ao grupo SLN, criado por Oliveira Costa e Dias Loureiro, com a maior dívida a pertencer a uma empresa de Emídio Catum e Fernando Fantasia, que pertenceu à comissão de honra da candidatura presidencial de Cavaco Silva em 2011.

Segundo uma lista divulgada pelo jornal Expresso no final de 2012 a lista dos 10 maiores devedores é a seguinte:

1. Pluripar - 135 milhões de euros – empresa ligada ao grupo SLN e aos empresários Emídio Catum e Fernando Fantasia (que pertenceu à comissão de honra da candidatura presidencial de Cavaco Silva em 2011).
2. Solrac Finance - 116 milhões de euros - offshore ligada ao grupo SLN, com contas no Banco Insular de Cabo Verde, e que servia para movimentar dinheiro para o BPN Cayman.
3. Labicer - 82 milhões - fábrica de cerâmica controlada pelo grupo SLN.
4. Cimentos Nacionais e Estrangeiros (CNE) - 82 milhões - empresa do grupo SLN.
5. Domurbanis - 69 milhões – outra empresa de Emídio Catum e Fernando Fantasia.
6. Marinapart - 66 milhões - empresa que tem a licença de concessão da marina de Albufeira.
7. Homeland - 50 milhões - fundo de investimento imobiliário criado para financiar a operação de Duarte Lima de compra de terrenos no concelho de Oeiras.
8. Jared Finance - 47 milhões - offshore do grupo SLN.
9. Paprefu - 44 milhões – outra empresa de Emídio Catum e Fernando Fantasia, que tem 1800 hectares de terreno junto do previsto futuro aeroporto de Lisboa na margem sul.
10. Zevin Holding - 43 milhões - offshore ligada ao grupo SLN que serviu para comprar 41 quadros de Miró.

Anónimo disse...

Como contribuinte, quero o meu Miró!

Anónimo disse...

http://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&v=3588JH9C-wM

Anónimo disse...

http://www.youtube.com/watch?v=G1x0Ete0vtM

Anónimo disse...

Neste País, gente intelectualmente desonesta e ignorantes é mato!
Os governos de Sócrates? vejamos:
Em 2007 já com três e meio o defice encontrava-se em 2,9 (6,8 em 2005) a "divida publica" da qual só os governos são responsáveis encontra-ve controlado em 68,6 e o País cresceu nesse ano 2,4 superior á media europeia. O governo era atacado pelas cassandras á esquerda por levar à pratica "politicas dev direita" mas enfim, a situação do País era considerada positiva. O descalabro veio depois,mas o que é que se passou? o governo passa num apice de competente a imcompetemte? bem o que eu presenciei foi o rebentar da bolha financeira e a crise bancaria mundial provocada nos USA pelo sub prime. Recordo-me que a UE do sr Barroso apelava aos paises que não se preocupassem com a divida nem com o defice para evitar uma putativa receção a nivel europeu, e no plano interno todas as cassandras à direita e á esquerda apelavam ao aumento da divida com os respectivos apelos de: cuidado com os dempregados,com as pequenas e medias empresas, com os agricultores, com os desprotegidos etc etc.Completamente cercado á esquerda e á direita na propria presidência da Republica e ainda por cima com toda a crise internacional em cima, não estou a ver que outro podesse fazer melhor...

Anónimo disse...

Lá tinha quer vir a aldrabice.
O critério de apreciação do défice foi um logro.A única bolha foi a viciação de contas,o descalabro das PPP,do BPN nacionalizado para proporcinar milhões ao bando.Os contratos leoninos para o TGV,com cláusulas criminosas.Os desvarios da CGD nas mão dos compinchas Varas e Bandeiras,etc.
A bolha tens tu no cérebro!
A crise portuguesa é criminosa,o resto é treta para enganar papalvos.
Vigaristas!

Anónimo disse...

boas, comecei a seguir o seu trabalho á relativamente pouco tempo, e gostaria desde já agradecer o seu trabalho.
ainda não vislumbrei tudo o que por aqui há, mas gostaria de deixar uma nota.
você investigou (e bem) o percurso académico do Sr. José Sócrates. Agradecia se pudesse, de fazer ago do género em relação ao nosso actual primeiro-ministro. gostava de ter alguma informação para lhe dar, mas a única coisa que sei, é que o nosso actual primeiro ministro demorou anos a completar a escola, e dum momento para o outro ao acabar os estudos, torna-se administrador/consultor/etc, de 7 a 9 empresas? a mim pedem experiencia profissional para o que quer que seja, mas a ele nada disso lhe foi pedido.
Nota, empresas onde ele trabalhava eram do Miguel Relvas, empresas que financiavam as empresas de Passos Coelho, eram do Miguel Relvas.

Como deve compreender estou a escrever muito por alto e com alguns erros de certeza, infelizmente já não tenho comigo o documento que permitia aceder detalhadamente a esta informação, mas penso que para alguem com os seus contactos, será relativamente fácil obter as informações.

Continuação de um bom trabalho.

Abraço e Coragem!

Anónimo disse...


Isto começou tudo com a "bolha imobiliária" nos Estados Únidos.
Como e porquê?

Interesses de homens de grande capital (13 familias, Astor, bundy, Collins, DuPont, Freeman, Kennedy, Li, Onassis, Reynolds, Rockefeller, Rothschild, Russel, Van Duyn)
Estas familias controlam todo o poder económico no mundo, alimentaram 2 guerras mundiais fisicas, e desde a dita "bolha imobiliária" iniciaram a 3ª guerra mundial (uma guerra financeira).
Porquê? O mundo não sobrevive a uma 3ª guerra mundial que fosse com base em armas de hoje em dia, logo é preciso atacar de outra forma.
Nas 2 guerras mundiais que houve, foram estas as familias que abasteceram os EUA e a Alemanha bem como os restantes países, de forma a que houvesse $$$ para as armas.
Guerra fria, quem financiou? Guerra do Iraque I quem financiou? Últimas guerras serviram os interesses de quem? de quem tem o $$$.

O caminho foi trilhado com mestria e ninguém se apercebeu, mas o que é certo, é que os jovens de hoje, não se preocupam com nada sem ser o próprio umbigo ao contrário dos meus pais e avós, assim sendo todo o planeta vai(está) ser alvo de austeridade, um pouco por todo o lado, esta austeridade serve para recapitalizar a banca (onde o poder das 13 familias está concentrado).
Os nossos jovens, como nem metem os pés nas urnas para não falar doutras coisas, vão deixar que isto continue. Esta sociedade jovem foi moldada para este fins. Antigamente Havia homens de 9 anos, hoje em dia há jovens de 30 e 40 anos!!
Com a recapitalização da banca, todo o poder económico vai para as 13 familías. quando acabar a austeridade, as 13 familias, com as suas fortunas maximizadas, vão então poder abastecer novamente o mundo de empréstimos e juros exorbitantes, dos quais vão voltar a tirar proveitos (é que casas não lhes dão proveitos, dái a bolha imobiliária), como uma crise nunca vem só, estes senhores que controlam as agências de notação de ranking económico, dispararam sobre a Europa. (Imagine que a Europa resolvia dar ajuda financeira aos EUA? não podia ser).

Para mim só há uma dúvida a dissipar.
A chanceler, Angela Merkel, está a remar para o lado da europa (Alemanha) ou está a remar a favor dos "outros".
É verdade que ela pede austeridade e sacrificios a todos, mas pede porque não está disposta a que o motor europeu (Alemanha) sustente a irresponsabilidade de outros estados, ou pede austeridade para contribuir para os interesses de "outros".
A resposta a esta questão é o que resta para saber o destino deste mundo.

Quanto a Relvas & Passos, Vara & Sócrates, não passam de fantoches nas mãos dos "outros". Lojas maçónicas? mais fantoches.
Se queremos um país sem fantoches, é necessário e imperativo:
- a redução dos deputados na assembleia da república em 50%
- para cada 1 politico como deputado, 10 cidadãos comuns (operários, motoristas, cozinheiros, agricultores, etc) como deputados
- carros do governo? 0 usem o próprio ou transportes públicos
- alteração do horário laboral a todos! isto é, todos os serviços, trabalhos, empregos, a funcionar em regime de 2/3/4 turnos, 18/20/24h de serviço por dia (+ produtividade, + consumo). Só para não falar apenas no aumento de produção e de consumo, isto poderia reduzir o desemprego do país para valores de 3% a 6% num periodo de tempo razoavelmente curto (máx 5 anos).
temos o material nas fábricas, temos as pessoas nas ruas, falta visão e estratégia!

PS: até isto pode não funcionar, quando os lideres de determinados países não colaboram com os "outros" normalmente aparecem mortos (Ex: Saddam, enquanto servia era bom; Khaddafi, enquanto servia também era bom), mas é preciso ter esperança.

Anónimo disse...

e porém há aí comentários muito sérios, bem ponderados, de gente inteligente, dada a pensar com justeza .

Anónimo disse...

E falta aí um 'dossier' Passos e outro Relvas, com de mais mafiosos, grandes tratantes desse governo ilegítimo que nos levou às boas, falsamente, por nos desgraçar a todos .

Anónimo disse...

http://achatcialisgenerique.lo.gs/ commander cialis
http://commandercialisfer.lo.gs/ cialis generique
http://prezzocialisgenericoit.net/ acquisto cialis
http://preciocialisgenericoespana.net/ cialis precio