domingo, 5 de junho de 2011

A noite dos suspiros


Em Veneza, depois da sentença ditada no Palazzo Ducale, o condenado transitava para a Prigione Nuova, através da Ponte dei Sospiri, de onde lhe era concedido um último relance da algazarra da vida do mundo, na Riva dei Schiavone, antes de recolher sozinho à masmorra negra, fria e húmida.

Na linha de outro José - López Portillo - , Sócrates, nesta noite cálida, depois da declaração da circunstância iniludível, já despida a pele de algoz de seis anos e três meses e sob a capa da pele de cordeiro dos últimos quinze dias, quando enxugar os suores frios do medo e lhe subir a ansiedade pela operação de trituração de documentos e de formatação de discos rígidos, aflito com o pavor das buscas e dos lacres, e cruzar Lisboa em direcção a sua casa, entre a grade do carro de Estado divise os rostos de desprezo, suspire pela vida de poder total que teve e sinta a prisão nova onde cairá ou o exílio onde se refugie durante anos largos e visitas semi-clandestinas ao País que arruinou.

Da crueldade do regime autoritário que estabeleceu com os instrumentos, agentes e métodos, anti-democráticos denunciados, do domínio vergonhoso da cúpula do poder judicial, da subalternização do Parlamento, da afronta ao Presidente da República, do controlo directo e indirecto de quase todos os media, da perseguição a todos os adversários, grupos e cidadãos, que não se vergaram à promiscuidade, vê-se despojado do poder do Estado e da liderança do Partido, sem expectativa de cargo de topo no estrangeiro - por causa do seu currículo político... e académico -, à míngua de um passaporte internacional que lhe sirva de salvo-conduto e aflito pela segurança do património que juntou.

O poder é efémero. O socratismo foi uma ferida que infectou e cuja cura demorará. Mas, doravante, o povo sabe o que não pode suportar. E quem assume o poder sabe o limite que não pode transpor. Nesse sentido, há um efeito de vacina no cancro do socratismo.

Aqui não pretendemos vingança, mas justiça e desenvolvimento. A barrela geral do Estado e a responsabilização judicial pedagógica do regime socratino, dos seus dirigentes e agentes, que as auditorias indiquem e o poder judiciário determine. O Estado tem de ser limpo e a nova administração tem de ser sóbria, poupada, zelosa e prudente, no respeito da lei, na garantia da liberdade e da democracia e no serviço da Pátria.


Limitação de responsabilidade (disclaimer): As personalidades e entidades referidas nas notícias dos media, que comento, não são arguidas ou suspeitas do cometimento de qualquer ilegalidade ou irregularidade.

23 comentários:

Anónimo disse...

Já se respira melhor.

Anónimo disse...

yap sem dúvida! Voltemos a ter ar mais puro...lol

Anónimo disse...

Vitória Portugal...Vitória! AhAhAH
Ainda bem que neste blog ainda podemos falar.

Joao Moreno disse...

Parabéns pela sua coragem mesmo quando foi uma luz tremula na escuridão. Conseguimos!

Anónimo disse...

Vamos comemorar pela liberdade de expressão. Já podes voltar ao jornal nacional Manuela...lol. Se quiseres claro! Duvido...mas pedimos te que voltes a ser como eras! lol

Henrique Sousa disse...

O povo soube vislumbrar, apesar de todos os cantos de sereia com que Sócrates o iludiu, de que lado estava a verdade. Os meus parabéns a Pedro Passos Coelho por ter optado pela verdade, Deus o abençoe! Parabéns que estendo a todos os do PSD e ao amigo lutador António Balbino Caldeira! Bem-haja!

R.Rodrigues disse...

Meu caro amigo;
O percurso de degradação social e política de Portugal destes últimos 6 anos chega ao fim, assim esperamos.
Este final feliz também teve a tua assinatura.
Abraço.

Anónimo disse...

Então e o Sr. Gajo vai embora e não acontece nada? E os seus amigos, os seus contratos mirabolantes? Todo o aparelho de estado está contaminado por amigos e familiares que não estão lá por "concurso" público...fica tudo na mesma? Destruir documentação oficial é crime.

rita disse...

O ar está mais puro!
Finalmente conseguimos correr com ele!

Anónimo disse...

Este é o primeiro dia do resto as nossas vidas.

Um dos maiores pulhas do pós 25 de Abril de 1974, foi posto na linha, por uma jornalista da Renascença. Logo da Renascença do Policarpo. Ele desfrenou-se. Ele ficou lívido.

"Então diga lá, quando começarem outra vez os processos judiciais?"

E após os assobios dos carneiros, insistiu "do Freeport, da Sucata..."

E ele, nem queria acreditar, que falta de respeito perante o Caudillo acabado de morrer, com as balas disparadas pelo Zé povito.

D. Policarpo, o que estará o Senhor a fazer a esta hora? Quantos cigarros fumados, de pois daquela pergunta?

O que fará agora o "proto-Engenheiro", já sem a nomenklatura? sózinho, no heron castilho, só com a D. Adelaide? E agora? Já nem o Dr. Ricardo lhe ligará, nem o Senhor Oliveirinha, nem os Irmãos Martins de Sever do Vouga, nem mesmo o herói Coronel Chavez. Só se for o outro Coronel, Ghaddfii, a ligar-lhe por solidadriedade em "partners in crime".

Logo tinha que vir a má mensagem da Igreja! Logo da Igreja. Porquê?

A luta continua.
A vitória é certa.

osantos2@sapo.pt disse...

Não sou adepto da "justiça popular" mas é necessário JULGAR e CONDENAR, se for caso o governo de "socrates". Funcionará como "luto" e poderá mobilizar-nos para o mais dificil.
PORQUE SOMOS NÓS TODOS - MAIS UMA VEZ - QUE VAMOS PAGAR.
Assim sendo exigamos JUSTIÇA.

floribundus disse...

'morre o bicho,
fica a peçonha'

no ps
na comunicação social
na banca
nos industriais do betão e mercearia

tudo sectores improdutivos

Anónimo disse...

Não esquecer levar a Edite Estrela ao cadafalso.
Foi (também) ela quem fez nascer este monstro.

Mani Pulite disse...

SE PPC, QUE GANHOU BRILHANTEMENTE ESTAS ELEIÇÕES, NÃO LIMPAR ,DESRATIZAR,A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E SUCURSAIS ANEXAS DO POLVO TENTACULAR QUE AS TOMOU DE ASSALTO,ESTARÁ ENCURRALADO COMO BARROSO AO FIM DE 6 MESES.O PS SÓ CEDE DEBAIXO DO PESO E DO MEDO DOS PROCESSOS JUDICIAIS.SE NÃO O FIZER A PREVISÃO DO PRIMO BASÍLIO CONCRETIZAR-SE-Á.NA SOMBRA AS FORÇAS DA CORRUPÇÃO JÁ CONSPIRAM PARA O DERROTAR.TODOS JUNTOS PODEMOS ACABAR COM ELAS.NINGUÉM SUPORTA SACRIFÍCIOS SEM RESPONSABILIZAÇÃO DOS RESPONSÁVEIS.

Anónimo disse...

Este monstro veio da Cova da Beira, e o Padrinho anda a rezar em África!

Pelo menos o Padrinho teve a ombridade de se dizer incompetente.

Anónimo disse...

Engraçado foi o ver aqueles ex-Komissários estalinistas, Rangel e Marcelino, a coçarem a cabeça.

Porcos. Vendidos. O que farão? Um dos primeiros a ver a corda a esticar será o Oliveirinha. E será o BCP a esticar a corda. Ele só sabe dar umas tacads de golfe. De resto, vive do trambique e do tráfico de influências. E estas foram-se, em grande parte, hoje!

PPC tem que ver com quem se rodeia. No PSD, há muita gente hoje a pensar que lhe saiu a taluda. Estes serão os esbirros a abater.

Lembramo-nos de um dos besbirros que vai aparecendo na TV, de apelido Delgado. Nojento. Só mesmo escorraçado.

Piores do que o Socialistas, são aqueles que bamboleiam conforme a árvore abana. Só abatidos.

Anónimo disse...

Eu estou ancioso por ler os comentários dos senhores comentadores supra, daqui a 6 a 8 Meses.
Cá por mim penso que esta euforia vai passar a resfriado, do resfriado à constipação, da constipação aos suores frios e por fim à peneumonia dupla insensível aos mais fortes antibióticos.
As melhoras é o que lhes desejo...

Parabéns ao Sr. Professor Balbino Caldeira pelo seu contributo patriótico, mas ...

Caboclo disse...

Por favor ..alguém tem um link onde se possa rever a fase das perguntas ..quando lhe perguntam ( como se chama a jornalista ?)..e agora ?..vai confessar que você é o face oculta ?


muito bom .. fantástico ...


Sem justiça não há paz nas consciências

Anónimo disse...

Meu caro António. Permita-me que partilhe consigo a felicidade deste dia. O Povo, finalmente, fez aquilo que a Justiça não teve coragem de fazer. O próprio PS respirou de alívio; até ao anúncio da demissão ninguém teve coragem de o sugerir ou apenas admitir. Esperemos que agora sem pressão, a Justiça faça o deu trabalho, não numa óptica de "caça às bruxas", mas para desencorajar o aparecimento de novos "aprendizes de ditador".

Um abraço.

GPS

José António Salcedo disse...

Caro ABC,

Obrigado pela sua lucidez, pela sua coragem e pela sua resiliência. Um abraço amigo.

joao santos disse...

Nunca percebi porque sempre o trataram por "engº"! Sugiro que seja o que de facto é: "mentiroso" socrares.

Isabel disse...

Obrigada pela forma como contribuiu para a derrota do tirano. Ao fim de tanto tempo, podemos, pelo menos, voltar a ter esperança.

Anónimo disse...

« (...) Da crueldade do regime autoritário que estabeleceu com os instrumentos, agentes e métodos, anti-democráticos denunciados, do domínio vergonhoso da cúpula do poder judicial, da subalternização do Parlamento, da afronta ao Presidente da República, do controlo directo e indirecto de quase todos os media, da perseguição a todos os adversários, grupos e cidadãos, que não se vergaram à promiscuidade, vê-se despojado do poder do Estado e da liderança do Partido, sem expectativa de cargo de topo no estrangeiro - por causa do seu currículo político... e académico -, à míngua de um passaporte internacional que lhe sirva de salvo-conduto e aflito pela segurança do património que juntou.(...)» , ninguém resumiria melhor António , sobra a consolação de que , ao menos nas urnas , se fez justiça . Um abraço .