terça-feira, 15 de janeiro de 2013

A proliferação da cultura da morte: agora a eutanánia



Mais um caso penoso de eutanásia: na Bélgica, dois gémeos, surdos de nascença, que estavam a ficar cegos, pediram a eutanásia, que lhes foi legalmente concedida. Foram mortos por injeção, em dezembro de 2012, revela agora o seu médico, David Dufour.

Segundo a NBC News, na Bélgica, em 2010 e 2011, foram legalmente mortos por eutanásia, 2.086 pessoas. A NBC refere ainda que a Bélgica está a considerar a introdução de uma emenda à lei que permitirá a crianças e a pessoas com demência a opção de de pedirem para ser mortos legalmente através de eutanásia.

Numa sociedade em que muitos homens já não aguentam o sofrimento e o fardo da vida, é o eugenismo regressa, agora empurrado pela esquerda romântica. Primeiro, vieram buscar os bebés, depois os doentes, depois os deficientes...

33 comentários:

Anónimo disse...

Sinceramente,gostaria de ter essa opção se estivesse numa situação limite.
Depois,as contas finais seriam entre mim e Deus.
Não vejo mal em sermos senhores do nosso destino quando já nada suportamos.
Há situações em que é cruel manter vivo um ser a que já só resta o martírio.

Anónimo disse...

Não consta que o Dr. Soares, internado no Hospital do Espirito Santo, segundo uns, por causa de um pequeno AVC, segundo outros, por uma pequena infecção gripal, tenha pedido a eutanásia.

Anónimo disse...

Dado que nunca respeitou as regras,devia ser dispensado das formalidades do pedido.
O corpo médico do hospital podia fazer-lhe esse obséquio.
Sendo à borla,ele nunca recusaria.

Ferreira, Luís Manuel Silva disse...

Sou uma pessoa com deficiência visual, baixa visão. Já sofri muito na vida não por ver mal, pois sempre vi assim, mas pela sociedade hipócrita, egoísta e preconceituosa que temos e que muitas vezes injustamente e por vezes ferozmente me maltratou.
Sou contra a todas as formas de morte, a morte tem de ser natural e só Deus tem o poder de decidir sobre a continuação da nossa vida, por isso, assassínios, suicídios, abortos, eutanásias, não são da minha conta e a meu ver ofendem a Deus e ao seu filho Jesus Cristo que querem que nós vivamos agora e mais tarde na eternidade celestial.
Cmpreendo que muitas pessoas com deficiência ou doenças graves queiram a eutanásia, pois nem sempre é fácil sofrer.
No meu caso ser uma pessoa com deficiência não me impediu de estudar, fazer a licenciatura, trabalhar e agora fazer o mestrado. Além disso já escrevi 5 livros, só não são falados, porque não sou político, banqueiro ou jornalista da televisão.
Casei e tenho uma filha que felizmente vê bem, só me preocupa o futuro dela neste país, até porque sou funcionário público, logo um dos dispensados brevemente por este governo cruel.
Para concluir só lamento a atitude da sociedade perante as pessoas mais fracas como os deficientes, os desempregados e os mais doentes ou pobres.
Eu já fui muito ridicularizado aenas por não ver e usar óculos um pouco mais grossos e já fui maltratado, inclusivamente, aqui neste site por um PSD qualquer só porque ataquei este governo e falei do meu problema de visão e da falta de um dedo que foi comido por um porco.
Infelizmente, muitas pessoas com deficiência preferem morrer ou tornar-se mendigos e a principal razão é esta, a sociedade em geral, incluindo instituições e o próprio estado tratam-nos mal e isso não pode ser, porque somos seres humanos, filhos de Deus como todos e se Deus não faz acepção de pessoa, nós também não o podemos fazer.
Faz falta haver no Governo, na Assembleia da República, nas instituições em geral, pessoas com deficiência, mas com capacidades e pessoas humanistas, pois hoje o que temos é pessoas que só pensam em números e em dinheiro, pessoas para quem os outros seres humanos, seus irmãos são descartáveis, por isso se aprovam leis a despenalizar o aborto e a eutanásia e a proteger os animais e o dinheiro.

Anónimo disse...

O governo cruel não tem dinheiro.
O parasitismo do funcionalismo público tem os dias contados.

Anónimo disse...

É uma absoluta desonestidade moral comparar a eutanásia a pedido de uma pessoa em sofrimento com a eutanásia selectiva praticada pelos nazis e retratada nesse cartaz.
Assemelham-se mais às práticas nazis as políticas na área da saúde que visam o corte de serviços, o aumento das taxas, a limitação de acesso a medicamentos e que acabam por levar à morte alguns milhares de cidadãos todos os anos... nomeadamente os mais frágeis e dependentes... Isso sim poderá ser comparado à eutanásia nazi...
Muitos dos que nos governam actualmente sofrem dos mesmos vícios dos nazis... Deem-lhes trela e logo verão do que são capazes...

Ferreira, Luís Manuel Silva disse...

"O governo cruel não tem dinheiro.
O parasitismo do funcionalismo público tem os dias contados."
Coitado do governo, não tem dinheiro para apoiar os cidadãos, porque é desperdício, mas tem para enterrar no BPN, BANIF, etc.
Parasitismo é aqueles que fazem tudo por tudo para aceder ao poder e estragar a vida aos outros.
Parasitismo são esses banqueiros corrutos como os do BPN foram; paraisitmo sao esses putos que se dizem especialistas e que o governo colocou nos seus gabinetes, parasitas são os neofascistas e neonazis, incluindo os do governo que querem é preparar um genocidio em Portugal.
hitler elegeu como inimigo número um os judeus, o governo e os seus poucos apoiantes elegeram como inimigo número um os funcionários públicos.
Os funcionários públicos são médicos, professores, enfermeiros, polícias, tropas, etc que trabalham para o bem da sociedade e os neonazis e neofascistas que para aqui escrevem e apoiam este governo cruel fazem mais e melhor do que os parasitas dos funcionários públicos.
Se não fossem tão ignorantes saberiam que sempre houve em Portugal funcionários públicos e qualquer país do mundo os tem, mas em Portugal tratamse mal e colocam-se no desemprego à espera que morram para pôr lá taxistas incompetentes que nem sabem falar e são o cúmulo da desumanidade.
Quanto à imagem deste post, foi de facto mal escolhida, eu teriafeito melhor, colocaria Passos Coelho a matar um funcionário público ou menos grave a cortarlhe as pernas para ele ficar deficiente para sempre.
isto vai dar é uma guerra e é isso quen o governo e os seus poucos apoiantes querem.

Anónimo disse...

Quem aguentou 48 anos de Salazarismo/Marcelismo, aguenta ainda muito mais.

É a vida, como dizia o Tonecas.

Duarte Meira disse...


O sr. Luís Silva Ferreira deu as mais dignamente humanas e sensatas respostas.

Mas o primeiro comentador, anónimo, deu o tom da época, da vez mais surda a tais respostas.E esta surdez (ou cegueira) é que é a verdadeira deficiência.

A esse primeiro anónimo, se acredita realmente que as "contas finais" são essas que referiu, quero dizer o seguinte, no seu próprio interesse: - informe-se melhor sobre a origem e o sentido da palavra "martírio", que também utilizou.

Anónimo disse...

Ao senhor anónimo que apresenta certas dificuldades de entendimento:

"Quem com ferro mata, com ferro morre!"


Bem, vou dar água à burra!

Anónimo disse...

Enquanto o Silvino dá entrada por se esgotarem os recursos, o Pedroso pede eleições antecipadas e ao mesmo tempo que as autárquicas.

Assim, vão os CUrações de alguns Tugas famosos.

ENCORE UN EFFORT disse...

DEPOIS DO SILVINO FALTA O P.O S. E O E.S.

Anónimo disse...

"Presidente do BES esqueceu-se de declarar milhões ao Fisco"

Coitado do homem, é da idade! Não foi por mal.


Minha querida burra, tens sêde? Toma lá água.

Anónimo disse...

Já posso ir aos mercados, já posso meter a mão no pote companheiros.
Quem paga? Quero lá saber. Ehehehe, são os tugas quando vier o gajo de Paris, heheheheheheheh.


Bem, vou dar água à burra.

Tragam a Lista Lagarde disse...

A lista Lagarde está a fazer mossa na Grécia.Querem criminalizar os xuxas de lá.
Espero que agora as tv's nos dêm a Grécia como exemplo,bem como o BE e PCP,que tanto queriam que seguíssemos o exemplo grego.
Por cá,o povo pré.histórico não tuge nem muge.Vão bebendo os tempos de antena do Seguro,que não sai das tv's todo o dia,a prometer coisas miríficas,uma nova idade de ouro,bençãos,etc.
O fugitivo de Paris ri-se.

Bandarra disse...

Alguém acredita no seguro social?!Essa é boa! Nem na segurança social, quanto mais no Seguro!Bons tempos das promessas de bacalhau a pataco!Isto de prometer a depenados capote novo dá para rir!

Anónimo disse...

Cenários mais complexos.

Seguro tem medo do Costa. Aí, passou a ser mais áspero. Depois, há gente no PSD que quer fazer uma coligação com o PS. Ou seja, há gente no PSD que quer derrubar o Passos, para fazer a Grande Negociata com os "partners incrime" socialistas. Algo do género, a Grande Coligação entre Cavaco e Sampaio (a dupla que derrubou o Flopes). É giro, estes entrelaçados.

O Zé Tuga que é estúpido, pois só um povo estúpidpo aguenta 48 anos de Salazarismo/Marcelismo, paga o Confisco do Estado, para sustentar a Grande Negociata entre o Salgado, o Mota e Companhia, com o beneplácito do Sampaio e do Cavaco.

O Soares, que tinha uma grupe, as que poderia ter tido um pequeno AVC, continua internado. Não consta que tenha pedido eutanásia. E agora quem fará a verborreia que aparece regularmente no pasquim do Komissário Marcelino?

Anónimo disse...

Luís Manuel Silva Ferreira disse tudo.
Duarte Meira também disse algo importante.
O que os senhores "topo de gama" fazem, ou não, não é do meu achar. Talvez, quando necessário, da Lei.
Sou médico. Nunca vi — nem ouvi falar de — alguém canceroso pedir para ser morto.

Anónimo disse...

"Nunca vi — nem ouvi falar de — alguém canceroso pedir para ser morto."

Fico mais descansado.
Todos os casos divulgados,são de marcianos.

Anónimo disse...

Há muito preconceito, muita "religião" ao barulho, muitas palas, muita indiferença, muita ingenuidade, muita altivez quando se debate este assunto.

As pessoas devem poder escolher o seu destino.

é óbvio que um pedido de eutanásia deve contemplar certos requisitos, passar pelas fases necessárias, exigir acima de tudo sempre bom-senso e dignidade.

Mas deve estar disponível, para quem conscientemente, escolher esse como o seu destino.
Isso não quer dizer que se incentive o acto, muito pelo contrário, agora essa liberdade deve existir...com bom-senso!


É de muito mau tom chamar para aqui os nazis...


Muita gente havia de ver muita coisa...nem é passar por...é ver apenas e só...


Aprender e respeitar.

Anónimo disse...

"Numa teleconferência realizada ontem em Washington, nos Estados Unidos, o chefe da missão do Fundo de Portugal, Abebe Selassie, disse que Portugal tem de cumprir os objectivos de redução do défice mas que o FMI não está vinculado no corte de 4 mil milhões de euros nas funções do Estado apresentado pelo ministro das Finanças, Vítor Gaspar."

http://www.noticiasaominuto.com/economia/37579/fmi-descarta-se-da-meta-de-4-mil-milh%C3%B5es#.UPqtTB03Zao

Mas que grande grupo de aldrabilhas, fogo!

Bem, vou dar água à burra, esta pelo menos quando zurra, zurra sempre verdade:)

Bandarra disse...

...depreendo, da opinião de uns tantos filósofos finórios, que ao que quer saltar da ponte se deve dar uma ajudinha...talvez uma anestesiazinha e um jeitinho!
...para eles, "Não matarás!" é antiquado preconceito de beatice!,,, E levanta-se o padeiro, de noite, para fazer pão para estes mânfios!

Nostradamus disse...

"O que quer saltar da ponte" pode ter motivações muito diversas.
A eutanásia,tal como é trazida à discussão,tem a ver com doenças terminais e sofrimentos insuportáveis.
Quando a morte está no horizonte,a doença não tem remissão e o paciente está condenado a penas desumanas,é dele que deve partir a decisão.
Os restantes que bebam a água que era para a burra.
Vão receitar dor para a porta da igreja!
Cada ser escolhe o seu destino perante essa situação limite.
As contas que temos a acertar com Deus não têm intermediário.

Bandarra disse...

É na mesma "saltar da ponte", é ir "desta para melhor", duma margem para a outra, de motu próprio ou com conselho caridoso, ou com jeitinho solidário, e, no caso, com um intermediário (que até terá jurado, hipocritamente, pelo Hipócrates o contrário!). Desses intermediários não os encontraremos à porta de igrejas, muito menos dentro...mas talvez em certas clínicas onde os cifrões já endureceram o pudor ético do respeito pela vida!

Anónimo disse...

O Soares agora tem encefalite. Tinha uma gripe. Depois, teve um pequeno AVC. Foi tratado pelo Espírito Santo, como um ex-PR, que exige privacidade.

Patuscos estes socialistas do Espírito Santo. Portugal como está falido, ainda tem hospitais públicos de 1º mundo, mas mesmo assim, o Socialista Soares, nem assim os quer ver. Dizem que o SNS é muito bom e tem que continuar a ser, mas querem continuar a ser tratados como ex-PR, num hospital do Espírito Santo.

Cada Soiclaista, cada falsário, cada vendilhão, cada embusteiro. Logo que o Soares peça a eutanásia, portugal estará morto, com ele. Graças a Deus!

Anónimo disse...

São só invejas.

Invejoooooooooooooosos!

campus disse...

O Papa João Paulo II, com o testemunho da sua velhice, deu a resposta a quem defende a eutanásia.

Bandarra disse...

Eu+tanásia = boa + morte!
Obrigado! E bom proveito!

1 - Deus fora da constituição.
2 - Crucifixos fora das escolas.
3 - Igreja fora de protocolo...
emudecida.
4 - Aborto (promovido por malparidos)
5 - Eutanásia...
6 - ...que mais se seguirá?!Boa morte para amentes , dementes, velhotes, ... perguntem à maçonaria!

Anónimo disse...

"Estudo conclui que o aumento do horário de trabalho não tem efeitos directos na produtividade"

Os JSD só agora é que sabem isso?

Não era melhor serem sujeitos a uma eutanásia rápida?

Anónimo disse...

Portugal emite dívida a 5 anos, a uma taxa de juros de 4,35%.

Passos/Gaspar têm credibilidade externa. E interna?

Bandarra disse...

Interna?! Ah!Ah!Ah! Para os vampiros, quanto pior, melhor!Assistiram à festa e estão seguramente inocentes!

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Most ladieѕ get stretch marks аt somе
ρoint in their lives from obtaining a chilԁ.


My blog ρost - www.prnewswire.com
my web site :: check this out