quarta-feira, 29 de junho de 2016

O tempo e o combate



O tempo foge. Mais do que correr, escorre. Derrama-se do vaso da esperança para o poço dos sonhos desfeitos. Pingo a pingo, sem piedade do ritmo irregular da nossa vida. Uma espécie de tartaruga que vence a lebre que ingenuamente julgamos ser. Porque, por fraqueza, o adiamos, perdemos instantes de bem estar. Que eternamente tentamos recuperar. Repetir o passado em que fomos felizes. Rasgados, porém, pela maldição do meteorum que desce sobre o viço do corpo e patina a alma de cinza. E, no entanto, a alma sobrevive-lhe. Tempo, incorpórea serpente de três cabeças (de homem, de touro e de leão), unido à inevitabilidade, pai do Éter, que evanesce, e do Caos, que continuamente pretendemos recompor... Destino versus vontade: um jogo de resultado incerto. Também somos sujeitos do próprio destino e peões da divina comédia que é o nosso trânsito pela terra e pelas vidas dos outros. De cima, acima de tudo e de todos, paciente, Deus observa a nossa descrença e o nosso desespero.

De fora, percorremos as notícias e formulamos conclusões para simplificar a desordem:
  1. O Reino Unido da Grã-Bretanha (Inglaterra, Gales e Escócia) e da Irlanda do Norte, decidiu, em 23-6-2016, em referendo, sair de membro da União Europeia. Apesar da potencial cisão interna, da petição dos derrotados para se repetir o escrutínio (e o desafio com a Islândia), de eventuais manobras de bastidores, não parece possível reparar a desilusão. O projeto da União Europeia começa a desfazer-se, devido ao delírio da ditadura do politicamente correto, que recusa enfrentar a realidade terrena em nome de uma ideologia totalitária: ideologia do género, fronteiras abertas a uma invasão demogáfica arabo-islâmica, negligência do perigo islâmico radical e desprezo pelo sofrimento desumano das mulheres e dos não crentes no Islão fundamentalista.
  2. Em Espanha, o Podemos afundou-se, nas eleições de 26-6-2016, e a esquerda radical parece ter chegado à encosta descendente dos píncaros onde os média sistémicos os alçaram.
  3. No Brasil, a evidência do furto dos cofres públicos pela trupe lulista do PT, e seus cúmplices do PMDB e outros, e a miséria económica, que o assistencialismo socialista provocou, conduziram ao processo de impeachment em curso. Assista-se ao debate nas câmaras legislativas para compreender o abuso do neo-elitismo do PT sobre o Estado e o povo. 
  4. Nos EUA, Donald Trump vai ser o candidato republicano à eleição presidencial de novembro de 2016 e Bernie Sanders quase ganhava a eleição primária dos Democratas.
  5. Na França, na Áustria, na própria Alemanha, além dos países referidos, a divisão entre radicais da  esquerda e da direita agrava-se.
  6. Em Portugal, o PSD, principal partido da direita, socialistizado tal como o CDS-PP, alinha com a esquerda radical nos costumes (este mais disfarçado, mas ainda na mesma linha ideológica): votou a favor da legalização das barrigas de aluguer e deixou passar adoção de crianças por casais homossexuais, aborto, daqui a pouco eutanásia... A esquerda rejeita o inquérito aos desmandos da CGD, que vai engolir mais cinco mil milhões do Estado, sem que se investiguem os escândalos do financiamento da compra do BCP, a corrupção socratina e as aventuras do crédito em Espanha.
  7. O populismo extremista avança: Trump/Sanders, Nigel Farage e Boris Johnson, Marine Le Pen, Beppe Grillo, Jair Bolsonaro. 
  8. Cresce, de leste a oeste, e do norte ao sul, um marxismo elitista, dominante na universidade e nos média, e a ameaça da extrema direita, em resultado do delírio do socialismo e do egoísmo da direita dos interesses, cúmplice nos costumes para assegurar a sua maquia de dinheiro. O vácuo político do centro, no vórtice da corrupção de Estado e na imposição de costumes que a maioria do povo rejeita, é ocupado pelo populismo. A ideia de que a direita ocidental, deve ceder à esquerda nas questões de costumes e consentir no socialismo económico, faz o seu caminho às costas dos liberais indefinidos.
  9. As consequências são perigosas: depois das fronteiras fechadas à imigração, virá o protecionismo aduaneiro e, no fim do processo, a guerra interna, que espreita através das lunetas dos irredentismos europeus insatisfeitos e da ambição russa.
  10. A não ser que se forme uma frente unida do norte e do ocidente contra o islamismo radical: um combate ideológico e mediático contra o islão semelhante ao que foi feito, com êxito, contra o comunismo; e o combate no terreno contra a agressão dos exércitos islâmicos radicais e o terror associado.
Que fazer? Continuar, apesar da escassez de meios e de tempo, o bom combate. Afirmando os valores cristãos e sem medo da perseguição mediática que tolhe os representantes. A nossa obrigação é polarizar uma alternativa cristã, que tem de ser apoiada pelos meios mediáaticos e universitários disponíveis, desassombrada nos costumes, sem concessão à bancocracia, com prioridade às famílias e à economia,  e responsável na segurança (nomeadamente, com o retorno do serviço ilitar obrigatório) e nas questões migratórias.


* Imagem picada daqui.

34 comentários:

Anónimo disse...

Portugal: Parece que há qualquer problema com o homem de confiança de Joege Sampaio, que este nomeou para o Museu da PR.

Anónimo disse...

O Tribunal Administrativo de Círculo de Lisboa considerou nulo o grau de licenciado atribuído a Miguel Relvas pela Universidade Lusófona. O caso estava no tribunal há mais de ano e meio.

Anónimo disse...

Balbino Caldeira:
Como sabe as épocas humanas mudam, "e/in/voluiem". Nada do que se rotula agora na política vai persistir. Esquerdas e direitas vão desaparecer sendo substituídas por outras palavras, outros conceitos e tudo mudará para continuar a ser como era — sina da espécie humana. Mortes e destruição serão armários para onde iremos todos. Só Deus sabe e só com ele deveremos estar.
Abraço

Anónimo disse...

Mais depressa as feministas, os ateus e os europeus em geral se convertem ao islão do que defendem os nossos valores cristãos. A infatilização da europa começou há muito. Parece-me que já não vamos a tempo.

Eu Mesmo disse...

Então nos EUA são todos extremistas, já que a Hillary é uma lacaia de Wall Street, recebe fundos de regimes despóticos sobretudo de príncipes Sauditas(engraçado que só se falava disso quando era o G. Bush a receber) e como secretária de Estado arruinou a Líbia sendo posteriormente dominada pela ISIS e tentou colocar os mesmos a líder o Egipto durante a famosa Primavera Árabe. O facto da Europa em particular a Alemanha estão a ser sobrecarregadas de migrantes e refugiados deve.se em parte à Hillary Clinton, não só à Angela Merkel(de loiras é que havíamos de esperar coisa boa?).

O seu problema é usar os chavões da grande media que é inteirinha vendida a Bilderbergs, Soros e outros.

Anónimo disse...

O centro de Madrid estará em festa este fim de semana com os festejos do Orgulho Gay, que este ano vão recordar as vítimas do atentado de Orlando (EUA) e assumir pela primeira vez a defesa da bissexualidade.

Anónimo disse...

«Mais depressa as feministas, os ateus e os europeus em geral se convertem ao islão do que defendem os nossos valores cristãos. A infatilização da europa começou há muito. Parece-me que já não vamos a tempo.»

Acha? Pois eu não pensaria isso.

As eleições na Áustria serão repetidas. E provavelmente vai ganhar a Direita. E ele já avisou que se a Europa tentar abrir as fronteiras a imigrantes ou refugiados deita abaixo o Governo. Sabe o que isto significa? Que se ele deitar abaixo o Governo o partido dele vai ter uma elevada percentagem nas eleições, se não as ganhar. Portanto, não contem com a Áustria para mais resgates nem mais imigrantes. São uma sociedade católica muito conservadora e são ricos, coisa que nós também poderíamos ser se em 1974 e 1975 não tivessem estoirado o país com o PREC e com a descolonização feita em cima do joelho.

Quanto mais tentam pôr em marcha a agenda marxista cultural, mais a Extrema-Direita cresce. Interessante.

Por cá já agora é impossível neste momento ter cobertura mediática. A RTP é da Esquerda, a SIC também, e a TVI ficou sem a Manuela Moura Guedes. O CM não apela às elites. Não temos nenhum milionário disposto a investir num jornal numa TV de Direita, não temos em boa verdade nenhum Murdoch da língua portuguesa. Nem é possível com a TDT que temos, propositadamente feita apenas com 4 canais...

Portugal será de Esquerda muitos e longos anos e nada há a fazer. Isso não nos impede de lutar mas temos de ter consciência que será muito difícil.

Anónimo disse...

O desvio dos móveis é apenas uma das suspeitas sob investigação na "Operação Cavaleiro" (nome de batismo do processo, uma vez que Diogo Gaspar já foi condecorado por Cavaco Silva com o grau de Cavaleiro da Ordem de Santiago)

Anónimo disse...

O que intriga é se ele desviou os móveis a cavalo ou a pé. No primeiro caso não lhe deve ser retirada a condecoração.
O Marcelo já deu a condecoração ao Sócrates? Cavaleiro de qualquer coisa nem que seja uma vassoura. Cavaleiro offshórico...

Procópio disse...

O tempo está a chegar.
31 de Dezembro pode ser o fim das mentirolas.
A realidade virá sempre ao de cima.

Anónimo disse...


O PS não presta. Mas o PSD é que não presta mesmo. Sócrates, nunca mais. Mas Passos também "jamais". Está a mais no PSD.

Anónimo disse...

O papa Francisco se distanciou do setor mais conservador da Igreja católica e se pronunciou a favor da abertura em uma entrevista publicada neste domingo pelo jornal argentino La Nación. "Eles fazem seu trabalho e eu faço o meu. Eu quero uma igreja aberta, compreensiva, que acompanhe as famílias feridas", disse o papa ao ser consultado sobre sua relação com os ultraconservadores católicos.

Anónimo disse...

O Passos está a mais porque ganhou as eleições duas vezes, não é, camarada?
Colocar na mesma frase Passos e Sócrates só lembra mesmo a um Rato.
Diga lá qual o crime do Passos.
A propaganda xuxa não para nunca.
E, Já agora, não embrulhe PS com PSD. Não tem nada a ver. O seu partido corrupto em 42 anos nunca governou bem, além de ser parceiro da comunada na descolonização, nas nacionalizações, na perseguição dos empresários, nos saneamentos, no gamanço dos bens públicos, etc.
Pergunte ao Rui Mateus antes dele morrer de velho, exilado pelas ameaças de morte. Já que a imprensa de esquerda foge dele a sete pés.

Anónimo disse...

Ser conservador não é ser zelador dos princípios fundacionais da Igreja?
Então é mau defender a palavra de Cristo porque tem dois mil anos. Deve-se abrir ao mundo e reformar as escrituras. Cristo era retrógrado. O Papa Xico é que é modernaço.
Se não metesse dó, daria vontade de rir.

Anónimo disse...

O antigo Presidente do CDS, Adriano Moreira, considerou "Almeida Santos um homem íntegro, muito sabedor, muito fiel aos amigos e aos princípios, e sempre um conciliador das divergências. A intervenção dele na vida do Estado foi exemplar. Foi certamente um dos legisladores mais importantes que temos, um grande jurista, um grande democrata, e também um grande português".

Luzia Machado disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

Fidel Costa, o cabecilha da quadrilha xuxo-comuna, está a preparar o próximo golpe. Agora vai tentar largar o lastro do Bloco de Esterco e dos assassinos comunistas. Está em estudo nas catacumbas do crime organizado, no Largo, a data e o pretexto mais conveniente para marcar eleições. As sondagens são quase diárias.
A diabolização do governo anterior, que carregou em ombros a bancarrota socretina, está em marcha fazendo cabeçalhos na imprensa camoniana e nas TV's, onde a ideologia tomou o lugar do jornalismo.
Nada de novo. O sindicato do crime vai continuar a dominar o feudo abrilesco.
Na latrina da República dominam os pedófilos e outros pervertidos e tarados.
The chapishow must go on!

Anónimo disse...

em Alpiarça a apanha de morangos´faz-se com nepaleses

Anónimo disse...

Com 2017 e o centenário das Aparições à vista, coube ao ministro-adjunto, Eduardo Cabrita, ir a Fátima assegurar que o Governo, em articulação “com a autarquia, mas também com as instituições da Igreja, dará todo o apoio necessário” para que as comemorações do centenário das Aparições “possam ter o maior brilho possível”.

Anónimo disse...

«em Alpiarça a apanha de morangos´faz-se com nepaleses»

O Algarve está cheio de imigrantes da América do Sul, Nepal ou Vietname a trabalhar na agricultura. Na restauração estão brasileiros e imigrantes da Europa de Leste.

No entanto gente a receber o fundo de desemprego, o RSI e a trabalhar nas câmaras e empresas municipais ou IPSSs não falta.

Anónimo disse...

Eu não gosto muito de tocar neste tema pois a culpa não é dos imigrantes.

A minha família também os emprega. O problema é que a nível local não há mão-de-obra suficiente por culpa da baixa natalidade, e das pessoas encostadas ao Estado Social.

Anónimo disse...

Fica aqui uma notícia para o troll xuxa que vem aqui falar no Relvas recorrentemente.

http://www.cmjornal.xl.pt/nacional/politica/detalhe/filho_de_lello_apanhado__no_processo_marques.html

Uma verdadeira quadrilha.

Anónimo disse...

O que se passa com o bochechas q nunca mais apareceu?

Anónimo disse...

Vaticano: Papa desafia católicos a acolher migrantes que outros querem «mandar embora»

Anónimo disse...

O Bochechas e os advogados do Pinochio já não precisam aparecer a vociferar. Neste momento o caso está a ser tratado pelo governo do crime organizado e o processo vai morrer.

Quanto ao Papa Xico, há muito espaço dentro dos palácios do Vaticano para albergar os discípulos de Maomé, já que nos ricos países do Golfo não os querem nem banhados a ouro.
A população do Vaticano está muito envelhecida. Precisa como nunca de renovação.

Anónimo disse...

Pois é. O Kapo Kosta não tem nada a ver com o esbulho que o governo de que fez parte com Sócrates praticou sobre a nação?
Agora surgem indícios sobre fluxos de dinheiro da PT para contas offshóricas. Bonito, até a mulher do beiçanas Pereira está metida no embrulho.
Só o actual Kapo do crime organizado parece passar entre os pingos da chuva. O jornaleirismo nada quer com ele.
A Moura Guedes levantou uma ponta do véu e foi saneada. O Rodrigues dos Santos afirmou que foi o crime organizado que duplicou a dívida externa e tem os cães todos à perna, até os mastins da RTP, ditos jornaleiros.
Bonito país onde a imprensa é mais corrupta que a própria classe politiqueira.
Lodo!

Anónimo disse...

A jantar num restaurante no centro da capital política da Turquia, o ex-ministro Paulo Pedroso, consultor da UE, começou a perceber que algo de estranho se estava a passar.

Anónimo disse...

http://portadaloja.blogspot.pt/2016/07/a-passarola-das-bancarrotas.html

Anónimo disse...

http://impertinencias.blogspot.pt/2016/07/duvidas-169-o-que-vos-faz-lembrar-este.html

jornalixo de fretes

Anónimo disse...



http://impertinencias.blogspot.pt/2016/08/cronica-da-anunciada-avaria-irreparavel.html#more

Anónimo disse...

Porque não escreve o Professor Caldeira sobre a Galp? Estará agora vendido a Costa? Ataca Trump, mas não fala dos ataques de Costa à educação privada. Porquê, Senhor Professor. Ou tem medo?

Anónimo disse...

Professor Caldeira, ainda está vivo?

Anónimo disse...

Está a trabalhar, como todos os bons professores.

Anónimo disse...

A JSD de Braga não entende o facto de Hugo Soares, de Luís Montenegro e de Luís Campos Ferreira – todos deputados do PSD – terem viajado para ver o campeonato europeu de futebol a convite de Joaquim Oliveira, quando o PSD critica o pagamento de viagens do secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Rocha Andrade, pela Galp